Linha Direta | Daniel: “Chance de composição com PSDB é zero”

0
2056

Logo Linha DiretaDemorou, mas o pré-candidato ao governo estadual pelo MDB, deputado federal Daniel Vilela, apontou como “zero” a possibilidade de conversa entre seu partido e o PSDB nas eleições deste ano, conforme ventilou o governador Marconi Perillo (PSDB) no final do ano passado em um possível segundo turno das eleições de outubro próximo. “A chance é zero. Inexistente. Somos oposição ao PSDB há 20 anos e os nossos projetos são inversos aos deles. Defendemos uma renovação em meio a uma mudança de governo”, afirma. Esta não é a primeira vez que Marconi sugeriu a possibilidade de aliança com o PMDB. Nas eleições municipais em 2016, o governador ofereceu publicamente o apoio do PSDB à candidatura de Iris Rezende, então candidato a prefeito de Goiânia. De forma polida, Iris recusou a proposta, alegando que seus eleitores não iriam “entender” uma aproximação entre ambos.

Linha Direta 21-01-18-jpg
Clique aqui para ler a coluna em PDF

Tem bala
O secretário extraordinário de Fiscalização do Goiás na Frente, deputado licenciado Talles Barreto (PSDB), garante que o governo tem o dinheiro necessário para pagar as parcelas dos convênios do programa até o final do ano.

Atrasos
Para justificar os problemas enfrentados e os atrasos dos repasses, Talles aponta duas dificuldades: morosidade da burocracia e empecilhos de algumas prefeituras junto ao Tribunal de Contas do Estado. As pendências impedem o recebimento das parcelas.

Alvo
Nesta semana, tanto o deputado federal Daniel Vilela quanto o senador Ronaldo Caiado voltaram a criticar o programa. “Temos um governo que muito promete, assina muito papel e pouco entrega de fato”, disparou o peemedebista.

Sairá do papel
A via que ligará o Polo Empresarial de Aparecida à rodovia GO-020, saída para Senador Canedo, deve sair em breve do papel. Em convênio com a prefeitura de Aparecida, o governo estadual liberou R$ 10 milhões para a realização da obra.

Nada se cria
Em plena campanha a deputado estadual, o vereador Clécio Alves fará um programa voltado aos eleitores na internet, por meio de suas redes sociais. É o vereador/radialista Jorge Kajuru fazendo escola na Câmara Municipal…

“Somos a Justiça que mais julga e a mais eficiente”
Ives Gandra, presidente do TST lembrando que Baldy permanecerá até o fim do mandato

1) Nem tanto…
O deputado Jovair Arantes, líder do PTB na Câmara Federal, não tem se esforçado tanto para defender o nome da deputada Cristiane Brasil, presidente nacional do PTB, na disputa jurídica que se formou em meio à sua nomeação como ministra do Trabalho.

2 Engoliu
O deputado goiano já teve que engolir um sapo enorme ao ter que apoiar publicamente, em nome da liderança da sigla, o nome da colega como indicada pelo partido para a pasta, mesmo não tendo uma boa relação com Cristiane Brasil desde 2015.

3 Disputas
Naquele ano, Cristiane tentou fundir o PTB com o DEM, a contragosto de Jovair. Já em 2016, Cristiane lançou seu nome à presidência da Câmara, enquanto o goiano realizava sua campanha junto a seus pares no Congresso Nacional.

Lucas VergílioEleito
O deputado federal Lucas Vergílio (SDD-foto), que vem flertando com a oposição, tomou posse como presidente do Sincor-GO na última semana. Ele havia sido eleito em novembro passado em chapa única. Lembrando: seu pai, o ex-deputado federal Armando Vergílio, é presidente nacional da Fenacor, foi candidato a vice-governador na chapa encabeçada por Iris Rezende (PMDB) em 2014.

 

Pé do ouvido
O senador Ronaldo Caiado confirma que está conversando com dois partidos de grande importância no cenário estadual. Em breve, irá revelar quais são.

Quem?
Embora ainda não revele, um deles é o PDT da deputada federal Flávia Morais, que, no entanto, vem conversando com todas as frentes. De PT a PSDB.

Cinema
Desde a semana passada cineteatro São Joaquim, da Cidade de Goiás, passou a exibir um filme a cada semana. A iniciativa foi da Seduce. O primeiro filme em cartaz é Duas Irenes.

Aparecidenses
Aparecida aposta na eleição de três deputados estaduais neste ano: Marlúcio Pereira (PSB), Ozair José (MDB) e Max Menezes (PSD). Ezízio Barbosa não concorrerá. Disputa
Cotados para Goiânia e Anápolis, os jogos da seleção brasileira de basquete contra Chile Colômbia, nos dias 22/2 e 25/2, serão realizados em Catalão.

Inauguração
Pesou para a escolha o fato do ginásio ter passado por reforma recente, que custou R$ 12 milhões aos cofres do Estado. O ex-prefeito Jardel Sebba comemorou a escolha.

Linha Direta 21-01-18-midias

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here