Escolas recebem campanha “Volta às Aulas sem Aedes”

0
635

Dos vasos de plantas até calhas e caixas-d’água, nada passou despercebido pelos olhos atentos dos agentes de combate a endemias da Prefeitura de Goiânia na manhã de 25 de janeiro, na Escola Municipal Manoel José de Oliveira. A unidade de ensino, localizada no Setor Bueno, Região Sul da Capital, recebeu a visita dos secretários de Saúde e Educação do município, que participaram das atividades da Campanha “Volta às aulas sem Aedes”.
Em conversa com os alunos da escola, a secretária municipal de Saúde, Fátima Mrué, repassou orientações sobre como evitar a proliferação de focos do mosquito Aedes aegypti. “Podemos combatê-lo ao eliminar criadouros que acumulem água”, explicou a gestora, que ainda destacou a necessidade de cada um cuidar de sua casa para que os índices de infestação na cidade diminuam.
Durante as visitas, há inspeção dos imóveis, eliminação de focos e criadouros do mosquito e orientação dos responsáveis pelas instituições. Tais ações contribuem diretamente na conscientização da comunidade escolar, que é o principal objetivo da campanha. “O ‘Volta às aulas sem Aedes’ é uma questão pedagógica de prevenção e educação, que contribui para reduzir focos do mosquito em toda Goiânia”, reforçou o secretário municipal de Educação e Esporte, Marcelo Ferreira.
Com o movimento das equipes de combate pelos pátios das instituições de ensino, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) acredita que alunos, professores e funcionários podem se interessar em repetir o monitoramento em casa. Eles se tornariam, dessa forma, multiplicadores das práticas de combate ao mosquito nos locais onde residem, fato que reduziria ainda mais os números dos casos de dengue, febre do Chikungunya e vírus Zika – doenças que são transmitidas pelo Aedes aegypti.
As vistorias feitas durante a Campanha “Volta às aulas sem Aedes”, realizadas em ação conjunta pela SMS e Secretaria Municipal de Educação (SME), percorrerão mais de 800 instituições educacionais da Capital. Caso sejam encontradas situações inadequadas nos locais visitados, estes poderão ser multados pelas equipes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here