Ministro Diogo Henrique participa do Dia D de combate ao Aedes aegypti no Tocantins

0
2069

Despertar a população para os cuidados que se deve ter com o combate ao mosquito Aedes aegypti foi o principal foco das ações realizadas na manhã desta sexta-feira, 2, data dedicada ao dia Dia D Nacional de Combate ao Aedes aegypti, que ocorre simultaneamente em todo o País. No Tocantins, a mobilização contou com a presença do ministro do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Dyogo Henrique de Oliveira.

Nesta sexta-feira, 350 militares do Exército Brasileiro, do Corpo de Bombeiros Militar e da Polícia Militar (PM), que foram capacitados pela Secretaria de Estado da Saúde, estiveram nas ruas para atuar em atividades de campo, ampliando a área de visitas dos agentes de endemias municipais. Também foram entregues quatro veículos modelo Doblô para os municípios de Palmas, Araguaína, Paraíso do Tocantins e Porto Nacional, que vão auxiliar no transporte de agentes de endemias nas atividades de controle vetorial em campo.
“Hoje, estamos fazendo uma mobilização nacional em que todos os ministros foram destinados aos estados da Federação para chamarem atenção para a importância da participação de cada cidadão neste trabalho de combate ao Aedes, que não é só o mosquito da dengue, é também da zika e da chikungunya, que são doenças igualmente graves. Temos que lembrar que este é um mosquito caseiro e o criadouro dele geralmente está muito próximo ao ambiente em que as pessoas convivem, então a vitória, neste combate, depende de todos. Todos devem olhar quintais, ver se tem água acumulada, retirar o lixo e evitar o surgimento do mosquito, porque ele é um grande perigo para a sociedade”, afirmou o ministro Dyogo Henrique, acrescentando que o “Estado do Tocantins está de parabéns pela mobilização feita com auxílio de várias forças”.
A vice-governadora Claudia Lelis destacou que a ação que é feita de forma integrada e simultânea em todo País e tem efeito importantíssimo. “Sempre digo que unidos somos mais forte. Só conseguiremos vencer esta guerra de combate ao Aedes, com cada um assumindo sua parcela de responsabilidade. O Tocantins tem sido reconhecido nacionalmente pela forma como trabalha, as ações e os números mostram que temos avançado neste quesito, mas queremos avançar ainda mais nesta luta em prol da população”, destacou.
Sobre a entrega de veículos, o secretário de Estado da Saúde, Marcos Musafir, afirmou que o transporte de atenção sanitária vai beneficiar os agentes de endemias envolvidos no combate ao Aedes. “Agradecemos ao governo federal, por meio do Ministério da Saúde e do Ministério do Planejamento, pela doação dos veículos que serão muito úteis”, enfatizou, acrescentando que todos os 139 municípios atuam juntos, por meio da Sala Estadual de Coordenação e Controle para o Enfrentamento da Dengue, Chikungunya e Zika,  onde “há um diálogo aberto sobre ações e capacitações, o que tem garantido que, em 2016, nenhum óbito tenha sido registrado em virtude das doenças até o momento”.
Beneficiado com um dos veículos, o prefeito de Porto Nacional, Otoniel Andrade, comemorou. “Ficamos felizes com esse reforço e queremos destacar que temos combatido e buscado melhorar os índices de incidência dessas doenças em nosso município”, disse.
A deputada e também presidente da Comissão de Saúde, Meio Ambiente e Turismo da Assembleia Legislativa do Tocantins, Valderez Castelo Branco, participou das ações e se disse feliz com a mobilização que o Estado do Tocantins tem feito no que diz respeito aos assuntos relacionados à saúde pública. “Temos acompanhado de perto todas as ações do Governo do Estado e da Secretaria da Saúde e visto que tudo é levado a sério, e com o combate ao Aedes não é diferente. Por isso, estamos juntos para colaborar com a erradicação desse mosquito que pode causar grandes danos para nossa população”, destacou.
Visitas
Após a entrega dos veículos, as equipes técnicas, juntamente com o ministro e autoridades, visitaram a residência de Jales Antônio Carneiro, que orgulhosamente mostrou o quintal livre de focos. “Na minha casa, a gente sempre procura fazer a prevenção, porque sabemos que o primeiro prejudicado é o morador da casa que tem foco do Aedes. Faço este monitoramento toda semana, pois todo dia é dia de combate. Sempre falo para os vizinhos que é importante fazer e, aqui em casa, temos quatro pessoas que, graças a Deus, nunca tiveram nenhuma das doenças transmitidas por esse mosquito”, ressaltou.
Em seguida, a comitiva visitou a Escola de Tempo Integral Padre Josimo Tavares e os prédios públicos federais (Polícia Federal (PF), Tribunal de Contas da União (TCU), Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e Secretaria de Patrimônio da União (SPU)).
Casos De acordo com os dados da coordenação da Sala Estadual de Coordenação e Controle para o Enfrentamento da Dengue, Chikungunya e Zika, em 2016, foram confirmados no Tocantins, 5.818 casos de dengue, 339 de chikungunya e 1.167 de zika e nenhum óbito. (Do Site Agora-TO)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here