Quase 200 prefeitos já foram recebidos pelo governador

0
981
Governador conversa com prefeita de Santa Izabel, Cássia Dourado.

O governador Marconi Perillo dedicou a manhã desta terça-feira, dia 24, para dar sequência às audiências a novos prefeitos e já se aproxima da marca de 200 recebidos por ele para despachos administrativos e o acerto de parcerias, quando são discutidas e encaminhadas as demandas urgentes de cada cidade.

Na primeira audiência do dia, o governador recebeu a prefeita de Montividiu do Norte, Jacira Martins Fernandes. Acompanhada dos vereadores e líderes políticos da cidade, ela, também conhecida como Cirinha da Farmácia, disse que a audiência foi melhor do que esperava. “As principais reivindicações foram recapeamento de ruas, iluminação pública e quadra coberta”, adiantou, ressaltando que o governador sinalizou positivamente em relação aos pedidos.

Na audiência seguinte, Marconi recebeu a comitiva de Guarani de Goiás, liderada pelo prefeito Volnei Momoli. Dentre as prioridades, recapeamento de ruas, ambulância e regularização do fornecimento de energia elétrica para um assentamento de 300 famílias. “O governador tem olhado muito pelo Nordeste goiano”, afirmou Momoli. Na audiência, Marconi disse ter um carinho especial pelo Nordeste, região que o Governo de Goiás tem sido presente.

A prefeita de Bonópolis, Cristina Beatriz, levou ao governador um conjunto de demandas consideradas prioritárias para o município. A principal delas, explicou, é a recuperação da malha urbana da cidade, além da reforma do colégio estadual e a coleta de esgoto. Ao avaliar a audiência, disse que foi “extremamente proveitosa”, porque o governador assumiu o compromisso de firmar um convênio com a prefeitura, para que a administração municipal defina de que forma vai aplicar os recursos. Na audiência, a prefeita reivindicou a pavimentação da rodovia que liga Bonópolis-Cruzeiro do Norte a Novo Planalto.

“Não haverá qualquer discriminação pelo fato do senhor pertencer a outro partido”, disse Marconi ao prefeito de Portelândia, Manoel Rodrigues de Rezende. O prefeito agradeceu o governador pela maneira que foi tratado, “com respeito e cordialidade”. Adiantou que em Portelândia a grande demanda é por asfalto urbano e garantiu que terá com o Governo do Estado uma excelente parceria administrativa. “Não são todos que fazem isso”, disse Manoel Rezende, referindo-se à disposição do governador de receber dos 246 prefeitos do Estado, independente de cor partidária.

saomiguel
Governador conversa com prefeito de São Miguel do Passa Quatro, Márcio Ceciliano.

Com a experiência de já ter sido prefeito e presidente da Associação Goiana de Municípios (AGM), o prefeito de São Miguel do Passa Quatro, Márcio Cecílio Ceciliano, levou ao governador duas prioridades: recapeamento de vias urbanas e construção de 95 unidades habitacionais. “Vamos direto ao ponto”, disse o governador, demonstrando familiaridade com o prefeito. “Com esse gesto, o governador mostra que é um político diferenciado, um municipalista nato”, ponderou Márcio Cecílio, ao avaliar a disposição dele em receber todos os prefeitos do Estado antes deles completar um mês de mandato.

Médico por profissão, o prefeito de Rio Quente, João Pena, levou ao governador demandas que, segundo ele, são urgentes no município: obras de infraestrutura urbana, doação de ônibus escolar, ambulância e caminhão compactador de lixo. Marconi também assumiu o compromisso de duplicar o trecho de sete quilômetros, do trevo da GO-213 à Pousada do Rio Quente. “O que a gente quer é parceria e ajuda”, adiantou o prefeito, para quem o governador demonstrou disposição de atender aos pedidos de Rio Quente.

Jaime Ricardo Ferreira, prefeito de Ouro Verde de Goiás, avaliou o atendimento recebido de Marconi como “um gesto que reafirma o espírito republicano” do governador. O prefeito apresentou, como prioridade, pedido de reconstrução da GO-330 que liga o município a Campo Limpo. Também foram reivindicados cheque comunitário para reforma da praça central da cidade; cheque reforma para o Ginásio de Esportes e construção de uma praça ao seu redor, reforma de colégio e viatura para a Patrulha Rural.

Depois de elogiar o governador, a quem atribui a virtude de “estar sempre atento aos anseios dos municípios e da população goiana”, o prefeito de Mutunópolis, Jonas Luiz Guimarães Júnior, deixou para análise algumas solicitações que considera prioritárias. O prefeito solicitou ajuda para o transporte de universitários, para a unidade da UEG de Porangatu, ajuda para conservação da estrada municipal Mutunópolis/São Sebastião e recuperação asfáltica urbana.

O novo prefeito apresentou ao governador um quadro preocupante das finanças municipais, agravado por um déficit da previdência municipal hoje na casa de 50% do custo da folha dos inativos. Soma-se a isso, a impossibilidade de a prefeitura formalizar convênios com os governos estadual e federal por falta de certidões.

 

Prefeito de Hidrolina, Osvaldo Moreira Vaz foi recebido pelo governador Marconi Perillo e pediu a pavimentação de 14 quilômetros da rodovia Hidrolina/Pilar de Goiás, casas populares e recapeamento para ruas e avenidas. Ao final da audiência, disse ter ficado satisfeito com o atendimento do governador. “Ele foi bastante receptivo com as nossas reivindicações. Estamos muito agradecidos pelo apoio que, com certeza, vai nos dar”.

A nova prefeita de Santa Izabel, Cássia Silva Caixeta Dourado, apresentou o pedido de pavimentação dos oito quilômetros que ligam o município ao distrito de Cirilândia. Deixou ainda ofícios solicitando mais casas populares e reforma de prédio escolar. “Marconi é um governador autêntico. Ele sempre abriu as portas do governo aos municípios, independentemente do partido do prefeito. Neste momento de dificuldade, é muito importante termos um governador municipalista, que conhece a realidade dos municípios e está sempre disposto a ajudar”, comentou.

varjao
Marconi atende prefeito de Varjão, Valdivino Silva.

Valdivino Martins da Silva, prefeito de Varjão, foi recebido pelo governador Marconi Perillo. “Ficamos muito felizes com o convite do governador. Nunca um governador demonstrou tanta preocupação e deu tanta atenção aos municípios. Marconi conhece as dificuldades dos municípios e vai nos ajudar, com certeza”, comentou o prefeito. Através de ofícios, o novo prefeito de Varjão solicitou ônibus para o transporte de universitários, reforma do Ginásio de Esportes, aumento dos efetivos das polícias civil e militar, materiais esportivos para alunos de escolas municipais, pavimentação da rodovia Aragoiânia/Varjão e recapeamento urbano.

O último prefeito a ser atendido pelo governador na manhã desta terça-feira foi Vinícios Arantes de Miranda, de Edealina. Ele presentou pedidos de equipamentos esportivos para área de lazer de conjunto habitacional, recapeamento urbano, cheque reforma e reforço para a segurança pública. Ao final da audiência disse ser importante a ajuda do governador neste momento de dificuldade vivido pelos municípios. “O governador nos apoia, abre as portas do seu governo. Vai ajudar a todos os prefeitos do Estado porque é municipalista e sensível aos problemas dos municípios”, comentou.

Fonte: Goiás Agora

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here