Zé Eliton: “Façam a revolução do conhecimento e do saber”

0
1252

 

O vice-governador Zé Eliton participou, na tarde desta quarta-feira, no Goiânia Arena, da entrega da Comenda Professor Nion Albernaz, conferida pela Secretaria de Educação, Cultura e Esporte (Seduce). Aos professores e diretores das escolas estaduais agraciados, conclamou: “Façam a revolução, incentivem, mas não a revolução da bravata, da raiva, do ódio, das armas ou do rancor, mas a revolução de Paulo Freire, do conhecimento e do saber”. Segundo ele, essa é a melhor forma de “preparar o estado de Goiás para os próximos séculos e próximo milênio”.

“Falar em educação é falar em transformação, em modernização, em respeito e esperança, em pessoas que carregam no coração a vontade de construir um município, um estado, uma nação melhores”, disse Zé Eliton. Segundo avalia, “é falar de Darcy Ribeiro, de Cristóvão Buarque, de Paulo Freire, é falar de Raquel Teixeira e de Nion Albernaz”.

Zé Eliton foi um dos agraciados com a Comenda Professor Nion Albernaz, conferida pela Secretaria de Educação, Cultura e Esporte (Seduce), e que homenageou os diretores das 1.150 escolas estaduais e melhor estudante de cada unidade. Também receberam a honraria o governador Marconi Perillo e ex-governadores do estado.

O vice-governador destacou a importância do reconhecimento ao ex-prefeito Nion Albernaz. “Uma homenagem a um semeador de flores, semeador de esperança, aquele que com as suas mãos trabalhou para criar oportunidades, mas que, como disse o neto Thiago Albernaz, se orgulhava do título de professor; é honrar a memória de uma pessoa que ajudou a construir a história deste estado”, disse.

Em seu discurso, Zé Eliton reafirmou o compromisso que terá como governador “de enxergar o estado como um ambiente que gere oportunidades e que siga o processo de modernização e de transformação que o governador Marconi Perillo promoveu”. Ele agradeceu ao governador e o parabenizou, pelo aniversário e, também, “pela grande obra em favor dos goianos”.

A comenda

A comenda Professor Nion Albernaz foi criada com o objetivo de reconhecer aqueles que atuam ou atuaram para fortalecer a educação pública no estado e, ainda, celebrar o entusiasmo e o esforço dos que se dedicam à educação e acreditam que, por meio dela, é possível transformar o mundo em um lugar melhor.

Idealizada no final de 2017 pela secretária de Educação, Cultura e Esporte, Raquel Teixeira, a honraria homenageia o professor e ex-prefeito de Goiânia, Nion Albernaz, como forma de reconhecer o seu legado e o empenho para o desenvolvimento da educação.

A cerimônia contou com apresentação de 21 bandas das escolas estaduais, coordenadas pela diretora do Centro de Estudo e Pesquisa Ciranda da Arte, Luz Marina Alcântara. Familiares do ex-prefeito Nion participaram da solenidade.

Na oportunidade, a Secretaria de Educação apresentou os principais avanços no setor desde 1999. As mudanças incluem melhorias na estrutura da rede pública, como lançamento de programas pedagógicos e investimento no plano de carreira dos professores.

Em 1999, segundo a Seduce, só 27% dos professores tinham curso superior. Hoje são praticamente 100%, todos financiados pelo próprio Estado, por meio da Licenciatura Parcelada na Universidade Estadual de Goiás (UEG), criada em 2000. A infraestrutura era um dos maiores desafios, mas investimentos possibilitaram reparos, reformas e construção de novas unidades de ensino.

Goiás saltou da 16ª posição no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) para o topo, alcançando a 1ª posição no Ensino Médio e a 2ª no Ensino Fundamental II. Os resultados do Sistema de Avaliação Educacional do Estado de Goiás (Saego) referentes a 2017 comprovaram a eficiência das ações da Seduce: o resultado foi o melhor da história. A entrega da comenda é uma celebração ao resultado de todos estes anos de trabalho.

Goiás na Frente Educação

Um dos grandes avanços da atual gestão foi o pacote de benefícios para a Educação que concedeu, a partir de junho de 2017: 21% de reajuste para os administrativos efetivos, 34% de reajuste para os contratos temporários, 7,64% de reajuste para todos os professores efetivos e criação do auxílio-alimentação de R$ 500 para todos os servidores da Educação. Hoje, a rede pública estadual tem 1.151 escolas, onde trabalham 28.331 professores e estudam 549.518 alunos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here