Caiado defende PEC que deve atrair médicos para o interior do País 

0
161
Foto divulgação

O senador Ronaldo Caiado (DEM) participou, nesta quinta-feira, 16, da abertura do Congresso Brasileiro de Ortopedia e Traumatologia, realizado em Goiânia. Em seu discurso, o líder do Democratas no Senado afirmou que a corrupção impacta negativamente a saúde, citando a má gestão e medidas populistas como causadores de problemas na saúde que dificultam o exercício da Medicina no Brasil. O senador defendeu a sua Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que cria a carreira de Estado para os médicos atuarem no interior.

Foto divulgação
Foto divulgação

Caiado avalia que há uma grande concentração de médicos nas cidades grandes, deixando as cidades menores sem profissionais da medicina. Uma das soluções para o problema, segundo ele, é a criação de uma carreira de Estado para o médico, que vai oferecer uma carreira com dedicação exclusiva, determinação de um piso salarial mínimo, estabilidade e aposentadoria.

“É uma PEC de minha autoria que está tramitando no Congresso para fazer com que o colega médico possa ir para o interior com garantias”, explicou o senador, salientando que tem a expectativa de que a emenda seja apreciada ainda neste ano.

Foto divulgação
Foto divulgação

Ao final de seu discurso, o senador também fez um alerta para a classe médica, pedindo união e conscientização política. Segundo ele, é preciso que a classe se envolva na eleição de 2018 para eleger representantes que tenham compromisso com a saúde.

Além disso, o senador também cobrou fiscalização dos próprios médicos com comportamentos classificados por ele como incompatíveis com o exercício ético da medicina. Segundo ele, excesso de exames e procedimentos, prescrição sem necessidade de remédios com custo elevado e a participação de médicos em esquemas são exemplos que devem ser combatidos.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here