Governo de Goiás entrega material pedagógico, verba para reformas e plano tecnológico

0
1067

Dentro do compromisso que o governador Marconi Perillo fez de transformar a rede pública de ensino em Goiás, o governo estadual por meio da Secretaria de Educação, Cultura e Esporte (Seduce) realizou na tarde desta terça-feira, 6/3, o Goiás – Educação Inovadora. O evento, que colocou mais de 2 mil pessoas no Goiânia Arena, teve vários momentos importantes: a entrega simbólica de 1,7 milhão de cadernos do Aprender +, o repasse de quase R$ 48 milhões para reforma de escolas e o lançamento do Plano Estadual de Inovação e Tecnologia na Educação.

A secretária Raquel Teixeira abriu o evento fazendo um resgate histórico sobre a evolução da Educação em Goiás, que desde 1999 passou por transformações no conceito arquitetônico e de gestão das escolas, bem como na área pedagógica, levando o Estado a ficar entre os melhores do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). “O mundo do século 21 requer, entre outras coisas, colaboração. Ao mesmo tempo em que há uma aceleração tecnológica e imprevisibilidade do futuro, há também a manifestação de diferentes culturas, línguas, crenças. Se não desenvolvermos a capacidade de colaboração e comunicação, teremos um mundo aos pedaços. E esse ato hoje é um caminhar na direção do futuro”, resumiu.

Marconi disse que desde seu primeiro governo, em 1999, aprendeu a “descentralizar a gestão e a confiar na equipe”. Os avanços obtidos na Educação, conforme destacou, fazem parte desse modelo de governo. “Infelizmente o Brasil ainda amarga posições distantes do topo da educação mundial. Mas me contenta e me alega ver o engajamento de instituições que são nossos parceiros nesse projeto inovador”, disse ao citar o Instituto Inspirare, o Instituto Natura e a Telefônica Vivo, que participam do Plano Estadual de Inovação e Tecnologia na Educação. “Vamos deixar, professora Raquel, um grande legado com a instituição desse plano tecnológico”, completou o governador.

O vice-governador disse que as novidades anunciadas no evento vão trazer ganhos qualitativos importantes. “Fiquei admirado com as plataformas apresentadas aqui. A Inovação deve ser uma busca constante. É o maior legado do governo para desenvolvimento pedagógico de crianças e adolescentes em Goiás”, elogiou Zé Eliton.

Além de Marconi, Zé Eliton e Raquel, participaram do evento a primeira-dama Valéria Perillo, o presidente do Conselho Estadual de Educação, Marcos Elias, os especialistas em Educação Anna Penido, do Instituto Inspirare; Américo Mattar, da Fundação Telefônica Vivo; Rafael Parente, da Aondê; além de deputados, prefeitos, superintendentes, coordenadores regionais, diretores, professores e alunos da rede.

Confira detalhes dos lançamentos anunciados no evento:

Aprender +

Genuinamente goiano e principal legado pedagógico da atual gestão, o Aprender + é um caderno de atividades desenvolvido por técnicos da Seduce com o objetivo de ampliar e sistematizar conhecimento em Língua Portuguesa e Matemática. Lançado em fevereiro de 2017, ele foi distribuído entre alunos do 5º ao 9º anos do Ensino Fundamental e da 3ª série do Ensino Médio. Foram entregues 474 mil unidades.

 

Devido ao sucesso, e aos indicadores positivos alcançados com a utilização do material pedagógico, este ano o Aprender + vai abranger toda a rede de ensino: do 5º ano do Ensino Fundamental à 3ª série do Ensino Médio. Ele é apontado como um exemplo de utilização correta de recursos públicos para o interesse da sociedade e de desenvolvimento da aprendizagem nas escolas.

O caderno de atividades é distribuído bimestralmente, e de forma gratuita, a professores e alunos. No evento do Goiânia Arena, o governador Marconi fez a entrega simbólica dos primeiros exemplares. Até o fim do ano serão distribuídos 1,7 milhão de cadernos de atividade complementar.

Reforma de escolas

No evento Goiás – Educação Inovadora, foi oficializado o repasse de quase R$ 48 milhões para reforma de 450 unidades escolares por todo Estado. O investimento é destinado aos 22 municípios goianos. O recurso é proveniente do Tesouro Estadual.

O valor já foi encaminhado às escolas e deve ser utilizado para reforma em geral, variando de acordo com a necessidade de cada prédio. Engenheiros do Núcleo de Obras da Seduce Goiás visitam todas as unidades escolares para fazer o levantamento do que precisa ser feito e, depois, dar início às obras.

As escolas a serem reformadas por meio do recurso estão localizadas nos seguintes municípios: Águas Lindas de Goiás, Anápolis, Aparecida de Goiânia, Caldas Novas, Catalão, Cidade Ocidental, Formosa, Goianésia, Goiânia, Itumbiara, Jataí, Luziânia, Mineiros, Novo Gama, Planaltina, Rio Verde, Santo Antônio do Descoberto, Senador Canedo, Trindade, Valparaíso de Goiás.

