Elias Vaz quer fim de pagamento de jeton

0
890

Marcione Barreira
marcionebarreira@gmail.com

O vereador Elias Vaz (PSB) quer colocar fim ao pagamento de jetons ou qualquer tipo de gratificação a quem participa de reuniões de órgãos de deliberação coletiva, como conselhos ou comissões. A proposta está em tramitação na Câmara e deve ir a plenário esta semana. Elias já havia apresentado o projeto em 2013 e, apesar de aprovado pela Câmara Municipal, foi vetado pelo então prefeito Paulo Garcia.  Levantamento feito pelo vereador apontou que a prefeitura gastou, no ano passado, cerca de R$ 1,8 milhão com esse tipo de pagamento, média de R$ 150 mil ao mês. “É uma prática que precisa acabar. A prefeitura passa por uma crise financeira grave e mantém privilégios a apadrinhados. Não podemos nos omitir dessa briga. Enquanto há problemas para atendimento nos Cais, faltam vagas em CMEIs, não são feitos os repasses para as creches conveniadas, ambulâncias ficam paradas à espera de conserto, o dinheiro é aplicado em vantagens para alguns servidores”, ressalta. Segundo Elias, não há justificativa para a remuneração extra já que integrar órgãos de deliberação coletiva e participar das reuniões faz parte das atribuições dos servidores e eles já recebem salário.


“O resultado da greve geral é positivo, mas precisamos continuar lutando para barrar as reformas”

Deputado federal Rubens Otoni (PT), sobre as manifestações da ultima sexta-feira


Defesa da mulher
A Câmara Municipal de Goiânia realiza na quinta-feira, 4, o II Encontro em Defesa e Valorização da Mulher. O evento dá prosseguimento à série de ações da campanha “Não vai ter psiu!”, que visa contribuir para a desconstrução da cultura machista.

Evento aberto
O evento será no auditório Carlos Eurico, das 14h30 às 16h30, e também vai comemorar o Dia Nacional da Mulher, celebrado neste 30 de abril. Os trabalhos serão abertos pelo presidente da Câmara, vereador Andrey Azeredo (PMDB).

Presenças
O Encontro será aberto à comunidade e contará com a participação de palestrantes convidadas, como a delegada Ana Elisa Gomes Martins, titular da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM); além das cinco vereadoras da Casa: Dra. Cristina (PSDB), Leia Klebia (PSC), Priscilla Tejota (PSD) Sabrina Garcêz (PMDB) e Tatiana Lemos (PCdoB).

Na justiça
A vereadora Priscilla Tejota (PSD) informou na última quinta-feira que entrou com representação no Ministério Público estadual para que seja instaurado um inquérito para apurar se houve crime de abuso de autoridade e poder contra professores. É um desdobramento da desocupação da Secretaria de Educação, na noite da quarta, 25.

Curso
A Assembleia Legislativa promove, através da Escola do Legislativo, o Curso “Noções de BRL-CAD”. O BRL-CAD é um sistema de desenho assistido por computador (CAD) de modelagem sólida de geometria sólida (CSG). O curso será realizado de 28 de abril a 30 de junho, todas as sextas-feiras.

Detalhes do curso
As aulas ocorreram das 8h30 às 11 horas e das 14h30 às 17 horas no Laboratório de Informática da Escola do Legislativo. A abertura será feita por Katianne de Sousa Almeida, chefe da Seção Pedagógica. As aulas contarão também com palestras ministradas por alunos e professores.

Dia do Obreiro
Está em andamento na Assembleia Legislativa o Projeto de Lei que tem o objetivo de instituir o “Dia do Obreiro Universal”. Pela proposta, o dia deve ser comemorado, anualmente, no terceiro domingo do mês de agosto. O projeto é de autoria do deputado Jeferson Rodrigues (PRB).

Justificativa
Segundo o deputado, o projeto tem o objetivo de ressaltar a importância que o obreiro tem dentro da igreja. “É ele que realiza o trabalho de recepcionar os fiéis que chegam aos templos, acolher, disseminar ensinamentos”, diz. A proposta foi apresentada em Plenário e segue agora para análise nas Comissões Técnicas.

PEC do Teto dos Gastos
Um grupo de seis deputados governistas apresentou voto em separado solicitando a retirada das áreas da Saúde e da Educação da proposta da Governadoria que limita os gastos e despesas do Poder Público por um prazo de dez anos. Em entendimento com o Executivo, a Segurança Pública já havia sido retirada da PEC.

Francisco OliveiraAinda sobre a PEC
Líder do governo na Assembleia Legislativa, o deputado Francisco Oliveira (PSDB) pretende devolver a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) do Teto de Gastos na Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) nesta semana. Na reunião da última terça, o parlamentar(foto) pediu vistas ao projeto, após apresentação de três votos em separado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here