Para Jovair, eleição nos municípios é mais importante que a cassação de Cunha

0
1359
Deputado federal Jovair Arantes (PTB)

Deputado Jovair Arantes, líder do PTB na Câmara Federal, disse a um jornal da Goiânia não acreditar que haverá quórum suficiente na sessão dia 12 de setembro que analisará o processo de cassação do colega Eduardo Cunha (PMDB-RJ), ex-presidente da Câmara Federal. Na opinião de Jovair, os deputados estão envolvidos com a campanha eleitoral em seus estados e a maioria não vai se deslocar até Brasília só para participar da sessão. O próprio Jovair não deve participar da sessão. “São apenas 30 dias de campanha. Eu, por exemplo, tenho que rodar 64 cidades que eu tenho candidato a prefeito. Fora as outras 30 que tenho compromisso também. Ninguém vai estar lá, não vai ter quórum”, justificou. Só para lembrar o leitor. Eduardo Cunha é acusado de ter mentido na CPI da Petrobras e é réu acusado de corrupção e desvio de dinheiro, por isso, responde no Conselho de Ética da Casa processo por falta de decoro parlamentar. Por causa disso, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), pode até alterar a data do julgamento de Cunha no plenário, admite Jovair: “Pode mudar sim. Não tem ninguém morrendo, temos pautas mais urgentes para recuperar o País”. É certo que o Congresso tem pautas urgentes e importantes para o Brasil e nossos congressistas não podem ficar perdendo tempo com bobagens esta que envolve o ex-presidente da Casa. Já deveriam tê-lo cassado há muito tempo. Condescendência com a corrupção é inaceitável e considerar como sem importância uma sessão como esta é o mesmo que jogar a credibilidade do próprio Congresso Nacional na lama. E assim Cunha vai ganhando sobrevida e do jeito que as coisas andam não dá para duvidar da sua absolvição.


Momento histórico
Governador Marconi Perillo (PSDB) participou na quinta-feira, dia 1º, da solenidade de posse da ministra goiana Laurita Vaz como presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ). “Momento histórico para Goiás e o Brasil. Desejo ótimo trabalho à frente da Corte”, disse Marconi. Laurita Vaz é a primeira mulher a presidir o STJ.

Evitar desgastes
Cada comando de campanha tem uma estratégia para chegar ao final da eleição vitoriosa. Mas uma coisa que preocupa muito os candidatos e seus auxiliares são os debates. Eles podem ajudar bastante, mas também podem prejudicar demais. Sempre aquele que lidera as pesquisas tende a não participar como forma de evitar desgastes provocados pelos ataques dos adversários. E esta estratégia será utilizada nesta campanha por Iris Rezende (PMDB), líder em todas as pesquisas eleitorais para prefeito de Goiânia. Ele já não participou do debate da TV Goiânia Band.


União dos poderes
Governador Marconi Perillo (PSDB) e prefeito Paulo Garcia (PT) mostraram ter bom relacionamento durante a inauguração da revitalização completa da Praça Cívica, no centro de Goiânia, na noite de quarta-feira, 31 de agosto. No Twitter, Marconi escreveu sobre o que os dois conversaram durante a solenidade. “Ao prefeito Paulo Garcia, reforcei a importância da união de todos os poderes pelo bem comum da população”.

Parceria
Prova desse bom relacionamento é a parceria firmada entre o Governo do Estado e o Paço Municipal para garantir a plena execução das obras do BRT em Goiânia. O governador Marconi Perillo assumiu compromisso com Paulo Garcia de acompanhar de perto o cronograma de repasses do Ministério das Cidades para o BRT da capital e projetos estratégicos para o Estado, como o programa Minha Casa Minha Vida.

Motivos
Segundo Marconi, o ministro das Cidades, Bruno Araújo, com quem esteve na semana passada, está bastante solícito. “O ministro tem me posicionado mensalmente sobre todos os recursos do PAC, recursos para saneamento, habitação, mobilidade urbana que chegam ao Estado de Goiás”, informou. Marconi e Bruno Araújo são amigos antigos, amizade construída desde quando Marconi era senador e o ministro era deputado federal. Já o petista Paulo Garcia, depois que Dilma foi afastada do Palácio do Planalto, passou a ser oposição ao governo federal.

