As novas moradoras das casas inauguradas em Goianésia pelo Governo de Goiás, através da Agência Goiana de Habitação, ressaltam a qualidade da infraestrutura e acabamento das 494 residências entregues e as vantagens que o acesso ao benefício trarão em suas vidas já de imediato. A empregada doméstica Sônia Mendes da Silva, de 43 anos, visitou a casa que será sua antes mesmo da entrega.

Separada e mãe de dois filhos, ela destaca que o benefício público vai mudar a vida da família por completo. “Vamos ter nossa casa. Vai sobrar mais dinheiro para investir nos estudos dos meninos. Eles vão ter chance de virar doutor agora! Só tenho a agradecer ao governador Marconi Perillo por isso”, ressaltou.

Célia-Helena-de-JesusMudança para melhor
A também empregada doméstica Célia Helena de Jesus, de 35 anos, destaca a qualidade da infraestrutura e o acabamento. “As casas já estão muradas, com portão, calçada, água e esgoto e toda pintada. É um luxo”, disse.

Segundo ela, a mudança em sua vida será radical. “Pago R$ 350 de aluguel numa casa pequena. Agora vou pagar menos, numa casa de  dois quartos, sala, cozinha e bem equipada”, avaliou.

Benefícios
No total, Goianésia garantiu desde 2011 mais de R$ 51 milhões de investimentos na área de habitação, sendo que quase metade, R$ 23,5 milhões, diretamente do Governo de Goiás, por meio Cheque Mais Moradia. Além das 494 moradias do Residencial Ipês e das 500 a serem construídas no Jardim do Cerrado, o município tem em andamento a construção de 101 casas no Setor Sul.

A cidade está recebendo ainda mais de mil Cheques Mais Moradia Reforma, metade deles já entregues, e a ampliação do Centro Social, cujas obras estão recebendo recursos da modalidade Comunitário. Na Região do Centro goiano, onde fica Goianésia, mais de R$ 170 milhões foram garantidos para a área habitacional em 31 municípios.

Cerca de R$ 77 milhões desse montante são do programa estadual de habitação, combinados em contrapartida com outros R$ 87 milhões liberados pela União. Entre os benefícios há entrega de novas unidades habitacionais, reforma de moradias já existentes, mas em condições precárias, e ainda construção e reforma de equipamentos comunitários.

*Gabinete de Imprensa do Governo de Goiás

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here