Governo investe R$ 341 milhões em obras para saúde

0
475
O Governo do Estado, por meio do programa Goiás na Frente, investe R$ 341 milhões em obras de construção e ampliação de hospitais e outras unidades de saúde por todo o Estado. Foto Wildes Barbosa

O Governo do Estado, por meio do programa Goiás na Frente, investe R$ 341 milhões em obras de construção e ampliação de hospitais e outras unidades de saúde por todo o Estado. “Somos um governo que constrói e que se preocupa em garantir e ampliar os direitos básicos da sociedade”, afirma o vice-governador José Eliton, coordenador-geral do programa.

Ambulatórios Médicos de Especialidades (Ames), Hospitais Regionais, Centros Estaduais de Referência e Excelência em Dependência Química (Credeqs) e outras unidades contemplam o pacote de 19 obras na área de saúde.

Um dos principais empreendimentos é a de construção do Hospital Regional de Uruaçu, que conta com investimentos de R$ 55 milhões. A unidade contará com 290 leitos, banco de leite, atendimento médico de urgência, emergência e obstetrícia, banco de sangue, auditório com 150 lugares e heliporto.

O novo hospital atenderá demandas de todo o Norte goiano. “É uma obra de extrema importância para a região. Será uma unidade de saúde moderna e, com certeza, referência em atendimento”, garante o vice-governador, que vistoriou o empreendimento.

Outra obra importante é a construção do Hospital Regional de Águas Lindas de Goiás, que está com 80% da estrutura física concluída, e que foi vistoriado recentemente pelo vice-governador José Eliton. Com investimentos de R$ 17,5 milhões, a unidade deve ser entregue à população em junho do próximo ano e vai atender municípios goianos localizados na região do Entorno do Distrito Federal.

Serão 107 leitos, 32 UTI’s (adulto, infantil e neonatal), 11 leitos de emergência e recuperação, oito salas cirúrgicas, além de 22 consultórios, central de exames e laboratório de análises clínicas. “Este é um antigo sonho da comunidade que o governador Marconi Perillo e eu entregaremos”, ressalta José Eliton.

Também está prevista a retomada da construção do Hospital de Santo Antônio do Descoberto, iniciada há cerca de 15 anos, e que era de responsabilidade do município. O investimento do Goiás na Frente é de R$ 6,3 milhões.

Ainda no Entorno do Distrito Federal, o Goiás na Frente também prevê a construção do Hospital Regional de Valparaíso de Goiás, com investimentos de R$ 50 milhões.

O Hospital de Urgências da Região Noroeste de Goiânia Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol), que já é referência em atendimento, passa por obras de expansão. “É, sem dúvida, o maior programa de investimentos em curso no Brasil”, diz José Eliton.

Ainda na Capital, o Hospital de Doenças Tropicais (HDT) passa por reforma com investimentos de R$ 19,3 milhões. Também em Goiânia, está sendo construída a Central de Odontologia, cujo investimento é de R$ 2,4 milhões.

 

Mais obras

Outros empreendimentos da área de saúde estão sendo realizados. Em construção, Ambulatórios Médicos de Especialidades (Ames) em Formosa, com investimentos de R$ 8,2 milhões, Goianésia (R$ 8,2 milhões), Cidade de Goiás (R$ 8,4 milhões), Posse (R$ 8,4 milhões), Quirinópolis (R$ 8,4 milhões) e São Luís de Montes Belos (R$ 8,2 milhões).

Pelo Goiás na Frente, também estão as obras de construção dos Centros de Excelência em Dependência Química (Credeqs) de Caldas Novas (R$ 28,2 milhões), Morrinhos (R$ 24,6 milhões), Quirinópolis (R$ 28,9 milhões) e Goianésia (R$ 22,3 milhões).

O Hospital de Urgência de Anápolis (Huana) também passa por reforma. O investimento é de R$ 12,5 milhões. Por fim, Posse também terá o Hospital Municipal reformado, com a construção do Hemocentro, com investimento de R$ 1 milhão. “Somos um estado protagonista no Brasil, referencial em todos os setores, inclusive na saúde. Goiás vive um novo ciclo virtuoso de progresso e estamos preparando o Estado para um novo salto de desenvolvimento”, celebra Zé Eliton.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here