Goiás na Frente Segurança Pública amplia número de vagas em presídios

0
541
Presídio de Formosa

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSPAP), vai ampliar número de vagas no sistema prisional, segundo consta o cronograma de investimentos do programa Goiás na Frente, uma das iniciativas coordenadas pelo vice-governador José Eliton. São 60 ações em todas as regiões do estado, das quais 57 já estão em andamento e outras três já foram concluídas. Os empreendimentos estão a cargo da Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop).

Entre as atividades estão a construção e revitalização de unidades prisionais, reaparelhamento das forças policiais, investimentos em inteligência e reforço do efetivo. Aquisição de equipamentos e armamentos, projetos de capacitação profissional, oficinas permanentes e ampliação na oferta de vagas em presídios também estão contemplados no programa.

“As ações visam a humanização dos espaços destinados à ressocialização daqueles que cometeram crimes e cumprem pena em unidades de detenção em Goiás”, pontua o vice-governador José Eliton, que ocupou a pasta de fevereiro de 2016 até janeiro desse ano.

Na grande Goiânia, por exemplo, o déficit de vagas será reduzido com a construção de duas unidades penais masculinas para regime fechado. Os empreendimentos têm capacidade de atendimento para 776 internos. Outra obra é ampliação de 300 vagas na Unidade Penal Casa de Prisão Provisória, no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia.

Além disso, será construída uma unidade penal para o regime semiaberto, com capacidade total para 388 apenados. Somente nos dois projetos o governo vai investir cerca de R$ 93 milhões. Outros investimentos, como a construção de tanques de contenção de esgoto fazem parte dos investimentos na unidade.

presidio jatai

Presídio de Jataí

De acordo com o cronograma do programa, além da região metropolitana de Goiânia, todas as demais regiões do estado receberão investimentos. Presídios também serão erguidos ou ampliados em Águas Lindas de Goiás, no Entorno do DF, Caldas Novas, São Luís de Montes Belos, Jataí e Anápolis.

Sobre os investimentos em Segurança Pública, o vice-governador lembra que empreendeu diversos esforços para fortalecer o sistema penitenciário goiano quando esteve à frente da pasta. “As forças policiais do Estado têm capacidade de agir, investigar e prender. O que buscamos é o fortalecimento do sistema prisional. Este empenho para concretização de investimentos precisa ser permanente”, afirma José Eliton.

Outros investimentos

Além dos investimentos em presídios, outras áreas da segurança também serão contempladas com recursos do Goiás na Frente. É o caso, por exemplo, da construção de quartéis policiais, unidades do Instituto Médico Legal (IML) e reaparelhamento das forças policiais: Polícias Militar, Civil e Técnico-Científica e Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás.

Um projeto da SSPAP prevê, ainda, a criação de uma Central de Perícias Papiloscópicas em veículos e demais objetos. A unidade será implantada na sede do Instituto de Identificação da Polícia Civil. Por meio do Goiás na Frente Segurança Pública será realizada a modernização tecnológica das unidades policiais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here