Fábio Sousa: “Minha posição estava tomada faz tempo”

0
837

Marcione Barreira
marcionebarreira@gmail.com

Único do PSDB de Goiás a votar favorável ao prosseguimento da denúncia contra o presidente Michel Temer, o deputado federal Fábio Sousa (PSDB) é voz destoante dos demais integrantes da legenda em Goiás em relação ao chefe do Executivo nacional. Sua postura não chega a ser surpresa. O deputado integra os chamados cabeças pretas, ala do partido contrária à permanência da legenda no governo Temer e se posicionou, desde o início, contrário a idéia do PSDB de participar do governo. Ao votar contra o relatório que pediu a absolvição de Temer, Sousa se juntou a outros 20 tucanos que seguiram o mesmo caminho. “Minha posição estava tomada desde muito tempo”, disse. Sobre a situação interna do partido, o deputado disse não ter tido qualquer problema em decorrência de sua posição. “O PSDB é um partido que respeita a ordem democrática. Respeita a opinião daqueles que fazem parte do seu quatro”, afirmou. Após conseguir barrar a denúncia, o presidente Michel Temer deve ter mais problemas nos próximos dias com o oferecimento de nova denúncia contra ele, desta vez por obstrução de justiça. Para Fábio Sousa, o fato é lamentável. “Tudo indica que mais uma denúncia virá e eu lamento que um presidente da República esteja em tal situação, mas a lei tem que ser cumprida”, destaca. Fábio Sousa também defendeu que o presidente licenciado do PSDB, senador Aécio Neves, renuncie à presidência da sigla e se defenda das acusações que sofre em nome da recuperação da credibilidade da legenda. “Acho que ele tem que renunciar. Ele não pode levar o partido a reboque. O PSDB precisa recuperar sua credibilidade”, afirma Sousa.


“A decisão soberana do parlamento é uma conquista do estado democrático, da força das instituições e da própria Constituição”

Presidente da República Michel Temer em declaração após rejeição da denúncia contra ele na Câmara dos deputados oferecida pelo procurador geral Rodrigo Janot.


Rápidas

O governador Marconi Perillo inaugurou no final da semana mais uma agencia do Vapt Vupt em Goiás. É a 79ª e já está funcionando na região Leste.

Pesquisa interna realizada pelo HUGOL, Hospital de Urgências Governador Otávio Lage, mostra que 97% dos usuários estão satisfeitos com o serviço.
O presidente da Câmara Municipal de Goiânia afirmou que está previsto no Termo de Ajustamento de Conduta da Câmara a realização de concurso público para a casa.

Segundo Andrey Azeredo (PMDB), a divulgação do edital para o certamente deverá ocorrer até o final deste ano.


Homenagem
A Polícia Militar do Estado de Goiás foi homenageada na quinta-feira, 3, em sessão especial do Senado Federal, pelos seus 159 anos. “São homens e mulheres que diariamente colocam em risco suas próprias vidas em defesa da sociedade”, afirmou o secretário de Segurança Pública e Administração Penitenciária, Ricardo Balestreri.

A iniciativa foi dele
O senador Wilder Morais (PP), que solicitou a honraria, ressaltou que a Policia Militar goiana é exemplo para todo o Brasil e tem um quadro dos mais competentes do país. “É uma corporação que se destaca nacionalmente e possui um efetivo extremamente qualificado”, disse.

Presença
Também esteve na homenagem a senadora Lúcia Vânia (PSB). Lúcia destacou que a PM é motivo de orgulho para os goianos e os classificou como heróis da população. “Os policiais militares de Goiás têm compromisso com o serviço e a proteção da população. São verdadeiros heróis”, disse.

Agora é lei
O prefeito Iris Rezende (PMDB) sancionou lei que obriga estabelecimentos públicos e particulares a disponibilizarem acesso à internet por wifi quando o tempo para o atendimento foi superior a 30 minutos. A fiscalização será feita pela Agência de Regulação, Controle, Fiscalização de Serviços Públicos de Goiânia (ARG).

Esclarecimentos
O presidente da Agência Municipal de Turismo, Eventos e Lazer (Agetul), Alexandre Magalhães, responsável pela administração do Parque Mutirama, esteve na Câmara Municipal na quinta-feira, 3. Ele foi enfático ao dizer que uma perícia técnica e científica vai apurar todos os problemas do Parque Mutirama.

Cobrança
Após a exposição de Magalhães, alguns vereadores lamentaram a fala e disseram não terem ficado satisfeitos com as explicações consideradas evasivas. O vereador Jorge Kajuru (PRP) informou que há uma ação judicial contra o prefeito Iris Rezende e Alexandre Magalhães, exigindo o pagamento de indenização a quatro feridos, dois adultos e duas crianças.
Com segurança total
O presidente da Agetul esteve no legislativo a convite do vereador Elias Vaz (PSB). Antes de finalizar sua fala, Magalhães garantiu: “O Parque só será reaberto com segurança total. Para tanto, a inspeção técnico-científica será feita. Vamos contratar novos engenheiros para fazer essa manutenção, que era precária. Reafirmo vamos zelar pela segurança”.

Mais Mutirama
O vereador Alisson Lima (PRB) pediu ao prefeito Iris Rezende (PMDB) a privatização do Parque Mutirama. Segundo o vereador, os constantes escândalos de desvios de verbas, a defasagem do parque e o recente acidente constatam essa necessidade. “Acredito que a privatização seja o melhor caminho”, disse.

Mané de Oliveira
Em meio aos discursos de apoio e ataque ao presidente Michel Temer (PMDB-SP), na Assembleia Legislativa, o deputado Mané de Oliveira fugiu de sua postura habitual contida e afirmou diretamente para a deputada Isaura Lemos (PCdoB), mas sem citar seu nome, que tem consciência de que o PCdoB e o PT colocaram o Brasil na maior crise da história.

Abre aspas
Ao defender a permanência do chefe da república Mané destacou: “Dos males o menor. A permanência do Temer significa que vai ter uma continuidade, vai mostrar que nós podemos, até 2018, recuperar um pouco do desastre feito pelo PT no país”, disse o deputado.

Contra TemeP3-3-FOTO-PAULO JOSE 07-01-15 (23)r
O deputado estadual José Nelto (PMDB – foto) disse que se estivesse em Brasília, na votação que livrou Temer do encaminhamento do processo ao STF, seria considerado um rebelde. “O presidente precisa ser investigado, para que sirva de exemplo para os futuros governantes. Eu votaria contra a permanência do presidente Temer e sei que o Brasil ainda vai pagar caro por deixá-lo no cargo”, criticou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here