Presos suspeitos de explodir agências bancárias

0
1868

A Polícia Civil, por meio do Grupo Antirroubo a Bancos, apresentou nesta quinta-feira, um jovem preso em menos de 10 horas após explodir agência bancária no Parque Amazônia, em Goiânia, na madrugada de quarta-feira, dia 31. Kazu Acamy, de 19 anos, e seu irmão, de 15 anos são os suspeitos de cometer o crime. Com eles a polícia encontrou um explosivo caseiro que seria usado em outra ação.

O rápido trabalho contou com a integração da Polícia Militar que no sábado, dia 27 de agosto, apreendeu dois menores de idade, componentes dessa organização criminosa e responsáveis, junto com Kazu, por destruir um caixa eletrônico no Jardim Novo Mundo, também em Goiânia. Para o delegado Alex Vasconcellos, titular do GAB, “o trabalho da PM foi fundamental para se chegar até o Kazu”, considerado o líder dessa organização e seu irmão.

O que chama atenção da polícia é a participação de três menores nos crimes. “Apesar de serem amadores, o artefato explosivo por eles confeccionado tem alto poder destrutivo”, afirma o delegado. “Eles foram muito ousados nas tentativas de violação dos caixas eletrônicos”, diz. Um quinto integrante e também foragido do regime semiaberto está sendo procurado pela polícia. Vinicius Gonçalves Campos, de 20 anos, já foi preso outras cinco vezes nos últimos dois anos. Em nenhuma das ações os criminosos conseguiram obter êxito.

Vários desses jovens possuem passagens policiais. Nessa ação, Kazu foi autuado em flagrante pelos crimes de tentativa de furto qualificado, explosão, corrupção de menores e posse ilegal de artefato explosivo. Se condenado as penas podem pegar a 24 anos de reclusão. Já o menor foi apreendido por atos infracionais análogos aos mesmos crimes. Ele foi encaminhado para a Delegacia de Apuração de Atos Infracionais (Depai) e ficará à disposição do Poder Judiciário.

Os crimes
Na madrugada de quarta-feira a agência do Banco do Brasil da Avenida Feira de Santana, no Parque Amazônia, em Goiânia, foi alvo de bandidos que quebraram a porta de vidro do local e instalaram explosivos. Na ação eles usaram um SpaceFox que, até o momento, não foi encontrado pela polícia.

No sábado, dois menores de 17 anos, foram apreendidos no Conjunto Caiçara, na capital. Segundo a Polícia Militar, responsável pela ação, eles aparecem nas imagens das câmeras de segurança de uma agência bancária, no Jardim Novo Mundo, durante a tentativa de arrombamento na madrugada de sexta-feira, dia 26. Com eles a polícia também apreendeu um veículo Sandero roubado, um revólver calibre 38 e máscaras.

FONTE: GOIÁS AGORA

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here