Goiás 360 será apresentado pela Microsoft como case de sucesso

0
845

O Programa Goiás 360, desenvolvido pela Superintendência de Acompanhamento de Programas Institucionais da Secretaria de Educação, Cultura e Esporte de Goiás (Seduce), será apresentado pela Microsoft como um case mundial de sucesso. A ferramenta que permite o acesso a informações sobre toda a rede de educação instantaneamente foi criada utilizando uma plataforma de produtividade em nuvem. Uma equipe da Microsoft esteve na Seduce na quarta-feira, dia 30, colhendo depoimento da equipe de gestão da pasta para produzir uma apresentação de como Goiás utiliza a ferramenta tecnológica para solucionar problemas da educação.
Logo após assumir o cargo, a s secretária Raquel Teixeira pediu ao superintendente de Acompanhamento de Programas Institucionais da Seduce, Ralph Rangel, que possibilitasse o acesso das informações da pasta “com um clique”.
“Hoje eu tenho, do meu gabinete, a possibilidade de entrar em qualquer sala de aula e saber quantos alunos têm de manhã, quantos alunos têm à tarde, eu posso consultar o desempenho do Saego (Sistema de Avaliação Educacional do Estado de Goiás), do Saeb (Sistema de Avaliação da Educação Básica). Isso nos possibilita otimizar a ocupação dos espaços e a gestão dos professores. Então, foi essencial. Eu não vejo como nós poderíamos ter avançado sem essa ferramenta”, avalia.
O Goiás 360, criado em 2015 com foco na gestão para resultados, disponibiliza, em tempo real, os dados relativos à Educação, Cultura e Esporte em forma de mapas de calor, infográficos e estatísticas. A plataforma disponibiliza relatórios sobre a situação dos servidores das pastas; o perfil de cada escola com seu índice de ocupação/evasão, desempenho em avaliações locais e nacionais, entre outros, contribuindo para uma maior transparência na prestação de serviços públicos.
De acordo com o superintendente Ralph, o programa ainda permite que os gestores monitorem as escolas e desenvolvam ações com proatividade.
“Verificamos a unidade que precisa de mais atenção e agimos com rapidez. Esse trabalho contribui para o aumento da qualidade do ensino e da aprendizagem, o que pudemos conferir na nota do último Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), em que Goiás foi um dos poucos estados a alcançar a meta nacional em todos os níveis”, ressaltou Ralph Rangel.
A iniciativa tecnológica Goiás 360 reúne no mesmo ambiente virtual diferentes soluções educacionais e também informações a respeito da Cultura e Esporte, possibilitando cruzamento de dados, transparência e apoio à políticas públicas com foco na qualidade e cidadania. Raquel Teixeira enfatiza que o programa foi construído com recursos públicos e que isso permite que outras secretarias possam utilizar a ferramenta.
“Eu tenho dito para os secretários de todos os estados que me perguntam sobre como podem usar o Goiás 360, que embora o mérito e a autoria seja da equipe do Ralph, nós não temos patente, nós não vamos vender isso para ninguém. Foi recurso público que gerou isso e o talento dessa equipe que tem a generosidade de entender que o que é público é para todo mundo”, acrescenta a secretária.
O trabalho de desenvolvimento do Goiás 360 levou 100 dias. Para o superintendente Ralph Rangel, a proposta de focar a construção do site nos desafios da Seduce foi essencial para o sucesso alcançado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here