Após matéria da Tribuna, Polícia Civil se compromete a cumprir mandado de prisão

0
1243
Daniel Batista de Moraes é procurado pela Polícia

 

Yago Sales

“Não vamos desistir de procurá-lo”, garantiu o titular da 2° Delegacia Regional de Aparecida de Goiânia, André Fernandes, sobre Daniel Batista de Moraes, conhecido como pastor Daniel. Depois de tomar ciência do caso por meio de reportagem da Tribuna do Planalto esta semana, a Delegacia Geral da Polícia Civil delegou à Regional que se empenhasse em prender Daniel, foragido da Justiça desde 2013. Ele é condenado a nove anos de prisão por assassinato. Mesmo assim, Daniel mantém uma casa de recuperação para dependentes de drogas em Aparecida de Goiânia.

A resposta da Polícia Civil veio dois dias depois de a reportagem publicar agressão sofrida por Marcos Pina, ex-interno de Daniel. Durante quatro meses, investigou-se, ainda, atuação da Guarda Civil de Aparecida em prol de interesses do pastor.

Daniel é denunciado ainda por ex-internos e ex-diretores da Resgatando Vidas que viviam sob a rotina de semiescravidão e exploração de mão de obra. Pelo menos 20 usuários de drogas são obrigados a vender balas dentro dos coletivos.

“Fui comunicado pela Delegacia Geral da Polícia Civil que a Tribuna do Planalto tinha feito esta reportagem e fui direcionado ao caso. Estabeleceu-se que uma equipe irá às ruas atrás de Daniel para cumprir o mandado de prisão em aberto”, relatou o titular André Fernandes.

Ainda segundo ele, as denúncias serão investigadas quando as vítimas procurarem a delegacia para instaurar um inquérito policial. “Estou aqui à disposição”, finalizou.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here