O CEI funciona por meio da parceria entre a Prefeitura de Goiânia e o Governo do Estado de Goiás

Unidade é fruto de parceria entre o Tribunal de Contas do Estado de Goiás e governo estadual

Lívia Máximo

A Prefeitura de Goiânia tem mais um motivo para comemorar em relação a ampliação de vagas na Educação Infantil. Na última semana, o prefeito de Goiânia, Iris Rezende, ao lado do vice-governador do Estado de Goiás, José Eliton, inaugurou o Centro de Educação Infantil (CEI) Suely Paschoal, localizado no Setor Jaó.
A nova instituição foi construída com recursos do Tesouro Estadual, em parceria com o Tribunal de Contas do Estado de Goiás (TCE-GO), e tem capacidade para atender cerca de 80 crianças com idade entre seis meses e cinco anos e 11 meses.
Satisfeito com mais uma obra de ampliação na Educação Infantil de Goiânia, o Prefeito da Capital ressaltou que a unidade é a prova do esforço do poder público para bem atender a comunidade.
“Estamos resolvendo o problema à duas mãos, o Estado, que entrou com recurso para obra; e a Prefeitura, que manterá o funcionamento. E assim vamos seguindo, sempre com o objetivo de expandir ainda mais a quantidade de Cmei em Goiânia, nossa intenção é fazer com que todas as crianças que precisam estejam bem servidas, devidamente atendidas”, afirmou Iris Rezende.
Para o vice-governador, José Eliton, o Cei também é resultado de um esforço coletivo, que beneficiará os funcionários do TCE, assim como a comunidade da região.
“É um exemplo de colaboração entre partes, onde a maior beneficiada é a população. É um modelo a ser seguido por todos aqueles que têm a obrigação de atuar em favor da população, tanto no Estado, quanto no Município”, declarou.
Com espaço amplo, a edificação possui área de 428 metros quadrados, quatro salas de aula, pátio coberto, cinco sanitários infantis com acessibilidade, sala de repouso, berçário com higienização, playground coberto, refeitório, cozinha e despensa. Também possui área administrativa, com diretoria, secretaria, sala dos professores, banheiro de funcionários e área de serviço.
“Está tudo pronto e começamos o atendimento amanhã, à medida que as crianças forem chegando”, afirmou a diretora do CEI, Marília Melo.
Cecília dos Santos é mãe do pequeno João Marcelo T. S. Cavalcante Barbosa, de um ano e oito meses, já matriculado na instituição. Para ela, um alívio saber que o filho será atendido em um local com qualidade.
“Me tranquiliza muito. Sei que aqui ele será bem assistido, terá uma boa equipe para acompanhamento diário em todos os sentidos, principalmente no pedagógico. Essa confiança me deixará mais tranquila para trabalhar”, comemorou.
Sobre os planos para a Educação Infantil na Capital, o secretário de Educação e Esporte, Marcelo Costa, assegurou que novidades estão por vir em relação à ampliação de vagas.
“Estamos somando com esta inauguração e com a próxima, prevista para o fim do mês, cerca de 2,8 mil novas vagas, o que reduz consideravelmente o nosso deficit em relação ao que tínhamos n início do ano. Ainda estamos adotando medidas rápidas, buscando parcerias, criando bolsas, salas alternativas para colocar ainda mais vagas à disposição muito em breve. Isso nos ajudará a dar um reforço muito grande. Estamos satisfeitos com os progressos nesta gestão, pois o goianiense merece”, pontuou o secretário.

Homenagem
O nome do CEI é uma homenagem à ex-servidora do TCE Suely Paschoal, que atuou no órgão fiscalizador e à Assessoria de Cerimonial. Suely também era cantora e dedicou-se ao ensino de música, com atividades destinadas às crianças, incluindo campanhas junto à ala infantil do Hospital Araújo Jorge.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here