Emedebistas destacam força de Caiado em entrega de título de cidadão em Inhumas

0
1061
Íris de Araújo e Ronaldo Caiado / Foto divulgação

Em cerimônia prestigiada por várias lideranças emedebistas e de outros partidos da oposição, o senador Ronaldo Caiado (Democratas) recebeu na sexta-feira (16/02) o título de cidadão inhumense, honraria conferida pelo vereador Leandro Essado (MDB). No evento – que também agraciou a primeira-dama de Goiânia Íris de Araújo (MDB) e o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg), José Mário Schreiner -, o parlamentar recebeu elogios de emedebistas e até mesmo apoio à sua pré-candidatura ao governo de Goiás.

Em seu discurso para um auditório lotado, o deputado estadual Bruno Peixoto (MDB) destacou a importância do senador para a política goiana. “Senador, conheço a sua trajetória, sua coragem, ousadia e determinação para proteger o nosso Estado. O senhor não tem medo. Se atingir o seu sonho tenho certeza de que os bandidos irão querer fugir do nosso Estado”, disse.

Ao comentar os pedágios que o governador Marconi Perillo (PSDB) está criando em Goiás, Bruno Peixoto fez um pedido ao parlamentar. “Quero pedir que coloque em seu plano de governo a retirada destes pedágios nas rodovias que foram duplicadas com o dinheiro do cidadão”, disse. Em seguida, falou das expectativas em torno de seu nome. “Tenho certeza de que o senhor dará muita alegria ao nosso Estado”, finalizou.

Nome histórico do MDB, o ex-deputado federal Luiz Soyer gravou um vídeo no evento em que defendeu abertamente a pré-candidatura do democrata ao governo de Goiás. “Entendo que Ronaldo Caiado continuando com o índice de aprovação que está tendo de acordo com as pesquisas, temos de chegar a um acordo o mais breve possível, até até 5 de março, para que possamos ter um grande quadro de candidatos a deputados. E se continuar como estão as pesquisas não tenho dúvidas, tem que ser Ronaldo Caiado para governador e Daniel Vilela para vice”, defendeu.

Recepção calorosa

O suplente de senador Luiz Carlos do Carmo (MDB), que foi acompanhado do ex-prefeito de Bela Vista Eurípedes do Carmo (presidente do PSC), afirmou que ficou feliz ao ver a recepção que o senador teve em Inhumas pelo seu partido. “Esse movimento aqui de pessoas ele tem em todo o Estado. Vários companheiros do MDB vieram aqui hoje abraçá-lo e isso é uma vitória muito grande”, comemorou.

Quem também registrou presença no evento foi o ex-deputado José Essado (MDB), que não poupou elogios ao senador. “É uma presença significativa a do senador em nossa cidade. Para nós é uma honra tê-lo no seio da família inhumense por ser um político de envergadura, que tem firmeza e honestidade”, afirmou.

LeandroEssa(E)Caiado(C)JoseEssado(D) / Foto divulgação
LeandroEssa(E)Caiado(C)JoseEssado(D) / Foto divulgação

Ex-prefeito de Inhumas, Dioji Ikeda disse que era justa a homenagem a um homem que tem carinho pela cidade. “Este é um ato de gratidão de Inhumas pelo trabalho prestado pelo senador ao longo de seus mandatos, trazendo benefícios para cá. Nada melhor do que reconhecer esse trabalho com o título e vinculá-lo ainda mais à nossa terra”, falou. Na cerimônia, o ex-prefeito afirmou que Ronaldo Caiado era “o mensageiro da esperança do povo goiano” e que tem grande responsabilidade para com o Estado. “O senhor tem lutado para que o Brasil seja um País melhor. Agora chegou a hora de ouvir o clamor do povo goiano e ser nosso governador”, afirmou, sendo bastante aplaudido pelos presentes.

