Gênero, sexualidade e raça são pauta do II Seja na UEG

0
1054

O curso de Cinema e Audiovisual da Universidade Estadual de Goiás (UEG) realiza a partir desta quarta-feira, 22, até a sexta, 24, a segunda edição do SEJA – Gênero e Sexualidade no Audiovisual, no Campus Goiânia Laranjeiras e na Vila Cultural Cora Coralina.

A proposta é fortalecer no meio acadêmico um espaço de discussão para questões de gênero, raça e sexualidade, utilizando o audiovisual como ferramenta política, a programação traz conferência, mesas-redondas, oficina, minicursos, comunicações orais, mostra audiovisual e debates.

O II SEJA configura-se como um evento científico e cultural que busca, por meio de um diálogo entre estudantes, docentes, a população local, pesquisadores, ativistas de grupos LGBT e realizadores e profissionais do audiovisual, problematizar a produção de imagens no cinema, no audiovisual e no campo das artes, especialmente no que concerne às representações dos corpos, das relações de gênero, das sexualidades e suas intersecções com outros marcadores sociais como raça, classe e geração.

Também nesta edição do evento estão presentes questionamentos e críticas ao modelo eurocêntrico e heteronormativo ainda predominante na cultura, na produção de conhecimento e nas práticas cotidianas.

A abertura do II SEJA, dia 22, às 10 horas tem a conferência “Soberania do sexo nas telas: cultura audiovisual, performances e narrativas (des)enquadradas pelo tempo”, com a professora e pesquisadora  Karla Bessa, do Núcleo de Estudos de Gênero PAGU, da Unicamp. Outras duas mesas redondas, na quinta (23) e na sexta (24) vão reunir artistas, estudiosos e profissionais do audiovisual na discussão de temas como a produção das imagens e as representações LGBT em novos formatos e estratégias de distribuição.

A programação conta com dois minicursos “Gênero, cinema e ditadura” e “Cinema Negro no Feminino”, que serão oferecidos respectivamente pelas professoras Alcilene Cavalcante (UFG) e Edileuza Penha de Souza (UnB);e uma oficina de “Lambe Lésbico”, com as artistas Alyssa Volpini e Julianna Motter (UnB).

Outro destaque é a mostra audiovisual, que é uma itinerância do Festival Curta O Gênero, de Fortaleza/CE e será realizada na Vila Cultural Cora Coralina todos os dias dos eventos, com sessões à tarde (a partir das 14 horas) e à noite (às 19 horas), com curtas de diretoras/es de diversas regiões do país. O longa São Paulo em Hi-fi , do diretor Lufe Stefen abre a mostra, que conta ainda com produções de estudantes e egressos do curso de cinema e audiovisual da UEG, selecionadas e exibidas em festivais e mostras.

Após a exibição dos filmes à noite, serão realizados debates, com destaque para o de quinta-feira, 23, sobre Visibilidade Trans. A exibição de um curta sobre o Grupo Colcha de Retalhos (primeiro grupo LGBT criado na Universidade Federal de Goiás) e uma homenagem a um de seus fundadores, o jornalista Lucas Fortuna (assassinado em 2012, vítima de homofobia) integram a última noite do evento.

Todas as atividades do II SEJA são gratuitas e as/os participantes que desejarem receber certificado online é cobrada uma taxa de 20 reais. Essa segunda edição do evento conta com o apoio da Belcar Caminhões, do Café Cariño, da P di Pizza, do Restaurante Panela Mágica e da Vila Cultural Cora Coralina.

SERVIÇO

II SEJA –  Gênero e Sexualidade no Audiovisual | 222 a 24 de novembro de 2017

Locais de realização: UEG – Campus Laranjeiras, Vila Cultural Cora Coralina

Contato: Prof.ªCeiça Ferreira (Coordenação): 62 99848-2122 | Bruna Chamelet (Produção): 62 99266-2958

Programação completa: www.sejaueg.wordpress.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here