Governador garante apoio a prefeitos

0
1489
Governador Marconi Perillo recebe comitiva de Abadiânia liderada pelo prefeito José Diniz

Marconi Perillo tem se encontrado com líderes municipais eleitos e reeleitos para discutir parcerias que terão início no ano que vem

Com a expectativa de estabelecer relação republicana com os novos prefeitos, o governador Marconi Perillo tem promovido encontro com os chefes dos executivos municipais neste final de ano. O desejo do governador é se encontrar com as lideranças de todos os municípios e até o mês de fevereiro.
Até aqui, o governador já promoveu encontro com cerca de 100 prefeitos. Entre eles, membros do PSDB, PP, PROS, PSD, PRB e PMDB. Um dos últimos encontros ocorreu na última terça-feira. A discussão é sempre voltada para as possíveis parcerias entre governo e prefeituras.
Em novembro ocorreu o primeiro compromisso e até o último dia 6 o governador já realizou 62 reuniões. Até o final de 2016, o objetivo é firmar parcerias com os 100 maiores municípios de Goiás. A expectativa do governo é de que até o início do ano que vem todas as 246 audiências com os gestores municipais sejam concluídas.
Na terça-feira, dia 6, Perillo recebeu os prefeitos eleitos de Abadiânia, José Aparecido Alves Diniz (PSD); de Goianápolis, Francisco de Moraes (PTN); de Paraúna, Paulo José Martins (PRB); de Piranhas, Eric de Melo Silveira (PP); de Corumbá de Goiás, Célio Fleury (PSDB); de Itapaci, Mário José Salles (PSDB); de Mara Rosa, Flávio Batista de Sousa (PRO), e de Barro Alto, Antônio Luciano Batista (PSDB).
O governador tratou de convênios administrativos nas áreas de infraestrutura urbana, saúde, educação e desenvolvimento econômico durante as reuniões, realizadas na Sala de Situação do Palácio Pedro Ludovico Teixeira, em Goiânia. Acompanhou as reuniões o secretário de Articulação Política, Sérgio Cardoso
No final do mês de outubro, Marconi Perillo havia anunciado que seria destinado R$ 200 milhões do Orçamento de 2017 para a execução de convênios com todas as prefeituras do Estado em obras de mútuo interesse. Na ocasião, Marconi reafirmou o compromisso de estabelecer uma relação republicana com os municípios.
“Estamos abertos para todos os que quiserem ter uma boa relação com o governo e realizar parceiras. Esses convênios serão apenas para obras. Não incluem as obras que o governo vai realizar no Estado inteiro por conta própria e as outras parcerias, como nas áreas de Educação, Saúde, Segurança Pública, que envolvem recursos vinculados”, afirmou.
Os encontros realizados até agora geralmente são marcados por pedidos feitos pelos prefeitos. A maioria deles na área de infraestrutura. O governador se disse satisfeito e disposto a ajudar. “Fico feliz de receber todos para estabelecermos esses convênios. Nosso objetivo é garantir a melhoria de vida de todos os goianos”, descreveu o governador.
Nas reuniões da semana passada os prefeitos de Abadiânia, Goianápolis, Paraúna Piranhas, Itapaci, Corumbá e Barro Alto se manifestaram e fizeram suas solicitações.
Abadiânia – Com o prefeito José Diniz (PSD), Perillo discutiu parcerias de pavimentação asfáltica de bairros da cidade, da GO-474, que liga Abadiânia ao Lago de Corumbá 4, do distrito agroindustrial e distrito de Planalmira, além da construção de uma escola neste último.
Goianápolis – O prefeitoFrancisco de Moraes (PTN) pediu o recapeamento de toda a malha urbana e da GO-415, que liga a cidade ao trevo do Batata.
Paraúna – O representante do município de Paraúna, Paulo José Martins (PRB) solicitou a recuperação asfáltica da cidade e a destinação ao município de uma patrulha mecanizada.
Piranhas – Eric de Melo Silveira (PP) também focou na questão da infraestrutura e pediu a conclusão da pavimentação e a conclusão do aeroporto da cidade.
Itapaci – Mário José Salles (PSDB), conhecido como Mário Macaco, tratou com o governador sobre pavimentação urbana, instalação de unidade do VaptVupt, do Corpo de Bombeiros, de um Colégio Militar e um projeto na área de saúde voltados para a reabilitação.
Corumbá – Célio Fleury (PSDB), apresentou pedidos de recapeamento, obras do VaptVupt e do Colégio na cidade.
Barro Alto – Antônio Luciano Batista (PSDB) levou ao governador pedido de abertura de novos projetos habitacionais, com construção de moradias, asfaltamento urbano e reformas de escolas. Segundo o prefeito, o déficit habitacional no município é de 300 unidades.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here