Empresários de outros estados apostam na oportunidade de negócios da Agrotins 2017

0
918
A Feira de Tecnologia Agropecuária do Tocantins (Agrotins 2017), cada vez mais surpreende com o interesse de novas empresas, de diversos estados brasileiros, em expor seus produtos. Os empresários de diversos ramos agropecuários apostam na oportunidade de geração de negócios, nos cincos dias do evento. A feira que tem como tema principal “Água Sustentabilidade da Vida”, começa na próxima terça-feira, 9, e prossegue até sábado, 13, no Centro Agrotecnológico de Palmas.
A empresa de São José dos Campos, em São Paulo, Agronow, vem pela primeira vez ao Tocantins para conhecer e apresentar tecnologias direcionadas à agricultura de precisão. São produtos como softwares dinâmicos e precisos que preveem e monitoram a safra. A sócia fundadora, Walkiria Sassaki, disse que participar da Agrotins é uma alegria para todos da empresa. “A decisão de participar da Agrotins foi colocada em votação e o resultado foi unânime, todos concordaram”, afirmou.
A empresária diz que a Agrotins é uma estratégia de negócio, pois querem expandir o comércio, e é uma grande oportunidade de conhecer o público do Tocantins e de interagir com os produtores rurais. “Entender suas necessidades e oferecer tecnologias de ponta, que podem visualizar o desempenho das lavouras, melhorando a qualidade dos produtos e minimizando os custos na produção”, completou.
No setor da piscicultura novas empresas também confirmaram a participação na Agrotins 2017, com exposição para comercialização de equipamentos e alimentos, direcionados à piscicultura.
Um exemplo é a empresa Braspeixe, instalada no município de Glória, na Bahia. A empresa soube da Agrotins pelas instituições tocantinenses, redes sociais e outras mídias e vai expor tanques rede de diversos tamanhos para comercializar. Os equipamentos possuem alta tecnologia para suportar impactos e durabilidade, é o que afirma o diretor comercial da empresa, Daoud Wehbi. “A ideia é apresentar os tanques feitos com polietileno de alta densidade, que duram no mínimo 20 anos, e que é bastante utilizada em países avançados na produção de peixe”, argumenta.
Para o do Desenvolvimento da Secretaria da Agricultura e Pecuária (Seagro), Clemente Barros, essa grande procura das empresas de todos os cantos do país para expor na Agrotins confirma que o evento já é bem conhecido por empresários de todo o Brasil, e que é uma vitrine potencial como mostra de produtos do agronegócio no cenário nacional, afirmou.(Do Site Agora-TO)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here