Escola conveniada vence prêmio nacional

0
1293
Os alunos realizaram caminhada pelo setor Campinas, em Goiânia, onde está situada a escola, com o intuito de conscientizar a comunidade sobre os riscos das doenças que são transmitidas pelo mosquito vetor

Alunos e professores do Colégio Sesi Campinas mostram que aprenderam tudo sobre como combater o mosquito da dengue e recebem premiação, em Brasília

Alunos e professores da Escola SESI Campinas, conveniada com a Secretaria de Educação, Cultura e Esporte de Goiás (Seduce), venceram a etapa estadual e nacional do concurso Pesquisar e Conhecer para Combater o Aedes aegypti, promovido pelo Ministério da Educação (MEC).  Voltado a estudantes de todo o país, o concurso selecionou vídeos de até 90 segundos que apresentaram, de forma criativa, um trabalho preventivo desenvolvido dentro de suas escolas.
No dia 07 de novembro a equipe vencedora recebe, em Brasília, a premiação com medalhas, certificados e um curso/capacitação sobre o mosquito e caminhos da prevenção.  O objetivo do concurso foi originar ações na escola que promovam o combate ao mosquito Aedes Aegypti e suas consequências, principalmente o Zika Vírus.
No mês de fevereiro, os professores Ednaldo da Costa Oliveira, do laboratório de ciências, e Priscilla Pires Almeida da Silva, de língua portuguesa e redação, se uniram para o desenvolvimento do projeto denominado Sesi Campinas contra o Aedes Aegypti.
Foram realizadas pesquisas aprofundadas sobre o mosquito, seu modo de vida, fisiologia, anatomia, doenças relacionadas ao vetor, entre outras informações além de aulas no laboratório. Paralelamente aos estudos, foi trabalhado o gênero textual “cartas” para os alunos poderem melhor produzir uma redação relacionada com as aulas práticas. No decorrer do processo, os professores de todas as outras disciplinas conheceram o projeto, abraçaram a ideia e passaram a trabalhar o tema em suas respectivas disciplinas. Durante 3 meses, 1200 alunos trabalharam o tema.
Foi realizada também uma caminhada pelo setor Campinas, em Goiânia, onde está situada a escola, com o intuito de conscientizar a comunidade sobre os riscos das doenças que são transmitidas pelo mosquito vetor. Na escola foram produzidos cartazes, desenhos e vídeos. Um desses vídeos foi inscrito no concurso, consagrando-se vencedor. A Secretaria Municipal de Saúde também apoiou com palestras e panfletos informativos.

Concurso
O tema do concurso foi “Pesquisar e Conhecer Para Combater o Aedes aegypti”. Cada escola inscreveu apenas um vídeo em cada categoria e nível de ensino. O vídeo deveria ser produzido por uma equipe formada por um professor responsável e até três alunos. As imagens tinham que ser captadas por meio de aparelhos de telefone celular ou câmeras fotográficas domésticas que apresentassem boa qualidade de imagem e som. Os vídeos vencedores concorreram na etapa nacional que elegeu dois vencedores em cada nível/modalidade, sendo um vencedor escolhido pela comissão julgadora final e um vencedor indicado por júri popular.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here