Autor da proposta de título de cidadão ao senador, o vereador Leandro Essado (MDB) lembrou que ela foi aprovada por unanimidade. “É uma honra entregar este título ao defensor do Estado de Goiás, defensor de Inhumas, um homem que serve de exemplo para todos nós goianos. Um homem decente, que sempre defendeu o povo goiano”, disse. “Ao final quero dizer duas coisas: os humilhados serão exaltados e quando o justo governa o povo se alegra. A partir de 1º de janeiro o povo vai voltar a sorrir e ser alegre”, completou.

Uma das últimas a discursar, Íris de Araújo fez questão de comparar o prestígio de Ronaldo Caiado ao do prefeito de Goiânia, Iris Rezende (MDB). “Na conjuntura atual muitos políticos não podem sair na rua, não podem frequentar espaços públicos. Não só em Brasília mas Goiás também. Eu conheço poucos que podem. Um deles é Ronaldo Caiado e o outro é Iris Rezende”, disse. A primeira-dama também brincou com o senador sobre sua atuação. “Nós brigamos pelo povo, pelas causas, pelas bandeiras. É para isso que nós estamos aqui recebendo essa honraria”, complementou.

Elogios da primeira-dama

Pouco antes do início da cerimônia, que estava marcada para 19h30, o senador e a primeira-dama se encontraram com vereadores na casa da atual presidente da Câmara, Vireni Vila Verde (Pros), que foi autora da propositura de título de cidadã à Íris de Araújo. O encontro foi marcado por elogios mútuos.

“Eu tenho orgulho de ser agraciada por este título acompanhada por este homem tão importante que é o senador Ronaldo Caiado, um nome de destaque da política goiana. É uma pessoa que sempre admirei muito, ele nem sabia. Digo isso porque sempre fui uma mulher que tive lado”, afirmou a primeira-dama.

O senador Ronaldo Caiado retribuiu ao carinho de Dona Íris, que já foi sua colega na Câmara dos Deputados. “Dona Íris já foi deputado federal, tem competência para ser governadora, senadora da República, ou o que desejar, pela sua trajetória de credibilidade política”, enalteceu.

Também para acompanhar a cerimônia estiveram em Inhumas dois vice-prefeitos. Ailton Terra, de Palmeiras, que acabou de deixar o PSDB para se filiar ao Democratas, parabenizou o senador pelo título. “É uma mais do que justa homenagem. Ele é merecedor não só aqui mas em todo o Estado pela sua posição como senador, por sua ética. Isso mostra que Goiás precisa de homens com o perfil dele para governar”, disse.

Vice-prefeito de Anicuns, Otoniel Braz (PRB) defendeu o nome do parlamentar para o governo a partir de 2019. “Goiás precisa de uma mudança radical. Goiás precisa de Ronaldo Caiado governador para resgatar os direitos dos cidadãos goianos”, disse.

União das oposições

Com a presença de várias lideranças políticas importantes do Estado, o senador Ronaldo Caiado aproveitou para falar sobre a necessidade de a oposição unir estas forças em prol de Goiás.

“Tenho lutado para promover a união das oposições em Goiás. Já perdi eleição, conheço os dois lados da moeda. Tenho humildade de reconhecer que se ganhei para o Senado é porque fiz uma aliança com Iris Rezende. Jamais faltei ao MDB e ao Iris Rezende. Mesmo nos momentos difíceis não tergiversei. A característica da lealdade e gratidão está impregnada em meu caráter”, disse.

Ronaldo Caiado afirmou que vai continuar batalhando por isso. “Vou trabalhar dia e noite pela unidade das oposições. Mudar o Estado é fácil, desde que tenhamos o apoio da população. No momento de que o cidadão sentir que não se faz política com personalismo, ela é capaz de abraçar a causa”, disse.

Para ele, uma revolução na política só é possível com pessoas com autoridade moral. “Podem fazer grande revolução na política apenas aqueles políticos que tem autoridade moral para levantar a causa do povo. Quero mostrar a força que temos, a capacidade de transformar o Estado”, disse.

O senador também foi direto ao conclamar a união da oposição. “Quem estiver melhor que seja o candidato das oposições. E que seja em chapa única para ganharmos e entrarmos no palácio pela porta da frente”, finalizou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here