Residencial Nelson Mandela e Jardins do Cerrado: inscrições para moradias encerram sexta-feira

0
591

As inscrições de famílias candidatas a receberem uma moradia no Residencial Nelson Mandela e na décima etapa do Jardins do Cerrado, ambos na Região Oeste de Goiânia, se encerram na  sexta-feira, dia 10. Até o início desta semana já foram realizadas 77,2 mil inscrições. O processo deve ser realizado preferencialmente no site da Agência Goiana de Habitação (Agehab), no endereço www.agehab.go.gov.br, em computadores de mesa (desktops). Na falta de acesso a um computador pessoal, a inscrição pode ser realizada ainda em qualquer agência Vapt Vupt de Goiânia.

Do total de inscrições já registradas até o momento, cerca de 10 mil estão com status “incompleto”. De acordo com o diretor de Desenvolvimento Institucional e Cooperação Técnica da Agehab, Murilo Barra, é possível que grande parte deste número de inscrições inconclusas esteja relacionada a desistências dos candidatos, mas pode indicar também que o processo não foi concluído. “É preciso lembrar que para chegar até o fim, o processo de inscrição tem de gerar um número de protocolo. Portanto, se o candidato não recebeu um número de protocolo ao fim da inscrição, é porque ela não terminou. O sistema do site faz isso automaticamente”, reitera.

Ainda segundo o diretor, caso tenha alguma dúvida o candidato pode voltar ao site da Agehab e com o número do CPF em mãos verificar se foi gerado número de protocolo. Caso haja dúvidas, um auxílio está disponível por telefone na Agehab na linha exclusiva 3096-5050. Ao todo serão selecionados candidatos para 1.131 unidades habitacionais do Residencial Nelson Mandela e 324 para os Jardins do Cerrado 10. Os empreendimentos foram construídos com recursos do Cheque Mais Moradia, do Governo de Goiás, por meio da Agehab, e do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR), operacionalizado pela Caixa Econômica Federal.

Perfil das famílias
Podem concorrer famílias com renda familiar bruta até R$ 1,8 mil, que não possuam outro tipo de moradia ou benefício habitacional governamental e com vínculo comprovado de no mínimo três anos com o município de Goiânia. De acordo com o presidente da Agehab, Luiz Stival, graças às parcerias do Estado, governo federal e prefeitura, a prestação para o beneficiário deve variar entre R$ 80 e R$ 270, conforme a renda familiar, financiados pela Caixa Econômica Federal. Ele também lembra que, além das parcelas do financiamento, o beneficiário terá que arcar com as despesas de condomínio.

Stival destaca ainda que com foco em parcerias e aporte de recursos do Cheque Mais Moradia, o governador Marconi Perillo tem feito uma revolução na habitação de interesse social em Goiás, levando moradia digna para as famílias que mais precisam. “Trabalhamos sempre com a determinação de manter a área de habitação como um dos marcos da atual administração. E como novo desafio, a Agehab já está trabalhando com a meta de contratar mais 30 mil moradias nos próximos dois anos, o que já foi determinado pelo governador Marconi Perillo”, afirma o presidente da Agehab.

Documentação
No momento da inscrição nos Vapt-Vupt, o interessado deve estar de posse do RG e CPF do titular e de todos os dependentes para conferência de informações, além de comprovantes do estado civil, endereço, renda e do título de eleitor, número do CadÚnico, caso possua, e atestado médico contendo a Classificação Internacional da Doença (CID), caso haja alguém na família com deficiência. Os documentos são necessários para auxiliar no preenchimento da ficha de inscrição. A apresentação de todos os documentos será solicitada em etapa posterior.

A lista de famílias habilitadas a participarem do sorteio será divulgada no site da Agehab na próxima semana, a partir do dia 15.  Serão mantidas no processo aquelas que realmente se enquadrarem nos critérios sociais exigidos por lei. O sorteio das famílias será realizado no dia 24, março, com acompanhamento do Ministério Público, e o resultado será divulgado imediatamente também na internet.

Prioridades
São grupos prioritários os idosos e deficientes, que serão sorteados primeiramente na cota estabelecida pela legislação e os não sorteados nas respectivas cotas serão reinseridos no sorteio geral. Também terão mais chances no processo seletivo as famílias que vivem em Goiânia há mais de 5 anos, moradores de áreas de risco, insalubres ou desabrigadas, mulheres chefes de família, famílias com filho(s) em idade inferior a 18 anos, famílias com ônus excessivo de aluguel e famílias com pessoa(s) com deficiência. Todas as informações deverão ser confirmadas por meio de documentos.

O resultado final terá um acréscimo de 30% de cadastro reserva, que será utilizado caso as famílias sorteadas tenham a documentação indeferida pela Agehab ou pela Caixa Econômica Federal. Quem já se cadastrou para moradia na Agehab anteriormente e não foi beneficiado deve fazer novamente a inscrição. É permitida a inscrição para os dois empreendimentos.

Os Residenciais

Residencial Nelson Mandela
Residencial Nelson Mandela

Nelson Mandela

O Residencial Nelson Mandela fica no Setor Vera Cruz, região Oeste de Goiânia. A primeira etapa, com 1.616 apartamentos, está sendo construída com recursos do Cheque Mais Moradia, do Governo de Goiás, no valor de mais de R$ 24 milhões, em parceria com a Caixa (FAR) e o Município. As unidades estão divididas em blocos de quatro andares com 16 apartamentos por bloco, quatro por andar. Os apartamentos contam com 42,9m², divididos em dois quartos, com sala, cozinha, área de serviço e banheiro. A seleção para 30% destes apartamentos já foi realizada pela Prefeitura de Goiânia dentro da cota do Município.


Jardins do Cerrado 10 – Fase 6

Jardins do Cerrado
Jardins do Cerrado

Os 1.080 apartamentos da etapa 10 do Jardins do Cerrado, região Oeste de Goiânia, contam com contrapartida de R$ 16 milhões e 200 mil do Governo de Goiás, por meio da Agehab, com o Cheque Mais Moradia. O Estado de Goiás participa com contrapartida de R$ 15 mil por unidade habitacional nesta etapa do empreendimento e é responsável pela inscrição de 30% das unidades habitacionais (324 apartamentos). O recurso federal investido no empreendimento é de R$ 64 milhões do FAR.

Mais informações: 3096-5050/5015/5016

Fotos: Sérgio Willian

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here