Base Nacional Curricular é debatida com êxito em Goiás

0
1475
Os participantes foram separados em grupos de trabalho organizados por áreas de conhecimento e períodos de ensino

Cerca de 500 profissionais de educação participaram do encontro que discutiu sugestões de mudança na base de conteúdos desde o Ensino Infantil ao Ensino Médio

Seminário Estadual – Base Nacional Comum Curricular (BNCC) foi concluído nos dias 2 e 3 de agosto, no auditório do Instituto Emmanuel, no Setor Sul, em Goiânia. Nos dois dias de encontro, cerca de 500 profissionais de educação das redes pública e privada discutiram e compilaram as contribuições para o ensino. Dez estudantes também participaram do encontro. O objetivo da BNCC é apontar aquilo que qualquer estudante, em todo território brasileiro, precisa aprender, desde a educação infantil até o final do ensino médio.
Os participantes foram separados em grupos de trabalho organizados por áreas de conhecimento e períodos de ensino. Eles apreciaram as contribuições e cada equipe formatou um documento final a respeito dos tópicos. O material de todos os grupos foi reunido, e ao final do evento, aprovado em assembleia geral.
Professor de Matemática em dois colégios estaduais de Goiânia, Ricardo Fidélis, contou que participa das discussões da BNCC desde o começo do processo, que teve início no ano passado. Para o educador, as sugestões de Goiás para a BNCC serão muito bem aproveitadas já que o Estado tem se tornado uma grande referência nas mudanças curriculares propostas com foco na aprendizagem dos alunos.
Como exemplos, Ricardo Fidélis cita o Ensino Médio Ressignificado e a criação das escolas de Ensino Médio em tempo integral. Outro avanço, segundo ele, foi a bimestralização dos currículos na rede pública estadual. “Foi uma iniciativa excelente para nortear os professores sobre os conteúdos a serem ministrados em sala. A partir dessa orientação, o aluno passou a ter uma sequência didática de conhecimento muito importante, que já se reflete diretamente no aproveitamento dos estudantes”.


O foco é melhorar o aprendizado

Secretária Raquel Teixeira: empenho de todos é fundamental para que a educação ocorra  com qualidade
Secretária Raquel Teixeira: empenho de todos é fundamental para que a educação ocorra com qualidade

Para o superintendente de Ensino Médio e coordenador regional da BNCC no Consed (Conselho Nacional de Secretários de Educação), Wisley Pereira, as propostas de alterações visam o foco do aprendizado no aluno. “Nós temos mudanças de alguns conceitos etimológicos que estão na base. Há verbos nos objetivos de aprendizagem que são muito superficiais. Em alguns casos, aparece o verbo ‘apresentar’ conhecimento sobre logaritmo, e nós pensamos: não era mais profundo saber ‘utilizar’ esse conhecimento e ‘aplicar’ ”, exemplifica.
A secretária de Educação, Cultura e Esporte de Goiás (Seduce), Raquel Teixeira, que acompanhou o seminário, fez questão de reconhecer o empenho de todos os colaboradores e ressaltou mais uma vez a importância da BNCC.
“Isso está diretamente ligado àquilo que hoje nós temos consciência do que é o direito de cada aluno e diz respeito ao que o aluno deve aprender e como cada conhecimento vai desenvolver competências e habilidades para que ele seja um adulto feliz, pleno e realizado”, frisou.
Além de Goiás, as outras 26 unidades da federação realizaram o mesmo processo. Todas elas têm até o dia 7 para entregar o texto final para o Ministério da Educação (Mec). Os relatórios serão apreciados por representantes do Consed e da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) para encaminhamento ao Conselho Nacional de Educação. Com a aprovação deste último, a BNCC passará a ser implantada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here