Estatística registra queda de criminalidade em Goiás

0
1523

Marcione Barreira
marcionebarreira@gmail.com

O trabalho realizado pela Secretaria de Segurança do estado vem alcançando resultados interessantes. Embora a população ainda se sinta desprotegida, a secretaria divulgou na semana passada números que mostram a supremacia do trabalho da pasta em alguns setores. As doze modalidades de crimes pesquisadas e consideradas como de alta prioridade em Goiás apresentaram queda em abril de 2017, quando os números são comparados com este mês do ano passado. Conforme o relatório, os maiores recuos foram verificados nos latrocínios, com queda de 50% no mês passado, furtos a transeuntes (-42,24%), roubos a comércios (-37,49%), tentativas de homicídios (-32,14%), roubos de veículos (-25,08%), roubos a transeuntes (-23,1%) e furtos de veículos (-22,06%). Furtos em comércios (-17%), estupros (-12,73%), roubos em residências (-3,94%) e homicídios (-0,47%), completam os índices, todos em baixa. No acumulado do ano, de janeiro a abril, os números mostraram queda significativa em onze naturezas de crimes. Os homicídios retrocederam 18,36%, os estupros caíram 24,19%, enquanto as tentativas de homicídios diminuíram 33,91% e os latrocínios 59,74%. Apenas os furtos a transeuntes tiveram pequena oscilação positiva de 0,26%. Segundo as estatísticas, todas as naturezas de roubos registraram queda no período. Os roubos a veículos recuaram 32,61%, ao passo que os roubos a transeuntes cederam em 24,78%. Os roubos em comércios e em residências apresentaram quedas respectivas de 32,97% e 27,46%. Os furtos de veículos tiveram declínio de 26,23%, os furtos em comércios cederam em 16,6% e os furtos a transeuntes caíram 29,84%. Os números colocam em alta o secretário Ricardo Barestreri (foto), que assumiu a secretaria há pouco mais de dois meses.


“Estou pronto para ser o representante da Prefeitura em Brasília”

Senador Wilder Morais (PP), durante visita à Câmara Municipal de Goiânia, na última semana


Rápidas

O senador Ronaldo Caiado (DEM) continua a fazer críticas ao governador Marconi Perillo (PSDB).

Nas pílulas em horário gratuito, Caiado falou de supostos esquemas que financiaram as campanhas do governador.

Continuam as reuniões para destacar as prioridades do governo do estado para o setor energético.

O Fórum realiza encontros periódicos para discutir as questões energéticas de Goiás e debater a evolução do setor.


Cobrança
O vereador oposicionista Elias Vaz (PSB) cobrou na sessão da última quarta-feira que a prefeitura encaminhe ao legislativo o projeto de data-base dos servidores. Ele apresentou requerimento com a solicitação alertando que o reajuste referente à inflação do último ano é garantido por lei.

Sem desculpas
Segundo o vereador, a reposição anual deve ser feita a partir de 1º de maio. “É um direito e deve ser cumprido pelo prefeito. Dificuldades financeiras não podem servir de pretexto para não conceder o reajuste. Se há um problema de má gestão, não é o servidor que tem que pagar por isso”, disse Elias Vaz.

Tem verba
O vereador acrescenta que, apesar de usar como desculpa a crise financeira e dívida de outra gestão para atrasar salários, a prefeitura tem dinheiro em caixa. O secretário Municipal de Finanças, Oséias Pacheco, esteve na Câmara no final de abril e admitiu que a prefeitura contava na época com R$ 200 milhões de verba própria mais R$160 milhões de outros recursos.

Retomada
A Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos (Seinfra), retomou, na última semana, as obras de reconfiguração do fluxo viário no cruzamento da Avenida Oeste com a Rua 74, no Setor Central.

Não era problema meu
As obras no local foram paralisadas na gestão passada por falta de material para a realização dos serviços, segundo a prefeitura. Alguns pontos do pavimento asfáltico sofreram deterioração, durante o período de paralisação e de acordo com o órgão responsável pela obra foi necessário recuperá-los.

Saúde Pública
A secretária Municipal de Assistência Social (Semas), Márcia Carvalho, recebeu na última sexta-feira, 5, representantes do Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO) para discutir melhorias das unidades de Assistência Social da Prefeitura de Goiânia.

Acordo
No encontro, a promotora de Justiça Patrícia Otoni apresentou um relatório das unidades e, em seguida, a secretária garantiu que a atual gestão realizará melhorias no quadro de funcionários dos espaços dedicados à seguridade social da população da Capital.

Criticou
O deputado estadual Humberto Aidar (PT) criticou na última semana a ausência de parlamentares em sessões ordinárias da Assembleia Legislativa. Em seu pronunciamento, ele sugeriu ao presidente que cortasse o ponto dos faltosos. “A solução é cortar o ponto de quem não está presente”, disse

Foi além
Humberto Aidar afirmou que tem parlamentar que ele nem lembra o nome. “Tem deputado aqui que eu não decorei o nome até hoje porque nunca está presente. O pior é que todo mundo é colocado na vala comum, como se não trabalhasse. No mínimo tem que se apresentar aqui para votar a favor ou contra, para discutir, opinar”, disse.

Elogios
O deputado estadual Santana Gomes (PSL) subiu à tribuna do plenário da Assembleia na semana passada para parabenizar o deputado Henrique Arantes (PTB) pelo discurso na tribuna onde falou acerca da independência do Poder Legislativo.

Elogios 2
Santana também elogiou o deputado Humberto Aidar pelas críticas que fez aos deputados faltosos. “Temos que ter um posicionamento. É um desrespeito com o Poder a falta dos deputados. Se formos ao Executivo, vamos achar o governador, se formos ao Judiciário o juiz estará lá”, disse.

Estado
A Saneago e o município de Posse assinaram o Contrato de Programa para prestação do serviço de Saneamento Básico, eixos Água e Esgoto, para os próximos 30 anos. Este contrato prevê investimentos no valor aproximado de R$ 20 milhões.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here