Iris anuncia segundo Mutirão

0
495
Nos Mutirões, o prefeito reserva parte de sua agenda para receber crianças e manter contato com a população em geral

Após o primeira edição do Mutirão da Prefeitura, na região Norte, o prefeito determinou que a segunda edição aconteça no outro extremo da Capital, na região Sul, nos dias 24 e 25

Manoel Messias Rodrigues

Demonstrando que superou a fase de dificuldades herdadas do antecessor, o prefeito Iris Rezende (PMDB) cumpre a promessa de sair do gabinete e ir às bases. Após a primeira edição do Mutirão da Prefeitura, há duas semanas na região Norte, o prefeito determinou que a segunda edição seja realizado no outro extremo da Capital, na região Sul, nos dias 24 e 25 de junho. A decisão foi antecipada, em primeira mão, em visita do peemedebista ao Cais (Centro de Assistência Social a Saúde) do bairro Chácara do Governador e ao Centro de Saúde da Família do Ville de France, na segunda-feira, 12.
Peemedebistas consideram que Iris é um grande gestor, mas de volta às ruas, seu habitat de origem, garantem que ele fica imbatível. Nos últimos dias, têm crescido os apelos da população para receber a frente itinerante e gratuita de serviços.
“Grande prefeito, estamos ansiosos esperando o senhor na região Noroeste, naquele verdadeiro show de cidadania na Avenida do Povo no Jardim Curitiba, que só o senhor é capaz de mobilizar”, destaca o morador Francisco de Assis, em comentário na página do prefeito em uma mídia social.
Na página do prefeito, são cada vez mais comuns mensagens contendo convites de moradores para Iris levar o Mutirão e a resposta do prefeito é de que todas as regiões serão atendidas. A região sul será a segunda de 15 edições que serão promovidas este ano.
“Vou muito a feiras e as pessoas comentam comigo da felicidade em ver o prefeito nas ruas, realizando serviços, visitando obras, ouvindo as demandas e o Iris sempre se voltou com ações coletivas de quem possui grande sensibilidade social”, comenta o deputado José Nelto (PMDB).
Mesmo criticado pela oposição e apontado como prática antiga, o Mutirão faz adversários reconhecerem a capacidade de mobilização de Iris Rezende. Na primeira edição, 10 vereadores participaram do Mutirão e saíram satisfeitos com a oportunidade de prestar contas com a comunidade. Na próxima edição, esse número deve aumentar devido à grande quantidade de pessoas que comparecem em busca de serviços, ações e da própria “festa cívica”, como o prefeito gosta de definir.
O Mutirão, que até poderia ter outro nome, também traz embutido um conceito atualíssimo, que é o “Fazer Junto”, ou seja, a população é convidada a utilizar os serviços, participar, sugerir e, o principal, a ser um agente ativo, a ajudar a cuidar de sua própria cidade. De olho no Mutirão e em obras que o prefeito colocou na rua (BRT, asfaltamento, iluminação), a oposição sabe o quanto o sucesso ou fracasso de sua gestão terá impacto no pleito de 2018. A simples visita de cortesia do senador Ronaldo Caiado (DEM) se transformou em um dos principais fatos políticos da última semana.
Nas andanças do prefeito Iris pelas ruas da região sul, as pessoas se aproximaram para cumprimentá-lo, tirar fotos, pedir ações e ficaram bastante contentes com o anúncio do Mutirão. Atento às necessidades, Iris Rezende ouviu demandas da população e já sugeriu intervenções ao lado dos secretários de Infraestrutura, Fernando Cozetti; de Saúde, Fátima Mrue; e dos presidentes da Companhia de Urbanização (Comurg), Dennes Pereira; e da Agência Municipal de Meio Ambiente (Amma), Gilberto Marques Neto.
Foram visitados o Cais do bairro Chácara do Governador e o Centro de Saúde da Família no Ville de France. Durante o percurso, entre uma unidade e outra, Iris e a equipe administrativa da prefeitura pararam em alguns pontos para observar vias públicas que necessitam de algumas melhorias em infraestrutura. Além de cumprimentar moradores e lideranças de bairro para anotar demandas por ações e serviços nos bairros.
Foram agendadas várias ações como operações tapa-buraco, recapeamento asfáltico, pequenas reformas em praças e canteiros, limpeza, remoção de entulhos, poda de árvores e substituição de lâmpadas queimadas.
Entre as obras solicitadas, o prefeito Iris Rezende destacou que será realizada a revitalização do Parque Carmo Bernardes e pediu ao secretário Fernando Cozetti estudos para a implantação de um complexo esportivo com campos de futebol para beneficiar toda a comunidade nas proximidades do Parque Atheneu.

