Goiás é celeiro cultural

0
533
O Governo estadual destina 0,5% da arrecadação fiscal líquida para o financiamento projetos culturais e artísticos

Centro-oeste é uma das regiões do país que mais recebe investimento para atrações culturais no Brasil

As manifestações artísticas de um povo encontradas na literatura, cinema, teatro, circo, museu, pintura, música, dança e até na religião dão forma à identidade cultural que fornece os elementos necessários para a compreensão histórica de uma nação. Esses traços são absorvidos por cada indivíduo e repassados ao longo das gerações. Pensando assim, o governador Marconi Perillo, por meio do Fundo de Arte e Cultura, destina 0,5% da arrecadação fiscal líquida para o financiamento projetos da comunidade nas mais diversas áreas da cultura e da arte.
Os projetos financiados são selecionados via edital público, com total transparência, gestão aprimorada e inscrições facilitadas em uma plataforma online exclusiva. “Agradeço ao governador Marconi Perillo pelo apoio cultural e incentivo. Aos parceiros, nossa reverência”, declarou a presidente da Academia Goiana de Letras, Lêda Selma.
Em 2016, o FAC destinou R$ 27.150,00 milhões para 270 projetos de 33 cidades, entre elas Goiânia e região metropolitana, Anápolis, Corumbá, Jataí, Rio Verde, Flores de Goiás, Uruana e Alto Paraíso. Ao todo, em 2017, o Fundo vai distribuir R$ 36 milhões para 450 projetos. “Quando a gente fala em números a gente não tem noção do impacto disso na vida da pessoa. Nós, da Seduce, lidamos com números porque eles são necessários, mas a gente transforma cada número, cada real, em resultados (para a cultura). E é isso que nos importa, saber o que cada ação traz de impacto na vida da pessoa”, comentou a titular da Seduce, Raquel Teixeira.

Lei Goyazes
No final do mês passado, Marconi anunciou o aporte de mais R$ 3 milhões para o Programa Estadual de Incentivo à Cultura (Lei Goyazes) deste ano. “Em função do grande número de ótimos projetos inscritos, determinei o aporte de mais R$ 3 milhões para o financiamento dos mais de 50 projetos contemplados”, disse o governador ao explicar que a Lei Goyazes é um dos principais programas do Governo de Goiás de fomento à cultura, financiado por meio da renúncia fiscal do Imposto de Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Este ano, a lei vai investir R$ 9 milhões em 160 projetos culturais. O Comprovante de Aprovação de Projeto de 2016, a ser realizado em 2017, já está disponível. Os proponentes podem se informar no site da Secretaria de Educação, Cultura e Esporte (Seduce).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here