Alunos voluntários da UFG ensinam disciplinas de exatas para crianças hospitalizadas

0
1400
Ação faz parte de projeto que reúne 45 estudantes de Engenharia para visitas diárias em hospitais de Goiânia. Foto: José Olímpio de Siqueira

O dia 5 de dezembro é comemorado internacionalmente como o Dia do Voluntário. Consciente de que esta data deve ser lembrada durante todo o ano, a Universidade Federal de Goiás (UFG) desenvolve o projeto de extensão Ensinando a Aprender, em que estudantes dos cursos de Engenharia ensinam disciplinas da área de exatas aos pacientes internados no Hospital das Clínicas e Hospital Araújo Jorge, em Goiânia, sem receberem nenhum tipo de contrapartida financeira. Como o próprio nome do projeto já indica, os alunos acabam aprendendo bem mais do que ensinam.

O projeto, idealizado pelo professor da Escola de Engenharia Civil e Ambiental da UFG (EECA), Emiliano Godoi, conta com 45 alunos cadastrados, que realizam de cinco a oito visitas hospitalares por semana. Segundo o docente, novas vagas serão abertas para os demais cursos da Universidade. “Nosso maior objetivo é formar profissionais capacitados não somente tecnicamente, mas também detentores da boa vontade, compaixão por meio da partilha de conhecimento, amor, carinho e esperança”, afirma Emiliano Godoi.

O projeto é realizado por meio de uma parceria entre a EECA, o Núcleo de Atendimento Educacional Hospitalar, da Secretaria Estadual de Educação, e os hospitais atendidos. A expectativa é que a cada semestre, 180 pessoas sejam atendidas pelo projeto de extensão. Milvo Domenico, aluno do curso de Engenharia Ambiental e Sanitária, considera a sua participação no projeto enriquecedora, não só pelo conteúdo ensinado, mas pelo significado para o público atendido.  “Nós achamos que vamos ensinar algo para os pacientes, mas é a gente quem aprende. Saímos de lá impactados por eles”, emocionou-se.

Suprir lacuna

A proposta, denominada Pedagogia Hospitalar, é mantida em diversas instituições de saúde com o intuito de garantir o direito de crianças, adolescentes e adultos, que estão em situação especial de saúde, a continuarem seus estudos. Este atendimento pedagógico é fundamental para a manutenção da dignidade nos pacientes, mas encontra cotidianamente o desafio de atender um público extremamente variado em faixa etária e nível de escolaridade.

A iniciativa do projeto Ensinando para Aprender responde a esta lacuna vivenciada diariamente pelos pedagogos no ensino de disciplinas como física, química e matemática. Os estudantes que atuam como tutores das matérias são orientados pelos pedagogos que já trabalham nos hospitais e ainda têm a oportunidade de reformular sua concepção de valores universais, como a solidariedade.

Serviço

Assunto: Alunos voluntários da UFG ensinam disciplinas de exatas para crianças hospitalizadas

Local: Hospital Araújo Jorge e Hospital das Clínicas/UFG

Contato: Assessoria de Comunicação da UFG: 3521-1311

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here