Bolsa Universitária  contemplará 170 mil estudantes

0
1980
Foto: Rodrigo Cabral

No Centro de Convenções, de Goiânia, o governador do estado, Marconi Perillo, além de beneficiar mais de 165 mil estudantes, anuncia mais 4 mil novas inscrições para Bolsas Universitárias

No último dia 9, deste mês no Centro de Convenções, de Goiânia, o governador do estado, Marconi Perillo, além de beneficiar mais de 165 mil estudantes, anunciou novas inscrições para mais 4 mil Bolsas Universitárias da Organização das Voluntárias de Goiás(OVG).
Desde sua criação, em 1999, foram contemplados 166 mil estudantes. E, segundo anúncio do governador Marconi Perillo, serão abertas novas inscrições em setembro para mais quatro mil bolsas universitárias. O objetivo é terminar o governo beneficiando 200 mil estudantes.
Tantas outras histórias de garra se cruzavam naquele espaço do Centro de Convenções, onde assinavam não só um termo de compromisso, mas a esperança de um futuro melhor. Entre eles, uma se destaca por uma vida marcada pela garra tanto dela como da família toda. É a jovem Danielle Teixeira, de 19 anos. A estudante está no segundo período do curso de Medicina, em uma universidade de Rio Verde.
Ganhou uma bolsa integral da OVG e agora a vida financeira será aliviada. Ela conta que todos os meses pais, avós, tios e conhecidos reuniam dinheiro para garantir que a mensalidade fosse paga.
“Será um sossego essa bolsa”. Agora ela vê um futuro mais promissor pelos próximos anos.
Um fôlego para o bolso
Assim como Danielle, Rúbia Ferreira de Souza, 25, se sente aliviada ao assinar o Termo de Compromisso. Com bolsa integral para cursar o sexto período de Engenharia Ambiental, Rúbia conta que a ajuda financeira será muito importante, já que agora está desempregada. Baiana e morando em Goiás há seis anos, ela diz que se dedicará cada vez mais para ter boas notas, já que as boas médias garantem continuar com a bolsa.
Ricardo Silva, de 26 anos, é outro contemplado pela bolsa integral da OVG e conta que o benefício veio em uma excelente hora. Ele saiu do emprego para fazer estágio, e, consequentemente, o salário abaixou. Aluno do sétimo período de Ciências Contábeis, ele estava pagando em torno de R$ 500.
“Aliviou muito”. O dinheiro que seria gasto com a mensalidade, ele pretende investir em cursos e aprimorar os conhecimentos na sua área.


Benefícios a todos

Além de contemplar alunos e famílias por meio do Bolsa Universitária, milhares de outras pessoas são beneficiadas, promovendo assim uma cadeia do bem. Isso acontece porque todo aluno que recebe a Bolsadeve prestar uma contrapartida em alguma instituição cadastrada na OVG. Atualmente são mais de mil instituições que fazem parte deste programa.
A intenção é proporcionar aos bolsistas a oportunidade de desenvolver suas habilidades e talentos em uma atividade prática, de forma a complementar a sua formação acadêmica e profissional. O estudante deve cumprir atividade na sua área de formação ou em ações humanitárias, em entidades governamentais ou não governamentais sem fins lucrativos, credenciadas na OVG. A carga horária deve ser compatível com seus estudos e trabalho.
Segundo o chefe da Seção de Desenvolvimento Organizacional do Tribunal Regional Eleitoral Goiás, Fabrício Paniago, o TRE é um dos parceiros e muitos estudantes contemplados ajudam no período de eleições. “É importante para o TRE e a democracia. Os eleitores universitários colaboram no dia das eleições auxiliando na apuração de votos”, diz.
A diretora geral da OVG, Eliana França, ressalta que a contrapartida é uma exigência para que o aluno tenha consciência de que esse esforço que está sendo feito para ajudá-lo é um esforço de toda a população de Goiás. “É dinheiro público. É um retorno a esse esforço e é uma contrapartida muito leve. Pode fazer em várias modalidades. Uma delas é se aperfeiçoando, outra forma é o trabalho social. Podem fazer também em instituições como Tribunal, escolas, delegacias e também uma parte que pode ser feita com doação de sangue. Brincamos que ele [o aluno] tem que fazer o ‘combo’. Tem que fazer pelo menos uma atividade social e uma de estudo”, finaliza.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here