Governo entrega de laboratório veterinário na UEG

0
11889
Foto: Marco Monteiro

O governador Marconi Perillo afirmou nesta quinta-feira, 14, ao entregar o novo laboratório de pesquisa veterinária do câmpus da Universidade Estadual (UEG) de São Luís de Montes Belos, que os investimentos realizados na instituição em suas administrações integram as ações e obras do Governo de Goiás para distribuir e equilibrar o desenvolvimento econômico e humano pelas diferentes regiões do Estado. “Os meus governos priorizaram o desenvolvimento regional equilibrado e é justamente o que estamos fazendo aqui e nos últimos dias com esse pacote de investimentos na UEG”, disse.

Marconi Perillo entregou na manhã desta quinta-feira, em São Luís dos Montes Belos, o novo prédio e 14 laboratórios do Centro de Ensino e Pesquisa Animal e Vegetal (CEPAV) da UEG, com investimento de R$ 7 milhões. Atendendo a pedidos da direção da UEG, o governador também anunciou seis novas vagas para o curso de Medicina Veterinária no Câmpus da cidade, além das 25 vagas para Direito e 15 para Medicina, que já haviam sido anunciadas.

“Há cinco anos fiz o compromisso de que teríamos, na UEG de São Luís de Montes Belos, um dos melhores laboratórios de zootecnia, veterinária e biotecnologia do Brasil. À época, parecia só uma promessa, um discurso”, disse Marconi. “Havia também a preocupação de que os investimentos fossem levados, em sua maioria, para o campus de Palmeiras, mas não. Hoje posso dizer que os da UEG de São Luís são muito maiores do que a UEG de Palmeiras e outras, porque, como já disse, meus governos priorizam o desenvolvimento regional equilibrado”, afirmou.

Marconi frisou que o curso de Medicina Veterinária da UEG é, hoje, o mais procurado do Brasil. “Foram mais de 54 candidatos por vaga no primeiro vestibular. No segundo, 45. Fizemos uma parceria com a Universidade de Liège, na Bélgica, que nos ajudou a implantar um curso referência, transformando o campus São Luís em um dos mais respeitados de Goiás e com estrutura que é referência no Centro-Oeste brasileiro”.

Marconi destacou que a UEG se consolida pela qualidade do que é ofertado. “A nossa briga, no bom sentido, tem que ser transformar a nossa UEG quantitativa e, especialmente, qualitativamente em uma das mais importantes universidades do Brasil e do mundo. Esse tipo de convênio com uma universidade belga nos ajudará muito a conquistar este espaço.”

A UEG já entregou, desde a sua criação, em 1999, cem mil diplomas. “Se nós somarmos com as 190 mil bolsas universitárias que vamos completar no início do ano, nós chegaremos a 290 mil estudantes beneficiados por apenas dois programas dos nossos governos”, afirmou o governador, sob aplausos da comunidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here