Saúde bucal disponível em todas as escolas municipais

0
2441
Projeto “Consultórios Itinerantes” foi criado pelo Ministério da Saúde em parceria com o Ministério da Educação (MEC)

Em sua gestão, prefeito Paulo Garcia investiu mais de R$ 10 milhões na construção de quadras poliesportivas em escolas da rede municipal de ensino
Daniela Rezende

Com o objetivo de promover a melhoria das condições de saúde bucal dos alunos da Rede Municipal de Ensino, a Prefeitura de Goiânia, em parceria com a Universidade Federal de Goiás (UFG) e Hospital das Clínicas, deu início no último dia 25 às atividades do Consultório Itinerante, na Escola Municipal Professora Leonísia Naves de Almeida. Na instituição, localizada no Setor Morada do Sol, região noroeste da Capital, iniciaram-se os atendimentos odontológicos dentro de um contêiner.
Os educandos da unidade educacional são os primeiros beneficiados do Projeto, que tem como meta atender 100% dos escolares matriculados na Capital, com idade entre 6 e 15 anos. De acordo com a odontóloga Viviane de Paula Peres, uma das profissionais que atenderá no consultório, o trabalho é gratificante e de grande valia.
“A saúde começa pela boca e o trabalho dentro da escola é necessário, uma vez que focado nos alunos, é multiplicado para os pais. Além do tratamento, as crianças e adolescentes aprenderão a ter hábito com a escovação, uso do fio dental e promoção da saúde”, explicou.
Durante a visita ao consultório, o Prefeito Paulo Garcia ressaltou a importância de cuidar da saúde dos nossos alunos.
“A saúde não é só cuidar do corpo, mas também dos dentes. É motivo de alegria conhecer esse gabinete odontológico. A cidade só vai continuar se desenvolvendo, se as crianças estudarem, tiverem uma vida saudável e um futuro melhor. Por isso, estamos investindo muito na educação de nossos alunos”, destacou o prefeito.
Para a secretária municipal de Educação e Esporte, Neyde Aparecida, o projeto “Consultórios Itinerantes” é de extrema importância para os estudantes.
“Muitas vezes a criança ou adolescente falta na escola por problemas de saúde. Quanto mais fizermos um trabalho preventivo e educacional nessa área, mais teremos a presença desses alunos na escola e a aprendizagem é maior”, destacou.
A enfermeira e apoio pedagógico da Gerência de Projetos Educacionais da Secretaria Municipal de Educação (SME), Marislei Brasileiro, explica que o projeto é inovador.
“Além de trabalhar a higiene bucal, a ideia também busca desenvolver novos hábitos alimentares nos educandos. A meta é realizar os atendimentos em Goiânia entre um e dois anos, segundo as demandas apresentadas pelos alunos”, ressaltou.
Isabela Cerqueira Almeida, 11 anos, aluna do quinto ano da escola, disse que ficou surpresa quando o contêiner foi instalado na instituição.

Equipado com recursos materiais, dois dentistas e dois técnicos, o consultório atenderá 20 alunos diariamente
Equipado com recursos materiais, dois dentistas e dois técnicos, o consultório atenderá 20 alunos diariamente

“Eu gostei da novidade, pois agora tem um dentista perto da gente, vai ficar melhor. Eu não sei muito sobre escovar os dentes e o uso do fio dental, mas agora que tem o consultório vai ajudar no meu aprendizado sobre o assunto”, comentou.


Parceria com MEC garante atendimentos

O projeto “Consultórios Itinerantes” foi criado em 2015 pelo Ministério da Saúde e tem a parceria do Ministério da Educação (MEC). Alunos de escolas públicas de 20 estados do país que integram o Programa Saúde na Escola (PSE) receberão os atendimentos, por profissionais da saúde, conforme definição dos Hospitais Universitários Federais. O MEC é responsável pela compra e manutenção de 34 caminhões/consultórios. Já o Ministério da Saúde entra com a manutenção dos consultórios e dos materiais que serão utilizados.
Equipado com recursos materiais, dois dentistas e dois técnicos, o consultório atenderá 20 alunos diariamente até finalizar o tratamento com as crianças e adolescentes da escola e posteriormente das unidades educacionais da região noroeste. Depois de atender os alunos dessa região, o contêiner instalado segue para outra região.
Procedimentos educativos, preventivos e curativos serão realizados simultaneamente durante os atendimentos odontológicos, que vão desde o ensino de técnicas de escovação e uso do fio dental, aplicação de flúor, monitoramento e troca de escovas, prevenção no espaço físico das escolas, até restaurações e adequações do meio bucal. Os tratamentos serão realizados, mediante autorização dos pais ou responsáveis.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here