Alunos visitam estrutura da feira e aprenderam sobre cultivo de orgânicos

Seis escolas municipais participam de três dias de atividades na Universidade Federal de Goiás (UFG)

Lívia Máximo

Em mais uma edição, a Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Educação e Esporte (SME), foi parceira na Feira Agro Centro-Oeste Familiar, realizada no Centro de Eventos da Universidade Federal de Goiás (UFG), Campus Samambaia.
Os três dias de evento, 7 a 10 de junho, contaram com a presença de alunos de seis escolas municipais durante visitação à feira, além de exposição de projetos de Educação Ambiental e do Projeto Horta Escolar, promovidos pela rede municipal de ensino.
Quem esteve por lá, prestigiando a feira foi gerente do Programa de Alimentação Educacional, Vanessia Alves. Certa da importância da SME nesta parceria, ela destacou o quanto os produtos da Agricultura Familiar ajudam na composição da merenda escolar.
“Os alunos sabem de onde vem esses alimentos e isso é fundamental para que eles cresçam com a ideia positiva da boa alimentação. Além do mais, aqui na feira, eles estão tendo noções de plantio, cultivo de mudas e alimentos orgânicos”, pontuou.
Aluno da Escola Municipal Jardim Nova Esperança, João Vitor Castro de Amorim, 9 anos, conheceu vários estandes na feira e contou o que achou mais interessante.
“Aprendi que temos que cuidar do nosso meio ambiente, cuidar da terra, do lixo. Lá na escola tem horta, e eu gosto muito quando comemos alimentos de lá. É importante ter uma alimentação mais saudável. Eu, por exemplo, adoro cenoura, vagem, alface, beterraba e couve”, comentou.
A coordenadora da Agro Centro-Oeste, Graciella Corcioli, falou sobre a grandiosidade do evento e destacou a parceria de instituições para o sucesso na realização da feira em mais um ano.
“Somos 26 instituições envolvidas e mais de 100 atividades acontecendo, como seminários, mostras, exposições, rodas de conversa e apresentações culturais. Essas instituições trabalham com muito empenho e acreditam na Agro como meio de desenvolver social e ambientalmente a nossa sociedade. Agradecemos o envolvimento de todos e esperamos receber mais de 10 mil pessoas por aqui durante os três dias, o que comprova a magnitude do nosso evento”, declarou.


A Feira
A Agro Centro-Oeste Familiar é realizada desde o ano 2000. O evento surgiu como um projeto de extensão com o propósito de proporcionar oportunidades de negócios e acesso ao conhecimento. A partir de 2005, o enfoque da feira se voltou para a Agricultura Familiar, devido às limitações que os agricultores enfrentam, principalmente relacionadas à baixa diversificação dos sistemas de produção.
Durante a feira, os estandes das cooperativas familiares chamam a atenção, além de cursos e oficinas. A programação também inclui exposição e comercialização de máquinas e implementos agrícolas. Para as crianças, atividades de Educação Ambiental foram realizadas em uma fazendinha instalada no local.

Agricultura Familiar na SME
Atualmente a SME adquire arroz, polpas de frutas, manteiga, mozarela, requeijão, bebida láctea, leite e óleo de cooperativas que participam da Agricultura Familiar. Esses alimentos enriquecem o cardápio da merenda servida nas escolas e centros municipais de Educação Infantil (Cmei) da Capital. A iniciativa tem um investimento de mais de 4 milhões por ano e garante aos alunos o consumo de gêneros alimentícios de produção local.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here