Ronaldo Caiado ensaia voo solo

0
689

Marcione Barreira
marcionebarreira@gmail.com

Em meio a diversos diálogos sobre a sucessão, o senador Ronaldo Caiado vem se movimentando para concretizar a uma possível candidatura sua ao governo de Goiás no ano que vem. No início da última semana, ele se encontrou com várias lideranças do Democratas, do PMDB e de outros partidos em reunião que soou como uma direção paralela à do PMDB. O fato se dá no mesmo momento em que o PMDB promoveu reunião com a executiva estadual do partido para discutir as eleições de 2018. A agremiação conduzida por Daniel Vilela está indo em sentido oposto ao DEM de Caiado. As próprias lideranças do partido têm dito isso. Na legenda há uma vertente que apoia Caiado e outra que está com Vilela. De qualquer maneira, Ronaldo Caiado tem se movimentado no sentido de candidatura própria e tem dado a entender que vai para a disputa mesmo se o PMDB não o acompanhar. Por enquanto são especulações. Algumas lideranças do partido dizem que Daniel, apesar de ter saído da mira de Fachin, ainda está frágil com relação à Lava Jato. Por isso, algumas lideranças, em especial as do interior do estado, conforme revelou a Tribuna na última edição, são mais favoráveis a um possível apoio do PMDB a Caiado. Caso do integrante da executiva do partido e ex-prefeito de Guapó Luiz Juvêncio, que afirmou na ocasião: “Eu não teria problema nenhum em apoiar Ronaldo Caiado”.


“Meu silêncio não está à venda”

Ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) em depoimento à PF sobre ter recebido propina
da JBS em troca de se manter calado.


Rápidas

A prefeitura de Goiânia entregou 30 viaturas para a Guarda Civil Metropolitana.

Os veículos serão utilizados pela Guarda Ambiental, dentro do programa Parque Mais Seguro.

Água Fria de Goiás, Mimoso de Goiás e Padre Bernardo vão receber R$ 5,3 milhões do estado.

Os repasses estão previstos no cronograma de obras do programa Goiás na Frente.


No comando
O PT Goiás empossou na última semana a professora Kátia Maria como presidente do partido no estado. Estiveram na posse, além de militantes, diversas personalidades do partido. A senadora e presidente nacional da sigla, Gleisi Hoffmann (PT-PR), discursou e enalteceu a nova comandante.

Perfil
Primeira mulher e mais jovem presidente da história do PT de Goiás, a professora Kátia Maria fez um discurso de união, convidando todos a participarem e ajudar a construir o partido. “É inédito para nós ter mulheres nas presidências municipal, estadual e nacional ao mesmo tempo. E Goiás é o único estado do Brasil a conseguir isso”, disse.

Histórico
Kátia Maria dos Santos é pedagoga, mestre em Geografia, consultora em planejamento e coach. É ativista social e sindicalista desde a década de 1990. Filiou-se ao PT em 2003, foi presidenta do PT de Senador Canedo e faz parte da executiva estadual desde 2007, atuando como Secretária Estadual de Comunicação.

Vantagem
Pesquisa realizada pelo instituto Paraná, divulgada semana passada, aponta que o senador Ronaldo Caiado aparece na liderança do certame. Hoje, os nomes mais comentados são Caiado (DEM), Daniel Vilela (PMDB) e o governista José Eliton (PSDB).

Os três
Na disputa entre eles, o senador aparece com ampla vantagem sobre Vielela e Eliton. O vice-governador José Eliton se coloca em segundo lugar em empate técnico com o peemedebista. A pesquisa foi realizada entre os dias 7  e 11 de junho, com 1.505 eleitores de todas as regiões do estado.

Incentivo
O plenário da Assembleia aprovou na quarta-feira, 14, em primeira votação, projeto que dispõe sobre a concessão de crédito outorgado do ICMS. O projeto autoriza o chefe do Executivo a conceder crédito de ICMS, de até 5% do valor da operação em montante equivalente ao valor investido, para a aquisição de áreas ou empreendimentos da Codego.

Reforço
A Assembleia aprovou em primeiro votação, também na quarta-feira, o projeto de autoria do governo, que convoca policiais militares do Estado de Goiás que estão na reserva remunerada para retornarem ao serviço ativo.

Porquê
Justifica o texto que a convocação é necessária para suprir a falta de policiais para atuar nos edifícios dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, do Ministério Público Estadual, e do Tribunal de Contas do Estado. Todos os militares convocados são livres para aceitar ou rejeitar o chamado do Estado.

Conectados
Foi aprovado em última votação o projeto de lei do vereador Tiãozinho Porto (Pros) que obriga a disponibilidade de wi-fi nos prédios de órgãos e instituições públicas ou particulares que prestem serviço ao Poder Público, onde o prazo de espera para o atendimento seja superior a 30 minutos.

Funcionamento
O acesso à rede deverá ser livre nos primeiros 30 minutos. Depois, o usuário deve cadastrar o CPF e uma senha no próprio órgão. Este deverá oferecer um serviço de qualidade, que suporte o volume de acessos de maneira satisfatória.

Prazo
O projeto de lei segue agora para sanção do prefeito Iris Rezende. Depois disso, as instituições atingidas pela nova regra terão 120 dias, a partir da publicação da lei, para iniciar o serviço aos usuários.

Acabou
O Tribunal de Justiça de Goiás arquivou processo penal contra o ex-senador Demostenes Torres no último dia 14 por ausência de provas lícitas. A ação julgava supostos crimes cometidos por Demostenes, investigados pela operação Vegas e Monte Carlo, esta última desencadeada em 2012.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here