Prefeito quer Guarda Civil como referência nacional em segurança

0
2342
Iris participa da transferência de comando da Guarda Metropolitana

Transferência de cargo entre os comandantes da Guarda Civil Metropolitana (GCM) de Goiânia foi celebrada em cerimônia que ocorreu na manhã desta quarta-feira, 4, na sede da corporação. O prefeito Iris Rezende participou dos atos solenes que marcaram a passagem da titularidade de Elton Magalhães para José Eulálio Vieira, gestor empossado dia 2 de janeiro. “Mesmo diante do acúmulo de trabalhos nesses dois dias de administração, eu quis comparecer pessoalmente ao evento pelo afeto que tenho por esta instituição”, destacou o prefeito, que aproveitou para fazer um convite aos guardas municipais. “Vamos fazer da Guarda Civil Metropolitana, dentro de pouco tempo, uma instituição de referência nacional. Farei tudo que estiver ao meu alcance para que o essencial não falte amanhã”.

Em seu discurso, Iris Rezende fez questão de lembrar do orgulho que tem pela Guarda, principalmente, pelo auxílio que deu para estruturar a corporação em uma de suas administrações à frente da prefeitura. “Todas as pessoas que trabalham com responsabilidade tomam amor por aquilo que ajudaram a fazer”. O prefeito citou que, ao assumir a Prefeitura de Goiânia em 2005, havia cerca de 100 guardas municipais que ficavam à disposição de determinadas instituições e a administração mantinha contrato com uma empresa que oferecia quase 900 guardas armados e que custava caro para a municipalidade. “Vi, então, que precisávamos valorizar a instituição. Rescindi o contrato com a empresa e convocamos concurso para a Guarda, órgão que passou a ser respeitado pela sociedade”, disse Iris.

A recente lei federal instituindo mais poderes para a Guarda, como o direito de portar armas, também foi destacada pelo prefeito. “Essa nova atribuição é por conta do índice de criminalidade que vem tomando conta deste país de ponta a ponta. Não sei se por injustiças sociais, se por descuido das autoridade, a verdade é que a insegurança está dominando. Hoje, a população de Goiânia vive prisioneira dentro de suas próprias casas”. Iris ressaltou que a referência feita com o quantitativo de crimes registrados no Brasil é para mostrar a responsabilidade que pesa sobre os ombros de cada integrante da Guarda. “Constitucionalmente, a segurança pública é atribuição do governo do estado feita pelas polícias militar e civil. Se foi dado mais poder às guardas municipais, nós não podemos fugir da responsabilidade. Nosso objetivo é zelar pela tranquilidade e bem-estar desse povo”.

Para a Guarda Civil Metropolitana, o prefeito Iris Rezende já garante que há propostas de inserir elementos que a ciência e a tecnologia têm desenvolvido na área da comunicação. “Precisamos introduzir essas ferramentas para que Guarda possa ampliar consideravelmente sua atuação e mostrarmos à sociedade que a nossa instituição é muito importante. Nós não vamos abrir mão da disciplina, cumprindo com nossos deveres e obrigações. Esse é o maior patrimônio que a corporação tem para se impor”, disse o gestor.

José Eulálio Vieira
No momento em que assumiu as funções na GCM, o novo comandante José Eulálio Vieira disse que estará sempre à disposição do prefeito Iris Rezende. “Debaixo de chuva ou sol para o que for necessário. Igual ao senhor prefeito, a guarda atuará 24 horas”, afirmou Vieira, que convocou toda a Guarda para um trabalho compromissado. “Esse comando não será meu, será nosso. Espero que cada um aqui da corporação faça a sua parte e ao máximo para atender a população. Estou muito honrado pela confiança depositada em mim e farei de tudo para que nossa categoria desempenhe suas funções com excelência”.

José Eulálio aproveitou a oportunidade para adiantar que já tem uma proposta para implementar da corporação. “Faremos uma portaria para que os servidores administrativos tenham conhecimento sobre o serviço operacional. Programaremos uma escala para que, um dia na semana, uma equipe de administrativos acompanhe o trabalho de rua e em postos de serviços”.

Perfil do novo comandante
Graduado em Gestão de Segurança Pública, José Eulálio Vieira foi chefe de gabinete da Agência da Guarda Civil Metropolitana (AGCM); diretor operacional, comandante da segunda regional, comandante do Grupo de Atendimento de Respostas Rápidas (Garra) da AGCM e supervisor de trânsito da Secretaria Municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade (SMT).
(Secom Goiânia)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here