“A população quer continuidade das obras”

0
1746

Tribuna do Planalto – Como o Sr. avalia a posição de seu candidato à prefeitura, que aparece em terceiro lugar na corrida sucessória, segundo pesquisa Serpes/O Popular?
Uma única pesquisa foi feita pelo Serpes. Temos feito pesquisas e constatamos que o nosso candidato está na ascendência. Creio que nas próximas pesquisas ele estará liderando porque o povo de Aparecida está percebendo que a candidatura do Gustavo Mendanha é mais importante neste momento. E outra, ele lidera na espontânea e tem o menor índice de rejeição. Em pesquisa, é importante fazer o acompanhamento de várias pesquisas, não apenas analisar uma isoladamente, para perceber quem está crescendo e quem não está crescendo.

Como o senhor vê a pesquisa que constatou 39% de aprovação de seu governo?
Quando saio nas ruas percebo uma aceitação muito grande. Mais importante que pesquisas é o que estamos fazendo pela cidade. Eu acredito que vamos vencer com o Gustavo.

Como o senhor avalia o desempenho da candidatura de Iris Rezende, que já apresenta crescimento em Goiânia?
É um grande gestor, um grande político, um grande candidato, uma liderança muito expressiva e está com os números que realmente merece. Essa eleição muito curta beneficia os candidatos mais conhecidos. O Iris, além de conhecido, é um grande gestor, um grande político. A forma de fazer política no Brasil está equivocada. Não se pode proibir o pastor de ler a Bíblia e pregar a palavra de Deus, não se pode proibir o policial de andar armado, não se pode proibir o político de pedir votos. Eu acho que desde quando nasce até quando morre ele pode e deve pedir voto. Ninguém é obrigado a votar porque ele pediu. Agora, proibir o político de pedir voto é um absurdo. É preciso mudar completamente o sistema, a forma de fazer política para ser transparente. Não tem como o povo acertar o voto em 45 dias. Até o povo pesquisar já acabou o tempo.

Como o Sr. conseguiu tanto recursos para Aparecida?
Aqui em Aparecida, 64% das obras têm recursos do município. Temos mais de 400 obras implantas hoje na cidade. Somos o município que mais investiu recursos próprios no Brasil em obras. O que fizemos foi trabalhar de forma incansável, buscando recursos disponíveis em Brasília, sempre mantendo uma ótima relação institucional com o Governo federal.

O Sr. espera qual impacto dessas obras sobre a candidatura de Gustavo Mendanha?
Acho que a população quer continuidade dessas obras. Quer continuidade de uma gestão eficiente, de uma gestão progressiva, quero que isso impacte positivamente na campanha do Gustavo Mendanha.
O senhor acredita no segundo turno em Aparecida?
A gente precisa acompanhar as pesquisas. Só temos uma até agora. Tenho convicção de que o Gustavo vai para o segundo turno.

O senhor desistiu de se candidatar a cargos eletivos?
Estou realmente deixando a política. Eu acho que é hora de dar oportunidade aos mais novos. Tive a oportunidade de ser vereador, deputado federal, prefeito, governador e senador. Não posso tolher os passos dos mais novos. Eu tenho que incentivá-los.

Como está sendo a captação de recursos na gestão interina de Michel Temer?
Estamos mantendo o fluxo das ordens. O presidente Temer está mantendo os recursos que já estavam prometidos para Aparecida. Agora, estamos começando a pleitear novos recursos. Vamos verificar se teremos recursos novos ou não, com novo governo e novos ministros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here