Governo de Goiás entrega mais de 7 mil Bolsas Universitárias

0
3413
Foto: Divulgação

Idealizador do programa Bolsa Universitária, o governador Marconi Perillo, acompanhado da primeira-dama Valéria Perillo e do vice-governador José Eliton, abriu hoje de manhã, no Centro de Convenções de Goiânia, maratona de assinaturas de contratos para novos estudantes, com 7.300 benefícios e abertura de inscrição para mais 10 mil bolsas. O Governo do Estado deve atingir até o final do ano a marca de 200 mil Bolsas Universitárias, que beneficiam estudantes de baixa renda. Durante o dia de hoje, serão quatro solenidades para assinaturas de contratos, devido ao grande número de estudantes contemplados.

O governador se recordou, emocionado, da primeira solenidade de entrega de Bolsas Universitárias, em 1999, na época para 4.500 estudantes. Naquele mesmo ano, lembrou, era criada a Universidade Estadual de Goiás (UEG). “Não há nada pior para um jovem do que ver um sonho interrompido e ou imaginar que o sonho vai ser interrompido por conta de dinheiro”, disse, referindo-se ao drama pessoal de ter trancado a matrícula do curso de Engenharia, por não ter condições de pagar a mensalidade.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A Bolsa Universitária, explicou Marconi, fez parte do programa de governo, apresentado na eleição de 1998. “Além de entregarmos hoje 7.300 bolsas, estamos abrindo inscrições para mais 10 mil bolsas”, comemorou.

O governador disse que este ano o Estado deve atingir a marcada de 200 mil Bolsas Universitárias entregues. “O Brasil é um país de muitas discrepâncias, muito desigual. A única maneira que a gente tem abrir o leque de oportunidades é pela Educação”.

Para Marconi, a Bolsa Universitária estimulou o surgimento de várias instituições privadas de ensino superior, que, ao longo de 19 anos, estiveram sempre juntas do Estado. Ele concluiu o discurso com uma mensagem direta dos estudantes: “Sejam muitos felizes. Agarrem esta oportunidade”.

Ao saudar os estudantes, o vice-governador José Eliton estendeu os cumprimentos aos idealizadores do programa Bolsa Universitária – Marconi e Valéria Perillo. “Exemplos valem muito mais que palavras”, disse. Ele contou aos estudantes a história de vida do governador Marconi Perillo, originário de família humilde, que mudou-se para Goiânia para cursar Engenharia, mas que teve que cancelar o curso por não conseguir pagar a mensalidade.

O vice-governador enalteceu a trajetória vitoriosa de Marconi Perillo, que se transformaria no maior estadista de Goiás, sem nunca ter negado suas origens humildes. “É nessa trilha que nós devemos seguir”, disse Eliton, para quem o Bolsa Universitária é um “belíssimo programa de governo”. Para ele, Marconi, que tanto valoriza o programa, se vê representado nos sonhos dos estudantes. E, por acreditar na força transformadora da Educação, se formaria posteriormente em Direito.

A primeira-dama Valéria Perillo disse em seu discurso que os jovens são os grandes protagonistas da Bolsa Universitária. Devem atentar-se para as contrapartidas, como a doação voluntária de sangue e prestação de serviços à comunidade. Valéria assinalou que o programa Bolsa Universitária já beneficiou 187 mil alunos. “A educação é a base de tudo”, disse, agradecendo ao governador por delegar à Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) a coordenação do programa. “Agarrem essa oportunidade. Se dediquem. Vai valer a pena”, arrematou, dizendo que os jovens chegaram hoje de um jeito e daqui a quatro anos sairão melhores.

Na solenidade, o governador Marconi Perillo foi agraciado com o Troféu Centro de Integração Empresa Escola (CIEE), entregue pelo presidente da instituição, que completa 50 anos, Humberto Casagrande Neto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here