Omissão sobrecarrega prefeituras, afirma Daniel Vilela em Alexânia

0
653
Foto divulgação

O pré-candidato do MDB ao governo de Goiás, deputado federal Daniel Vilela, disse nesta quinta-feira (08), em Alexânia, que “a omissão do governo estadual em suas atribuições sobrecarrega prefeituras e penaliza a população”. Acompanhado do pré-candidato a senador pelo MDB, deputado federal Pedro Chaves, Daniel visitou lideranças locais e concedeu entrevista à Rádio Nova Flórida FM, onde disse que Goiás vive um momento de estagnação depois de 20 anos do mesmo grupo político no poder. “Nosso Estado sempre liderou o crescimento do Centro-Oeste, mas nos últimos anos ficou para trás em diversos índices e enfrenta graves desafios. O governo não está conseguindo atender a população e os serviços pioram a cada dia, obrigando os municípios a se sacrificarem para assumir atribuições do Estado”.

O ex-prefeito de Alexânia Ronaldo Queiroz (MDB) contou aos parlamentares emedebistas que, durante sua administração (2013-2016), precisou pagar aluguel de imóvel para a delegacia, combustível de viaturas e horas extras para policiais. “Só assim para garantir o policiamento na cidade”, afirmou Queiroz, que relatou ainda a necessidade de suprir outros serviços que deveriam ser prestados pelo governo estadual. “Esse é um exemplo da má gestão que estamos vendo à frente de Goiás, do cansaço deste governo, e é isso que estamos propondo mudar”, afirmou Daniel Vilela. Na semana passada, o deputado esteve em Mineiros, onde o prefeito Agenor Rezende lhe relatou que além de pagar hora extra para policiais, a prefeitura está investindo R$ 500 mil na reforma do presídio do município.

O pré-candidato defendeu a criação de um fundo para distribuir automaticamente parte da arrecadação do Estado para os municípios, num modelo semelhante ao adotado em Pernambuco. “Alguns governantes têm o péssimo hábito de se utilizar da máquina do governo para pressionar municípios, forçar mudança partidária de prefeito em troca de recursos, e isso é um modelo ultrapassado de política. É preciso acabar com essa truculência e modernizar as relações entre Estado e prefeituras”, afirmou o deputado, que já havia defendido a criação do mecanismo em novembro passado. “Seria uma forma de democratizar os a distribuição dos recursos do Estado, dando mais autonomia e segurança para os municípios decidirem o que é melhor para sua população na hora de fazer investimentos”.

Acompanhados de Ronaldo Queiroz, Daniel Vilela e Pedro Chaves visitaram o venerável mestre da Loja Maçônica União e Justiça, Robson Pacífico. A formatação de um novo modelo de distribuição recursos públicos para garantir atendimento contínuo nos serviços à população também foi o tema da conversa. “O Daniel, com apenas um mandato, conquistou uma posição de destaque no Congresso, o que é uma prova da sua capacidade de trabalho e visão política”, disse Pedro Chaves.

Os parlamentares também se reuniram com lideranças da sociedade e empresariais, em evento organizado por Queiroz. “Vocês já conhecem o deputado Pedro Chaves, que tem contribuído com emendas para o município, agora queremos ele num posto de mais destaque, no Senado, e por isso o MDB está colocando a pré-candidatura dele, que tem um trabalho reconhecido aqui em Alexânia e em tantos outros municípios”, defendeu Daniel Vilela.

Os emedebistas também fizeram visita de cortesia ao prefeito Allyson Silva (PPS). “Allyson tem 32 anos e está à frente de uma importante prefeitura, o que mostra a força e a capacidade da juventude na política”, afirmou o presidente do MDB. Daniel Vilela se colocou à disposição do prefeito para buscar recursos federais para a cidade. “O nosso gabinete, assim como o do Pedro, está de portas abertas para ajudar Alexânia.” O prefeito agradeceu e disse que irá à Câmara dos Deputados em breve para discutir projetos para a cidade.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here