Últimas semanas da exposição “Como é a pintura, a poesia é”

0
7954
Foto divulgação

Um acervo contendo colagens, desenhos, esculturas e instalações do artista mineiro Luiz Martins está disponível ao público na Galeria do Centro Cultural UFG. As obras fazem parte da mostra

“Como é a pintura, a poesia é”, um convite à desconstrução do olhar. Vindo de uma temporada de projetos realizados em países como Itália, Áustria e Portugal, o artista apresenta em Goiânia

um projeto de leituras visuais que faz uso dos pontos de vista do observador em interação de sentidos e reflexões variadas.  “Quero que as pessoas venham abertas, tenham seus embates e tirem suas conclusões”, convida. Ao todo, são 25 criações que resultam de séries feitas em momentos distintos de sua trajetória e tecem comentários sobre política, cultura, religião, cidades e territórios.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here