Finalistas recebem premiação

0
1572

Manoel Messias Rodrigues

Foi realizada na noite de quinta-feira, 8, a solenidade de premiação de divulgação dos vencedores e entrega de prêmios da 13ª edição do concurso de Redação, Desenho, Fotografia e Vídeo Goiás na Ponta do Lápis, promovido pela Tribuna do Planalto em parceria com o Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esporte (Seduce). O evento ocorreu no Auditório Carlos Eurico da Câmara Municipal de Goiânia e premiou estudantes de todo o Estado.

Clique aqui para ler a matéria em PDF

A cerimônia contou com a participação da secretária Raquel Teixeira, da Seduce, representando o governador Marconi Perillo, que estava em viagem ao interior e não conseguiu chegar a tempo; o diretor-presidente da Tribuna do Planalto, Sebastião Barbosa da Silva; o presidente do Conselho Estadual de Educação, Marcos Elias; e o vereador Eduardo Prado, além de gestores escolares, diretores e coordenadores educacionais, pais e estudantes de várias cidades de Goiás.

A abertura da solenidade foi feita pelo jornalista Vassil Oliveira, editor da Tribuna do Planalto, que lembrou que o concurso surgiu a partir do desejo do jornal de colaborar com a formação das pessoas.

“Hoje falamos de vitórias: vitória do jornal, em conseguir realizar 13 edições do concurso, vitória de cada um dos coordenadores Regionais de Educação, que se dispõem a trabalhar para que o concurso se realize, vitória dos diretores, que estão mais próximos dos alunos, vitória das famílias, até que se chegue aqui à vitória dos vencedores do concurso”, disse, observando que muitos pais se desdobram, mesmo cansados, para ajudar e incentivar o filho a participar do concurso e, assim, melhorar sua vida acadêmica.

Gratidão

A coordenadora Regional de Educação, Cultura e Esporte de Rio Verde, Rita de Cássia Ferreira, representando os todos os coordenadores regionais de educação do Estado, enalteceu a figura do estudante como estrela do evento, além de pais e professores.

“A palavra da vez é gratidão, principalmente falando para um grupo de vencedores, de alunos dedicados, excepcionais, justamente nesta que é uma semana de conquistas e realizações para todos nós da educação”, falou, se referindo ao anúncio de investimentos na área de educação feito pelo Governo estadual e ao Dia da Mulher.

Dizendo-se entusiasta do concurso, a secretária Raquel Teixeira falou que o papel da educação é preparar o jovem, a criança para o mundo, para o futuro, para a inserção na vida, que está cada vez mais dinâmica.

“Que tipo de educação queremos dar a nossos alunos? Se tem uma coisa que temos certeza é que a capacidade de comunicação é um dos elementos imprescindíveis para a inserção no mundo futuro, principalmente no mundo do conhecimento”, observou, lembrando que se o indivíduo não tiver capacidade de se expressar, ler, escrever, entender, generalizar, interpretar, ele terá uma grande barreira na vida.

“Portanto, estimular um concurso dessa natureza, que leva o participante a pesquisar, a saber se expressar, ter pensamento crítico, criatividade, capacidade de colaboração, estimulamos o aluno a ser protagonista na vida”, frisou.

A secretária destacou que a Seduce tem muito orgulho de, desde o primeiro momento, ter sido parceira do jornal na realização do concurso, que, segundo ela, traz sempre temas importantes para a vida da comunidade.

“Então é uma oportunidade de conscientizar os alunos para temas importantes da vida e a estimulá-los a escreverem. Portanto é uma iniciativa que tem apoio integral, total, entusiasmado da Seduce e do Governo de Goiás”, concluiu.

Almoço celebra sucesso

Almoço foi oferecido para os coordenadores Regionais de Educação em Goiânia, com a presença da secretária Raquel Teixeira e sua equipe

Como parte das atividades de premiação da 13ª edição do concurso Goiás na Ponta do Lápis, foi realizado na tarde de quinta-feira, 8/3, um almoço de confraternização para os coordenadores Regionais de Educação da Secretaria de Estado e Educação, Cultura e Esporte (Seduce). O evento aconteceu na churrascaria Nativas Grill, em Goiânia, com a presença da secretária Raquel Teixeira e sua equipe. Promovido pelo diretor-presidente da Tribuna do Planalto, Sebastião Barbosa, o momento de comunhão e descontração contou com mais de 100 pessoas presentes que celebraram o grande sucesso do concurso.

