Nelson Mandela e Jardins do Cerrado: 74 mil inscrições já foram realizadas

0
631
Residencial Nelson Mandela. Foto: Sérgio Willian.

A Agência Goiana de Habitação (Agehab) já recebeu, até esta terça-feira, dia 21, quase 74 mil inscrições de famílias candidatas a uma moradia no Residencial Nelson Mandela e na décima etapa do Jardins do Cerrado, ambos na Região Oeste de Goiânia.

As inscrições, abertas desde janeiro, seguem até o próximo dia 10 de março e devem ser feitas preferencialmente por meio do site da Agehab, no endereço www.agehab.go.gov.br, em computadores de mesa (desktops). Na falta de acesso a um computador pessoal, as inscrições podem ser realizadas ainda em qualquer agência Vapt Vupt de Goiânia.

Serão selecionados candidatos para 1.131 unidades habitacionais do Residencial Nelson Mandela e 324 para os Jardins do Cerrado 10. Os empreendimentos são construídos com recursos do Cheque Mais Moradia, do Governo de Goiás, por meio da Agehab, e do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR), operacionalizado pela Caixa Econômica Federal.

Podem concorrer famílias com renda familiar bruta até R$ 1,8 mil, que não possuam outro tipo de moradia ou benefício habitacional governamental e com vínculo comprovado de no mínimo três anos com o município de Goiânia. De acordo com o presidente da Agehab, Luiz Stival, graças às parcerias do Estado, governo federal e prefeitura, a prestação para o beneficiário deve variar entre R$ 80 e R$ 270, conforme a renda familiar, financiados pela Caixa.

Ele também lembra que, além das parcelas do financiamento, o beneficiário terá que arcar com as despesas de condomínio. Stival destaca ainda que com foco em parcerias e aporte de recursos do Cheque Mais Moradia, o governador Marconi Perillo tem feito uma revolução na habitação de interesse social em Goiás, levando moradia digna para as famílias que mais precisam. “Trabalhamos sempre com a determinação de manter a área de habitação como um dos marcos da atual administração. E como novo desafio, a Agehab já está trabalhando com a meta de contratar mais 30 mil moradias nos próximos dois anos, o que já foi determinado pelo governador Marconi Perillo”, afirma o presidente da Agehab.

Documentação
No momento da inscrição nos Vapt Vupt, o interessado deve estar de posse do RG e CPF do titular e de todos os dependentes para conferência de informações, além de comprovantes do estado civil, endereço, renda e do título de eleitor, número do CadÚnico, caso possua, e atestado médico contendo a Classificação Internacional da Doença (CID), caso haja alguém na família com deficiência. Os documentos são necessários para auxiliar no preenchimento da ficha de inscrição. A apresentação de todos os documentos será solicitada em etapa posterior.

Parquinho infantil do Residencial Nelson Mandela, no Conjunto Vera Cruz, em Goiânia. Foto: Sérgio Willian
Parquinho infantil do Residencial Nelson Mandela, no Conjunto Vera Cruz, em Goiânia.
Foto: Sérgio Willian

A lista de famílias habilitadas a participarem do sorteio será divulgada no site da Agehab na data prevista de 15 de março. Serão mantidas no processo aquelas que realmente se enquadrarem nos critérios sociais exigidos por lei. O sorteio das famílias será realizado em 24 de março, com acompanhamento do Ministério Público, e o resultado será divulgado imediatamente também na internet.

Prioridade
São grupos prioritários os idosos e deficientes, que serão sorteados primeiramente na cota estabelecida pela legislação e os não sorteados nas respectivas cotas serão reinseridos no sorteio geral. Também terão mais chances no processo seletivo as famílias que vivem em Goiânia há mais de 5 anos, moradores de áreas de risco, insalubres ou desabrigadas, mulheres chefes de família, famílias com filho(s) em idade inferior a 18 anos, famílias com ônus excessivo de aluguel e famílias com pessoa(s) com deficiência. Todas as informações deverão ser confirmadas por meio de documentos.

O resultado final terá um acréscimo de 30% de cadastro reserva, que será utilizado caso as famílias sorteadas tenham a documentação indeferida pela Agehab ou pela Caixa Econômica Federal. Quem já se cadastrou para moradia na Agehab anteriormente e não foi beneficiado deve fazer novamente a inscrição. É permitida a inscrição para os dois empreendimentos.

Nelson Mandela
O Residencial Nelson Mandela fica no Setor Vera Cruz, na Região Oeste de Goiânia. A primeira etapa, com 1.616 apartamentos, está sendo construída com recursos do Cheque Mais Moradia, do Governo de Goiás, no valor de mais de R$ 24 milhões, em parceria com a Caixa (FAR) e o Município. As unidades estão divididas em blocos de quatro andares com 16 apartamentos por bloco, quatro por andar. Os apartamentos contam com 42,9m², divididos em dois quartos, com sala, cozinha, área de serviço e banheiro. A seleção para 30% desses apartamentos já foi realizada pela Prefeitura de Goiânia dentro da cota do município.

Jardins do Cerrado 10 – Fase 6
Os 1.080 apartamentos da etapa 10 do Jardins do Cerrado, também na Região Oeste de Goiânia, contam com contrapartida de R$ 16 milhões e 200 mil do Governo de Goiás, por meio da Agehab, com o Cheque Mais Moradia. O Estado de Goiás participa com contrapartida de R$ 15 mil por unidade habitacional nesta etapa do empreendimento e é responsável pela inscrição de 30% das unidades habitacionais (324 apartamentos). O recurso federal investido no empreendimento é de R$ 64 milhões do FAR.

Mais informações: (62) 3096-5050

Documentação necessária:

Do titular

Do cônjuge ou companheiro

Do dependente

– Documento de Identidade e CPF;- Comprovante de Endereço;- Comprovante do Estado Civil;- Comprovante de Renda, se houver;- Comprovante de cadastro no CADÚNICO que contenha o número do NIS, se houver;- Se possuir alguma deficiência ou doença crônica, apresentar atestado ou laudo ou relatório médico informando o CID da deficiência/doença; – Documento de Identidade e CPF;- Comprovante de Endereço;- Comprovante de Estado Civil;- Comprovante de Renda;- Comprovante de cadastro no CADÚNICO que contenha o número do NIS, se houver;- Se possuir alguma deficiência ou doença crônica, apresentar atestado ou laudo ou relatório médico informando o CID da deficiência/doença. – Documento de Identidade ou Certidão de Nascimento;- CPF (obrigatório inclusive para crianças);– Comprovante de Renda;- Se possuir alguma deficiência ou doença crônica, apresentar atestado ou laudo ou relatório médico informando o CID da deficiência/doença.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here