Mais de 300 famílias participam do sorteio de endereços de apartamentos do Residencial Nelson Mandela

0
2777
Foto: Sérgio Willian

Com participação de 306 beneficiários contemplados com moradias no Residencial Nelson Mandela, no Conjunto Vera Cruz II em Goiânia, a Agência Goiana de Habitação (Agehab) e Caixa Econômica Federal realizaram na tarde desta quarta-feira (17) o segundo sorteio de endereços dos apartamentos. O sorteio aconteceu no ginásio da Escola Estadual Edmundo Rocha, na vizinhança do residencial, que está em fase de conclusão. O governo Marconi Perillo participa da construção do empreendimento com recursos do Cheque Mais Moradia.

A primeira beneficiária a ter o endereço sorteado foi Débora Souza, 28 anos, cadeirante que atualmente mora de aluguel com o marido e o filho de dois anos. Ela comemorou muito a conquista da casa própria. “Durante nove anos eu esperei por essa oportunidade. Esse apartamento tirou um peso enorme das minhas costas. Minha vida mudou. Agora minha família terá mais oportunidade e segurança”, contou Débora.

O momento de saber o endereço da futura moradia é um dos mais aguardados pelos beneficiários. Caso de Joaquim Rodrigues da Silva, que não estava conseguindo dormir nos últimos dias de tanta ansiedade, desde que recebeu a convocação da Agehab para o sorteio dos endereços. Ele completa 80 anos em fevereiro próximo e não se contém de alegria pela conquista da primeira casa própria. “Perdi minha esposa há cinco anos. Infelizmente ela não está aqui para comemorar com nossa família esta conquista. A coisa mais importante do mundo é ter um cantinho pra gente morar. Até que enfim a minha hora chegou”, disse Joaquim, com renda de apenas um salário mínimo proveniente da LOAS. Ele vai morar no Residencial Nelson Mandela com quatro dos oito filhos. Na solenidade do sorteio, ele foi acompanhado do filho Roberto Souza, de 60 anos, que também vai morar com o pai.

A costureira Débora Batista, 30 anos, disse que ficou sabendo das inscrições para os apartamentos do Residencial Nelson Mandela pela tevê e nem acreditou quando foi sorteada. Ela vai morar no apartamento com o marido Daniel, de 41 anos, e dois filhos. “Todos nós sabemos da importância da moradia em nossas vidas. Fico muito feliz em ver que o meu maior sonho tornou-se realidade. Agora, nós pretendemos investir o dinheiro que seria do aluguel na educação e saúde de nossos filhos”. Assim como os outros beneficiários convocados, a costureira sorteou o próprio endereço e agora aguarda convocação para a vistoria do seu apartamento.

Depois dos endereços sorteados, a Caixa elabora os contratos de financiamento dessas famílias, que vão pagar prestação de R$ 80,00 a R$ 270,00. A próxima fase será a convocação pela Agehab para a vistoria dos apartamentos, etapa que precede a entrega das chaves. Essas famílias serão chamadas pela Agehab para reunião na sexta-feira (19/1) de orientação sobre a gestão condominial. E no período de 25 a 27 de janeiro para a eleição dos síndicos dos condomínios que vão ocupar. Foram convocados para este segundo sorteio beneficiários que não compareceram ao primeiro grande sorteio, ocorrido em agosto último no Ginásio Goiânia Arena, famílias com cadastros aprovados posteriormente pela Caixa e cadastro de reserva convocado.

A conclusão da primeira etapa do Residencial Nelson Mandela, com 1.616 apartamentos, segundo o presidente da Agehab, Luiz Stival, é uma vitória para o Governo de Goiás. “Este empreendimento atende as famílias que mais precisam. O aporte de recursos do Governo de Goiás permitiu prestações acessíveis às famílias. Tivemos um processo seletivo com a participação de mais de 60 mil pessoas, com total transparência e acompanhamento do Ministério Público Federal para assegurar que essas moradias fossem destinadas às famílias que realmente precisam”, salientou Luiz Stival, acrescentando que a Agehab atua agora para fechar a contratação de mais 3 mil unidades para o Residencial, que está sendo construído em várias áreas que pertenciam à Agência no Conjunto Vera Cruz.

Luiz Stival destacou ainda o empenho da Agehab em cumprir a determinação do governador Marconi Perillo na redução do déficit habitacional no Estado. “Estamos bem adiantados com o processo de contratação de novas moradias. A meta é chegar ao final do ano com mais 30 mil unidades contratadas para atender todos os 246 municípios”, informou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here