Imprensa nacional destaca favoritismo de Marconi na escolha do novo presidente do PSDB

0
650

Goiânia, 27 de outubro de 2017 – Os principais veículos de comunicação do País voltam a destacar nesta sexta-feira (27/10) o favoritismo do governador Marconi Perillo na preferência dos tucanos para o comando do PSDB nacional. A defesa do nome de Marconi para a presidência do diretório nacional vem ganhando força entre os líderes e a base do partido, relatam jornais e sites nacionais e de Goiás, que revelam as articulações do governador em prol da construção do consenso, em nome da construção de um amplo e consistente conjunto de propostas, pactuado com a população, para a disputa pelo Palácio do Planalto no ano que vem.

O jornal O Globo menciona Marconi Perillo como provável novo presidente do PSDB em 2018. O noticiário ressalta que Marconi não quer disputa, mas uma solução amigável para que o partido construa uma aliança forte para a eleição presidencial visando o futuro do Brasil. O perfil conciliador de Marconi, construído ao longo de seus quatro mandatos, vem ganhando destaque na mídia. “O presidente interino do PSDB, senador Tasso Jereissati, sabe que tem um adversário poderoso, o governador Marconi Perillo, que tem o apoio de governadores e parlamentares”, diz O Globo.

O jornal O Globo ressalta ainda que a referência por Marconi ganhou ontem “forte impulso” depois que o governador Geraldo Alckmin disse, ao lado do colega Marconi Perillo, que o senador Aécio Neves, atual presidente, deveria ficar no posto e conduzir a transição. “Perillo já se colocou como candidato, e Tasso contava com o suporte de Alckmin para tirar de Aécio Neves o controle partidário. Na semana que vem, ele deve anunciar sua decisão”, diz o jornal.

A Folha de S. Paulo afirma que o governador de Goiás prega unidade interna, além de mostrar confiança da permanência de Doria no PSDB, mesmo caso “não veja seu projeto presidencial” garantido. “Meu trabalho sempre foi pela unidade dos partidos e se, me couber esse desafio (de presidir o PSDB), vou trabalhar de corpo e alma para ajudar na construção da vitória e da unidade interna”, disse Perillo, informa o jornal.

O Popular destaca declaração do governador segundo a qual “não quer briga”, mas que busca consenso na candidatura à presidência da sigla em dezembro. “A candidatura está colocada, mas não vou ficar brigando por isso”, disse o governador em relação a sua possível eleição para presidente nacional do PSDB. “Nesse sentido, Marconi relatou que esteve ontem com o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, e depois se reuniu com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso”, diz o diário goianiense.

O Valor Econômico afirma que o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, ao receber a visita de Marconi, seguiu a linha da conciliação proposta pelo governador de Goiás: “Eu não sei se tanto o Marconi quanto o Tasso efetivamente serão candidatos. Eu vou fazer o máximo para buscar a convergência no partido”, disse o governador de São Paulo, relata o jornal.

O Valor destaca elogios de Tasso à liderança de Marconi, assim como O Globo. “Marconi é uma liderança importante. Representa uma corrente dentro do PSDB e tem toda legitimidade para se candidatar”, diz Jereissati na edição de hoje do jornal carioca. O Correio Braziliense relata que “o governador de Goiás, Marconi Perillo, estará na próxima segunda-feira em Brasília para traçar um roteiro de viagens e conversas dentro do PSDB”. De acordo com o texto, “é a largada da campanha para presidir o partido. Aliás, a candidatura de Perillo foi anunciada há meses pela coluna. O opositor é o senador Tasso Jereissati, que hoje responde oficialmente pelo tucanato”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here