Escolas aderem ao Programa de Inovação no Ensino Médio

0
686

Objetivo do programa do Governo federal é possibilitar o atendimento às necessidades dos alunos e às demandas da sociedade contemporânea, com ampliação da carga horária e disponibilização de novas atividades pedagógicas para os alunos

Todas as 623 escolas da rede pública estadual que oferecem o Ensino Médio em Goiás participarão de um programa do Ministério da Educação (MEC) que visa promover a melhoria na qualidade do ensino. O Programa Ensino Médio Inovador (ProEMI), por meio da aplicação de estratégias, tem o objetivo de possibilitar o atendimento às necessidades dos alunos e às demandas da sociedade contemporânea. Todas as unidades da Secretaria de Educação, Cultura e Esporte (Seduce) se propuseram a fazer parte do programa.
Criado pela Portaria Ministerial nº 971 de 2009 do MEC, o ProEMI vai apoiar as secretarias estaduais no desenvolvimento de propostas curriculares dinâmicas e flexíveis. As pastas receberão auxílio técnico e financeiro.
As unidades de ensino deverão elaborar Propostas de Redesenho Curricular (PRC) que precisam considerar oito Campos de Integração Curricular (CIC) – conteúdos complementares – em sua elaboração. Na prática, significa que a adesão ao programa implica na ampliação da carga horária e a disponibilização de novas atividades pedagógicas para os alunos. Dos oito CIC, quatro são obrigatórios no momento da adesão, são eles: Acompanhamento Pedagógico (Língua Portuguesa e Matemática); Iniciação Científica e Pesquisa; Mundo do Trabalho e Protagonismo Juvenil.
“Para que essa proposta seja estabelecida vamos fazer formações com os responsáveis nas regionais e também serão acompanhadas de perto todas as unidades de ensino que participarão do programa. A equipe que coordena o ProEMI, lotada na Superintendência de Ensino Médio, estará à disposição para analisar os planos de cada umas das unidades escolares”, acrescenta a superintendente de Ensino Médio da Seduce, Regina Efigênia. O cronograma do MEC prevê que o ProEMI seja implantado em 2017 e os recursos financeiros serão repassados neste período, divididos em duas etapas.
Para que Goiás alcançasse 100% de adesão ao ProEMI, a Seduce promoveu reuniões para sensibilizar os subsecretários sobre a importância do projeto e montou uma equipe que auxiliou as escolas a fazerem a inscrição no programa. Regina acredita que o ProEMI vai se integrar a outras ações da Seduce como o Jovem de Futuro e o Circuito de Gestão e possibilitar a melhoria na qualidade do Ensino Médio com mais foco na aprendizagem dos estudantes.
“É uma oportunidade que as unidades de ensino têm de se reorganizarem e proporcionar um Ensino Médio com mais qualidade aos estudantes”, considera a superintendente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here