Escola e Família: Mágica ou investimento?

0
3003

A participação da família contribui significativamente no aprendizado da criança ou adolescente. Várias pesquisas têm revelado que o envolvimento dos pais, ou responsáveis, na vida escolar dos filhos contribui para o sucesso no processo de ensino-aprendizagem. Entretanto, destaca-se que não é o nível socioeconômico que se torna o obstáculo principal. O que se destaca é a forma como os pais colaboram: incentivando e apoiando os filhos durante todo o processo educacional.
Atualmente, as escolas têm buscado parceria com as famílias, pois já reconheceram que sem essa ligação estará fadada ao fracasso. Já está comprovado que a instituição escolar continua contribuindo com o aperfeiçoamento da convivência humana. Destaca-se que tanto a família como a escola são ambientes privilegiados ao desenvolvimento humano, contribuem na formação da pessoa em todas as dimensões físicas, psicológicas, morais ou cognitivas.
Cabe a família a responsabilidade do acompanhamento diário das atividades de casa e a assiduidade. A ajuda dos pais é decisiva no aspecto emocional. O carinho e a atenção que os pais dispensam aos filhos aumentam a autoestima do aluno e faz despertar o interesse em aprender e considerar importante os estudos. Outro ponto fundamental é conhecer os professores, o ambiente em que o filho frequenta e participar das reuniões pedagógicas da escola. Valorizar, apoiar o professor demonstra a sua admiração pela profissão. É extremamente necessário ensinar o estudante a ouvir e a respeitar o professor.
Certamente a escola também tem o compromisso de promover o diálogo e a negociação nos conflitos que naturalmente surgem no quotidiano educacional. A instituição tem um papel fundamental no processo de escolarização, mas também contribui muito com a família ajudando os alunos a compreenderem melhor o mundo que os cerca. Solidifica os valores necessários para entendê-lo e conviver em sociedade.
Reforçar os laços entre família e escola significa investir na qualidade de educação. No entanto, não existe uma fórmula mágica e, sim, um longo caminho a percorrer em busca do conhecimento e da construção de pessoas mais humanas, mais livres e felizes.

Rosemeire B. Santos Carvalho, Professora, Formadora e Coordenadora Pedagógica na rede Estadual. Possui Mestrado em Educação pela PUC de Goiás, especialista em Leitura e Produção de Texto pela UFG e graduada em Letras (UCG).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here