Iris já anunciou que a região sul deve receber melhorias na área de infraestrutura
Iris já anunciou que a região sul deve receber melhorias na área de infraestrutura

Divulgada lista de bairros que serão atendidos na região sul da capital

O próximo Mutirão será promovido nos dias 24 e 25 de junho, na região Sul de Goiânia. Na primeira edição realizada na avenida Eurico Viana, Parque das Flores, região Norte, foram realizados mais de 48 mil atendimentos à população.
Além de obras de infraestrutura nas principais vias urbanas de 15 bairros, foram oferecidos serviços como distribuição de mudas de árvores, consultas nas áreas de oftalmologia e cardiologia, campanha de vacinação, inscrição para o casamento comunitário, expedição de documentos como carteiras de identidade, de estudante (ID Jovem), passe livre para pessoas com deficiência e orientações jurídicas, além de atividades culturais, recreativas e oficina da beleza, com atrações para todos os públicos que visitaram os estandes do evento.
A expectativa é de que o número de atendimentos seja bem superior nesta segunda edição e para as próximas treze previstas até o final do ano.
Ao todo, 21 bairros da região Sul da Capital serão diretamente beneficiados com os serviços do próximo Mutirão da Prefeitura de Goiânia. Chácara do Governador, Chácara Alto da Glória, Conjunto Anhanguera, Conjunto Fabiana, Jardim Bela Vista, Jardim da Luz, Jardim Mariliza, Parque Santa Cruz, Parque Acalanto, Parque Atheneu, Parque das Laranjeiras, Vale das Pombas, Vale das Brisas, Villa de France e Villa de France I. As vilas Alto da Glória, Jardim Vitória e Legionárias e os residenciais Arco Verde, Brisas do Cerrado e Parque Flamboyant também receberão os serviços.

Gestão Iris já trocou mais de 26 mil pontos de iluminação

Um dos gargalos encontrados pela gestão do prefeito Iris Rezende, a iluminação pública já recebeu 26.980 mil pontos de iluminação. Em média, a Prefeitura de Goiânia instalou 176 novos pontos por dia. Para o sucesso da operação, de acordo com informações da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos (Seinfra), 32 equipes se revezam 24 horas todos os dias.
Segundo o diretor de Serviços Públicos da Seinfra, Rodolfo Leon Salinas, ao realizar o trabalho as equipes avaliam a qualidade do conjunto da luminária.
“Na maioria dos casos, apenas uma lâmpada soluciona a demanda. Em outras situações, é fundamental a troca do relê fotoeletrônico e às vezes é necessário trocar o reator e o braço que sustenta a luminária”, explica.
Atualmente, a maioria das lâmpadas de Goiânia é de vapor de sódio, portanto, mais eficientes e menos poluentes se comparadas com as mais antigas, que são compostas de mercúrio.
“Nos últimos anos, com o lançamento do Programa Reluz, do Governo Federal, as lâmpadas de mercúrio estão sendo substituídas pelas de vapor de sódio. Esse trabalho de substituição continua sendo feito pelos servidores da Citeluz Serviços de Iluminação Urbana que atuam nas ruas da cidade”, ressalta Salinas.
Para abranger toda a Capital, as equipes se dividem em sete regiões (Norte, Leste, Sul, Campinas, Sudoeste, Noroeste e Centro). A segmentação do trabalho, segundo Salinas, facilita a logística e reduz custos. “Além do planejamento das instalações e do gerenciamento das operações, a divisão em regiões reduz os gastos públicos e torna mais eficiente o trabalho dos eletricistas e supervisores”, pontua.
Recentemente, a Prefeitura, por meio da Seinfra, disponibilizou um número para que os cidadãos solicitem, via  WhatsApp, a troca de lâmpadas na cidade. A população deve encaminhar uma mensagem de texto para (62) 98493-7229. Os serviços podem ser solicitados diariamente, 24 horas por dia, com o retorno em horário comercial.
O secretário municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos, Fernando Cozzetti, conta que a iniciativa melhora o atendimento aos goianienses.
“A ferramenta traz uma gestão colaborativa e participativa por parte da Seinfra e do cidadão, que nos informa onde há demandas. Após receber as informações, a determinação imediata é resolver a solicitação com rapidez e qualidade”, salienta.
Além da troca de lâmpadas, os moradores podem solicitar serviços como operação tapa-buracos, limpeza ou reposição de tampas das bocas de lobo e outras ações de infraestrutura. É necessário repassar o endereço e ponto de referência para agilizar os trabalhos.
“Os cidadãos podem também realizar solicitações por meio do Serviço de Atendimento ao Cidadão nos telefones 3524-8363 e 3524-8373. O importante é disponibilizar canais de comunicação e que as demandas sejam todas solucionadas”, assinala.

Modernização
Na semana passada o prefeito de Goiânia, Iris Rezende, anunciou que irá modernizar todos os sistemas tecnológicos do município, começando pela iluminação pública. A intenção é atrair Parceria Público-Privada (PPP) para o projeto, que pretende substituir as lâmpadas por tecnologia de LED, dentro de um sistema de rede elétrica totalmente inteligente.
Durante o anúncio, foi apresentado ao prefeito projeto para que Goiânia adote o Smart Grid na iluminação pública da Capital. Trata-se de uma rede que se utiliza da tecnologia da informação para fazer com que o sistema seja mais eficiente (econômica e energeticamente), confiável e sustentável. Com ele, pode-se, por exemplo, controlar a iluminação de parques e praças para acender e apagar as luzes e diminuir o fluxo luminoso em horários pré-programados.
“Vamos modernizar a Capital, usar a tecnologia em nosso favor e trazer grandes mudanças para a população, desde a iluminação aos serviços procurados pelo cidadão”, conclui o prefeito.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here