Marconi vai ao BID em busca de dinheiro para investir em inovação tecnológica

0
1950
Acompanhado do secretário Isanulfo Cordeiro (Assuntos Internacionais) e comitiva goiana, Marconi se reúne com o diretor-executivo pelo Brasil no Banco Mundial, Otaviano Canuto, em Washington.

O governador Marconi Perillo iniciou nesta segunda-feira, dia 26, a segunda etapa da missão comercial que realiza no Canadá e nos Estados Unidos. A primeira agenda nos Estados Unidos foi em Washington, na sede do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), onde se reuniu com diretores da empresa para aprofundar a discussão sobre empréstimo de US$ 70 milhões para financiar ações do programa Inova Goiás. O vice-presidente de países do BID, Alexandre Rosa, afirmou que o Banco tem muito interesse em apoiar as ações do Inova Goiás, apresentadas por Marconi.

“Nós vemos o investimento na rede de inovação tecnológica, em particular no programa Inova Goiás, como uma forma eficiente de se estimular também a iniciativa privada. O desenvolvimento tecnológico apoia o incremento da produtividade e o desenvolvimento do setor produtivo local. Então é uma forma que consideramos eficiente e temos muito interesse em apoiar as ações desse programa”, afirmou.

Alexandre ressaltou que o Governo de Goiás já discute com o Tesouro Nacional há algum tempo a viabilização do empréstimo, e acredita que o governo federal deve aprová-lo. Conforme explicou Marconi, o investimento de US$ 70 milhões no Inova Goiás contemplará os programas de Arranjos Produtivos Locais, dentro da chamada Rede de Inovação Tecnológica (Itegos), coordenada pela Secretaria Estadual de Desenvolvimento (SED). O diretor-executivo pelo Brasil BID, Antônio Henrique Silveira, também participou da reunião.

Educação
O vice-presidente do BID informou que foi discutida, também, a possibilidade de o Banco apoiar projetos na área de educação e auxiliar o Estado a promover concessões e Parcerias Público-Privadas (PPPs). “É fundamental a interlocução entre Estado, academia e setor privado”, disse.

Agenda
O governador e comitiva participaram, em seguida, de encontro na National Electrical Contractors Association, em Washington. Marconi apresentou a empresários o cenário energético do país e de Goiás. Depois, ele e a delegação goiana estiveram PhRMA (Pharmaceutical Research and Manufacturers of America). A empresa reúne as melhores companhias dos Estados Unidos de pesquisa e inovação na área Biofarmacêutica.

Acompanham o governador o secretário estadual de Saúde, Leonardo Vilela; o secretário de Assuntos Internacionais, Isanulfo Cordeiro; o presidente do Sindicato das Indústrias Farmacêuticas no Estado de Goiás (Sindifargo), Heribaldo Egídio; o presidente da Fieg, Pedro Alves; e o presidente do Sindicato da Indústria da Construção, Geração, Transmissão e Distribuição de Energia Elétrica no Estado de Goiás (Sindicel), Célio Eustáquio de Moura.

FONTE: GOIÁS AGORA

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here