Doria diz que tem lado: “e o meu lado chama-se Marconi Perillo”

0
916

Prefeito de São Paulo afirmou que apoia Marconi para a presidência nacional do PSDB e ainda recebeu título de cidadão goiano na Assembleia Legislativa


Da Redação

O dia do prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), foi movimentado, mas fora da cidade que governa. O chefe do executivo paulistano recebeu na Assembleia Legislativa de Goiás o título de cidadão goiano e participou do Fórum Gestão Goiás. A proposta da homenagem partiu do presidente da Casa, deputado José Vitti (PSDB).

Em entrevista à imprensa, o Doria foi enfático ao dizer que apoia o nome do governador Marconi Perillo para a presidência nacional do PSDB. “Tem o meu apoio total. Eu já manifestei isso em São Paulo, e volto a reafirmar aqui. Eu tenho lado, e o meu lado chama-se Marconi Perillo”.

As eleições para a Executiva Nacional do partido estão previstas para daqui a 40 dias. O nome de Marconi tem sido lembrado para ocupar a presidência da sigla. Ele tem afirmado em entrevistas que leva em consideração a estima dos líderes do PSDB, e que preza pela unidade do agrupamento.

O prefeito de São Paulo também comentou sobre a escolha do nome da legenda para a Presidência da República, em 2018, e disse que defende as prévias. “O que eu defendo fundamentalmente é o respeito a este rito. Nós precisamos de serenidade, equilíbrio e pacificação no Brasil para podermos avançar. Não podemos ter um País convulsionado para discutir qualquer tema”, disse.

Trocas

Os dois tucanos assinaram três protocolos de intenções para transferência de tecnologias entre o Governo de Goiás e a Prefeitura de São Paulo. Os termos foram celebrados durante o Fórum de Gestão Goiás, evento organizado pelas entidades que compõem o Fórum Empresarial de Goiás, realizado no Castro’s Hotel. O tema debatido foi a inovação e a eficiência na administração pública.

O Governo de Goiás transferirá para a Prefeitura de São Paulo tecnologias e dados relacionados aos programas Conecta SUS e Goiás Mais Competitivo e Inovador (GMCI). A Prefeitura de São Paulo, por sua vez, vai repassar tecnologia para a implantação, pelo governo estadual, do programa Corujão, que consiste na utilização de espaços de clínicas e hospitais privados no período noturno para realização de exames diagnósticos, atendendo a população de baixa renda.

Marconi Perillo - Fórum Gestão Goiás - Foto Humberto Silva (Político) (3)

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here