Sorteios de brindes como cinco envelopes de R$ 200,00, para coordenadores e lembrancinhas para as mulheres, em comemoração ao Dia da Mulher deixaram os coordenadores mais felizes ainda. Durante o almoço, Raquel Teixeira parabenizou a Tribuna do Planalto por ajudar a reconhecer o trabalho dos coordenadores Regionais de Educação, diretores e de todo o ambiente escolar, inclusive o aluno.

“A educação é encantadora, sabemos que o trabalho em equipe tem muito mais resultado. Estamos celebrando este momento com gratidão e reconhecimento. Incentivar o professor, o estudante é abrir caminho para o desenvolvimento da educação. Agradecemos a parceria com a Tribuna”, diz a secretária.

Uma das coordenadoras ganhadoras dos R$ 200,00, Gricélia Geralda Nascimento Fernandes, coordenadora Regional de Educação de Minaçu, agradeceu à Tribuna do Planalto e falou da importância do concurso.

“Este momento de celebração é importante para nós. Sabemos que vem para consolidar o trabalho que realizamos durante quase um ano nas regionais. Somos motivados a trabalhar em prol do Goiás na Ponta do Lápis com afinco. Sei que os estudantes adoram participar desta ação brilhante. E as premiações que são dadas durante o nosso evento nos motivam a participar cada vez mais”, comentou.

Enquanto almoçavam, os convidados trocavam diálogos sobre o avanço dos estudantes ao participarem do concurso de redação, desenho, fotografia e vídeo. A coordenadora Regional de Educação de Águas Lindas, Solange Silvina da Viges, disse que o certame incentiva o aluno, permitindo que ele vivencie boas experiências a partir do trabalho produzido. Ela ressaltou ainda que festejar a final de mais uma edição foi um privilégio.

Festa dos vencedores

Com 330 mil alunos da rede estadual inscritos, a 13ª edição da competição teve como tema “Educação Alimentar – Em Busca de uma Vida Saudável” e premiou 21 vencedores em sete categorias. A iniciativa busca estimular a reflexão e o debate em torno de temas que contribuam para a formação integral das crianças e jovens.

Foram premiados os estudantes nas primeiras colocações de cada categoria com notebooks, o segundo lugar recebeu um tablet e o terceiro, um smartphone. Os primeiros colocados e seus professores orientadores também foram contemplados com uma viagem de final de semana, com todas as despesas pagas, em Caldas Novas, com direito a um acompanhante. Um grupo de 35 pessoas já está desfrutando do prêmio, com direito a traslado, hospedagem, café da manhã, almoço e jantar, entre o dia 9 e 11 de março.

O concurso também concedeu aos selecionados da categoria Ensino Médio uma bolsa de estudos da Faculdade Sul Americana (Fasam). O primeiro lugar foi premiado com desconto integral, o segundo com desconto de 80% e o terceiro com desconto de 60% no curso escolhido.

Primeira colocada na categoria Ensino Médio, a estudante Gabriely Pereira de Amorim, ex-aluna do Colégio Estadual Analícia Cecília Barbosa da Silva, em Amorinópolis, avalia a premiação no concurso como uma devolutiva da atenção dada aos seus estudos.

“Foi como um retorno da minha dedicação e da dedicação dos meus professores e minha escola” disse, dizendo que sempre participou do concurso e que os alunos foram encorajados pela unidade escolar a participar.

As Coordenações Regionais de Iporá, Rio Verde, Santa Helena de Goiás e Goianésia foram destaque com mais de um campeão. A coordenadora Regional de Goianésia, Maria Umbelina Pereira Ruggeri, explica que na cidade é realizado um trabalho nas escolas para incentivar a participação dos estudantes e que o conteúdo é trabalhado dentro de sala de aula. Para Maria Umbelina os bons resultados em concursos como o Goiás na Ponta do Lápis contribuem com a autoestima dos alunos e servem de incentivo na comunidade escolar.

“Os alunos se sentem valorizados, são marcas que ficam para sempre” explicou.

Os estudantes que chegaram à etapa final do concurso são os que se classificaram em primeiro lugar nas seis categorias durante as 40 premiações regionais, uma para cada Coordenação de Educação,. Nesta fase, os primeiros classificados ganharam como prêmio uma bicicleta, além de medalhas e certificado de participação.

Na fase regional o concurso premiou mais de 2 mil alunos do Ensino Fundamental, Ensino Médio e da Educação de Jovens e Adultos por todo o Estado. Também foram agraciadas as 96 produções em vídeos. As categorias de Vídeo, Fotografia e Desenho são ampliações da competição, que nos primeiros anos de realização selecionava apenas redações. (Manoel Messias Rodrigues)

Clique aqui para ler em PDF

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here