Licença do PSDB
Acusado na Operação Decantação, da Policia Federal (PF), de participar de esquema de desvio de verba da Saneago para custear despesas do PSDB de campanha eleitoral, Afrêni Gonçalves se licenciou provisoriamente na sexta-feira, dia 2, depois de passar cinco dias na prisão, da presidência do partido no Estado. Apesar do contratempo, Afrêni permanece como um dos coordenadores de campanha eleitoral de Vanderlan Cardoso (PSB), em Goiânia. O deputado estadual José Vitti assumiu automaticamente o lugar de Afrêni no comando do PSDB de Goiás.
Debandada
Um dos grandes problemas enfrentados pela coligação de Vanderlan Cardoso para prefeito de Goiânia é a debanda diária de candidatos a vereador descontentes com o andar da campanha do pessebista. A maioria procura abrigo na coligação de Iris Rezende (PMDB), que carrega consigo maior expectativa de vitória. Um deles é o ex-vereador Richard Nixon (PRTB), que vai declarar apoio ao peemedebista nos próximos dias.

Empatados
Segundo o Instituto Paraná, em pesquisa divulgada pela TV Record, os três candidatos a prefeito de Aparecida estão literalmente empatados. No levantamento estimulado, o candidato do PSB, Marlúcio Pereira, aparece em primeiro lugar, com 26,4%, seguido pelo Professor Alcides, com 26,2%, e pelo candidato do PMDB, Gustavo Mendanha, terceiro colocado com 25,8%. Do primeiro ao terceiro colocados, a diferença é de 0,6%. Considerada a margem de erro de 4,5%, pode-se afirmar que que há três primeiros colocados. A diferença, comparando a outras pesquisas, é que Gustavo Mendanha é o único deles que está em ascensão.

Rejeição
A mesma pesquisa do Instituto Paraná levantou a rejeição dos candidatos. Marlúcio Pereira também está na frente neste quesito, com 36,5%. Gustavo Mendanha é o segundo, com 26,9%. Alcides Ribeiro aparece em terceiro, com 24%.

Bem de perto
Vice-governador e secretário de Segurança Pública, José Eliton (DEM) acompanha bem de perto as operações policiais no combate ao crime organizado. Além de investimento em tecnologia, José Eliton trabalha a integração das forças policiais como ferramentas fundamentais no combate à criminalidade. Para se ter uma ideia de como ele está presente nas ações da segurança pública, basta dar uma passadinha pelo Twitter dele.

Investigação
O Ministério Público (MP) pediu ao Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) que investigue os contratos firmados pela Secretaria Municipal de Educação de Goiânia referentes à compra de alimentos que não chegaram às unidades escolares no período de 2013 a 2015. As denúncias foram feitas pelo vereador Elias Vaz (PSB). O prejuízo pode chega a R$ 3 milhões. Só de carne bovina o rombo pode ser de 64 mil quilos.

Apelo
Em queda nas pesquisas, o Delegado Waldir (PR) está dramatizando a sua propaganda eleitoral na TV para sensibilizar a sociedade sobre a (in) segurança pública em Goiânia. Na quinta-feira, dia 1º, ele colocou no ar vídeo mostrando a abordagem de um bandido a uma estudante num ponto de ônibus. Ele a assalta e sai correndo. Depois a câmera mostra o que parece ser um possa de sangue no chão. Delegado Waldir mostra o problema e dá a entender que com ele prefeito a coisa será diferente. Pura apelação.

Subsídio ao transporte
Candidata do PT, Adriana Accorsi (PT) disse em entrevista à Rádio 730 que sua prioridade como gestora municipal será o transporte público e que está analisando proposta de subsídio para passagem do transporte em Goiânia.


“Sofremos turbulências políticas e econômicas, recessão, mas esta página já foi virada. O Brasil deixa resolutamente para trás toda a instabilidade econômica e política que sofreu nos últimos anos”

Presidente Michel Temer a sexta-feira, dia 2, durante viagem oficial à China, afirmando que o País já passou pelo momento mais delicado da crise política e econômica que está enfrentando


Rápidas

Promotor eleitoral da 63ª Zona, Ricardo Lemos Guerra pediu a impugnação do registro de candidatura de Vinícius Henrique Chaves Alvarenga, candidato a vereador em Firminópolis.
O candidato estaria inelegível por estar condenado a ação penal por porte ilegal de arma de fogo estando, portanto, inelegível por oito anos, desde meados de junho deste ano.
Por determinação da Justiça, a prefeitura de Aparecida de Goiânia terá que colocar em funcionamento sete Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs), no prazo de três meses.
Os CMEIs que devem ser ativados são os dos setores Retiro do Bosque, Residencial Araguaia, Parque Primavera, Internacional Park, Cândido Queiroz, Village Garavelo e Vila Maria.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here