Plano Estadual de Inovação e Tecnologia na Educação

Reformulação dos Núcleos Tecnológicos

Goiás está passando por uma verdadeira revolução digital com o lançamento do Plano Estadual de Inovação e Tecnologia na Educação. Uma das ações foi a distribuição de 7,5 mil novos computadores, seis por escola, para uso administrativo e de professores. Parte dos equipamentos será destinada aos 26 Núcleos de Tecnologia Educacionais (NTEs) espalhados por todo o Estado. Com isso, eles deixam de ser somente pontos de apoio para as Coordenações Regionais e se transformam em Polos de Educação Inovadora, com salas de experimentação e novos espaços de formação. Também serão capacitados 1.171 multiplicadores para o uso das ferramentas tecnológicas.

Plataforma Escola Digital

Américo Mattar resumiu em poucas palavras o plano tecnológico lançado em Goiás, levantando uma pergunta: “Nossa escola se tornou chata. Por que não utilizar a tecnologia para torná-la mais agradável e dinâmica?”, refletiu. Com esse objetivo, foi lançada a Escola Digital, uma plataforma gratuita que conta com cerca de 20 mil conteúdos pedagógicos digitais. Batizada de Aprender + Inovação, a ferramenta pode ser utilizada por todos os gestores, professores e alunos de Goiás graças a uma parceria entre a Seduce, o Instituto Natura, a Fundação Telefônica Vivo e o Instituto Inspirare. A plataforma foi customizada se adequando ao projeto goiano de inovação: www.aprendermaisinovacao.go.gov.br.

O Aprender + Inovação aborda as mais variadas disciplinas por meio de vídeo-aulas, jogos educacionais, livros digitais e outros objetos de estudo. Desta forma, os alunos contam com alternativas mais interativas de aprendizagem. Também permite que professores elaborem planos de aula on-line e compartilhem com toda a rede conectada ao Escola Digital. Para garantir o pleno funcionamento da novidade, e um melhor aproveitamento das ferramentas disponíveis, os docentes passarão por capacitação.

Aplicativo Palma da Mão

Outra novidade é o aplicativo Palma da Mão, uma tecnologia ultrapassa os limites da escola. A superintendente de Integração Tecnológica da Informação, Rosana Cerosino, apresentou a Marconi o aplicativo. Com o celular na mão, o governador viu detalhes sobre a vida escolar dos filhos da superintendente em tempo real, e questionou, brincado: “Estão com quatro faltas”.

Assim como foi apresentado ao governador, alunos, pais ou responsáveis passam a ter acesso a informações gerais, como boletim escolar, faltas, quadro de avisos e até compartilhamento de material didático. O app desenvolvido pela Seduce está disponível gratuitamente para Android e a partir da segunda quinzena de março também para iOS. Todos os aplicativos são integrados ao Sistema Administrativo Pedagógico (Siap) e aos demais aplicativos da Seduce.

Os alunos da rede pública estadual ainda terão a Conecturma, outra plataforma tecnológica de apoio ao aprendizado. Se trata de uma metodologia de aprendizagem de língua portuguesa, matemática e competências para a vida que reúne vários elementos, tais como livros didáticos, plataforma digital adaptativa e gamificada, etc. A metodologia foi desenvolvida pela startup Aondê Educacional, que tem como CEO Rafael Parente. Ele comentou que 65% das crianças que hoje estão nas escolas vão trabalhar em profissões que ainda não existem. “É preciso que estejamos atentos a isso. Goiás está na frente de vários outros Estados ao lançar essa política de Educação Inovadora”.

Histórico virtuoso

Todas as novidades, somadas ao que já vem sendo realizado desde o primeiro ano de gestão de Marconi (1999), colocam a educação goiana em um ciclo virtuoso de realizações. A mais recente foi a conquista do topo no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Goiás é um dos quatro únicos estados da federação que atingiram ou ultrapassaram todas as metas estipuladas pelo Ministério da Educação (MEC).

Vale lembrar que, há menos de um ano, foi lançado o programa Goiás na Frente Educação, que destinou mais de R$ 510 milhões para a rede de ensino. Entre os benefícios anunciados naquela ocasião pelo governador Marconi e pela secretária Raquel estão o reajuste de salário dos professores; a criação do vale-alimentação para todos os servidores; a aquisição de ônibus escolares; a climatização das escolas; a distribuição de conjunto aluno e a construção e reforma de escolas e quadras esportivas.

O Governo de Goiás ainda está preparando um concurso público com mais de 900 vagas para as áreas de Matemática, Química e Física, além da formação de cadastro reserva. O edital com os detalhes do certame deve ser lançado neste primeiro semestre. Desde janeiro Marconi, Zé Eliton e Raquel Teixeira também estão percorrendo o interior goiano para inauguração de escolas Padrão Século 21. A previsão é entregar 50 escolas em 2018. Outras 17 unidades de ensino estão em fase de licitação.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here