Prefeitura banca estrutura da Rotam na região

0
2170
Prefeito Cristóvão Tormin conversa com policiais militares: reforço na segurança da população

Prefeito Cristóvão Tormin destaca que embora o serviço de segurança pública seja responsabilidade do Estado, a prefeitura tem feito sua parte

“A Prefeitura de Luziânia está entre as melhores de Goiás no trabalho de segurança pública, isto é, se não for a que mais coopera em termos de parceria com a Polícia Militar, embora não seja constitucionalmente de sua responsabilidade”. A afirmação é do comandante-geral da Polícia Militar de Goiás, Coronel Divino Alves de Oliveira, durante visita às instalações do quartel do Batalhão Tático (Rotam) de Luziânia, estruturado pelo governo Cristóvão para combater a violência no município. O comandante também anunciou o reforço de mais policiais e 20 novas viaturas para o trabalho de rotina em Luziânia e no Distrito do Jardim Ingá.
A Rotam tem sua sede administrativa numa área de cerca de mil metros quadrados, no Setor de Chácaras Marajoara, no Distrito do Jardim Ingá. Conta com 80 policiais e seis viaturas. A expectativa é de que no prazo de 40 dias a unidade já esteja em pleno funcionamento.
“Nós temos dias para chegar, mas não temos para ir embora”, destacou Divino Alves, ao lembrar que já determinou aos seus oficiais dos comandos regionais ações permanentes e efetivas para reduzir os índices de criminalidade de forma considerável em toda a região.
O prefeito de Luziânia, Cristóvão Tormin (PSD), lembra que a prefeitura está bancando, com recursos próprios, toda a estrutura física, desde o mobiliário ao trabalho de limpeza da área e reforma das instalações, como pintura, troca de lâmpadas, banheiros e fiação elétrica, uma vez que o complexo de vários alojamentos e galpões se encontrava abandonado e abrigou por algum tempo a Força Nacional.
“Colocamos toda estrutura da Prefeitura, como pás-carregadeiras, patrolas, caminhões-caçambas e pessoal, à disposição desse mutirão para acomodar os novos policiais”, informa Cristóvão.
Embora a prestação do serviço de segurança pública seja constitucionalmente de responsabilidade do Estado, o prefeito Cristóvão, desde o início de seu primeiro governo, tem feito sua parte no trabalho de combate à violência e à criminalidade. Ainda no seu primeiro mandato, ele criou a Secretaria de Segurança e Cidadania do município e recentemente retirou do papel a Guarda Civil Municipal, justamente para dar apoio às forças de segurança no município. Desta forma, Luziânia vive um momento histórico com a criação da Guarda Municipal, que beneficia milhares de pessoas, e agora, com a instalação do Batalhão Tático.
“Estou colaborando com as forças policiais para que o cidadão tenha mais proteção em nossa cidade”, diz.
Cristóvão Tormin garante que a prefeitura tem feito e continuará fazendo sua parte e isso pode ser constatado ao se enumerar algumas das principais ações para conter a onda de violência que vem sendo registrada no município e região. Entre elas, destacam-se o reforço de mais policiais no comércio e nos bairros, a criação do Gabinete Integrado de Segurança Pública, instalação das delegacias especializadas da Polícia Civil, criação do Centro Especializado de Atendimento à Mulher (Ceam), a Patrulha Amiga das Mulheres e a retomada da Patrulha Rural.

Parceria
Ainda de acordo com a prefeitura, a parceria entre os governos do município e do Estado na área de segurança pública tem sido fundamental para se combater a violência em Luziânia. Cristóvão tem se reunido constantemente com o secretário de Segurança do Estado, com o governador Marconi Perillo, promotor de justiça, comandantes da Polícia Militar e delegados da Polícia Civil, cobrando reforço policial e soluções definitivas para reduzir os índices de criminalidade em Luziânia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here