Competição é referência educacional

0
303
O diretor Pedagógico da Secretaria Municipal de Educação, Marcos Pedro, (no centro da foto) agradeceu a Tribuna do Planalto por estar à frente desse trabalho ao longo de quase 20 anos

Em sua 17ª edição, o certame chega a mais uma final alcançando o objetivo de engrandecer a educação estimulando a produção textual

Fabiola Rodrigues

O Concurso de Redação Goiânia na Ponta do Lápis, em sua 17ª edição, deu oportunidade para os alunos aprimorarem não somente a leitura e escrita, mas também o desenvolvimento nas diversas disciplinas. O diretor da Tribuna do Planalto, Sebastião Barbosa, lembra que essa é a principal função dessa disputa, que ao final busca a propagação do conhecimento.
“Os alunos percebem a importância do concurso, porém futuramente terão mais compreensão ainda de como o certame contribuiu para o desenvolvimento da carreira estudantil deles. A conquista de cada um que chegou até a final é honrosa e merece ser celebrada com muita alegria”, diz.
Sebastião Barbosa agradeceu a Secretaria Municipal de Educação pela parceria, que ao longo de 17 anos, incentiva estudantes da rede municipal e particular a melhorar seu desempenho educacional através do aprimoramento da escrita.
“O reconhecimento é construído por todos os educadores. Sou grato por contribuir para a melhoria da educação do nosso Estado. Recebemos ótimos trabalhos, muita redação de qualidade mesmo. Acredito que os alunos que participaram desde a primeira etapa, indiferentemente de ter recebido prêmio ou não, são mais que vencedores, pois o conhecimento é a maior riqueza que alguém pode adquirir”, conclui Sebastião Barbosa.
O diretor Pedagógico da Secretaria Municipal de Educação, Marcos Pedro, também agradeceu a Tribuna do Planalto por estar à frente desse trabalho ao longo de quase 20 anos. Durante o evento de entrega de prêmios no último dia 22, no Centro Municipal Goiânia Cine Ouro, o diretor pedagógico lembrou que a escolha do tema desta 17ª edição “Educação Alimentar: em busca de uma vida saudável” foi muito bem escolhido, além de o concurso atingir seu principal objetivo.
“O aluno só vai falar, ler e escrever bem se ele buscar conhecimento e o concurso tem cumprido o seu papel de levar ao ambiente escolar essas práticas. A discussão realizada em sala engrandece o aprendizado e proporciona conhecimento. Nossos alunos apresentaram ótimos textos e é gratificante saber que alcançamos esse resultado”, disse Marcos Pedro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here