Zé Eliton visita áreas atingidas pela enchente em Ceres, vistoria os estragos e determina providências para atender demandas dos atingidos

0
693
Foto: Divulgação

O vice-governador José Eliton esteve, na manhã de hoje, no município de Ceres, para visitar as áreas atingidas e vistoriar os estragos causados pela enchente que atingiu a cidade ontem. Após inspecionar as casas, escolas e ruas que foram atingidas, Zé Eliton afirmou, em entrevista à imprensa, que o foco principal do governo estadual é ajudar as famílias que foram vítimas dos estragos. Para tanto, técnicos da Agência Goiana de Habitação (Agehab) e da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) já estão em Ceres auxiliando essas famílias.

O Corpo de Bombeiros de Goiás e a Defesa Civil também atuam nesse sentido, avaliando as residências para ver se é possível que essas famílias permaneçam, ou se é preciso fazer intervenção. “Visitei casas de famílias que perderam praticamente de tudo. A Agehab vai auxiliar essas famílias, principalmente por meio do Cheque-reforma. Da mesma forma, Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil estão prestando assistência direta a elas”, explicou Zé Eliton.

O vice-governador estava acompanhado pelos prefeitos de Ceres, Rafaell Melo, e de Rialma, Fred Vidigal. Informou que durante o dia de ontem, ele e o governador Marconi Perillo receberam informações todo o tempo sobre a enchente. “Cancelei a agenda de hoje e vim direto para cá prestar assistência e solidariedade à população e aos prefeitos. O Governo de Goiás está sempre presente para ajudar os municípios, principalmente nos momentos de maior dificuldade”, enfatizou.

Depois do atendimento às famílias, será executado um cronograma de recuperação da infraestrutura. O governo estadual vai auxiliar os dois municípios na recuperação dos estragos causados em vias urbanas, com recursos do programa Goiás na Frente.

“Felizmente, algumas vias que foram atingidas já estão dentro do planejamento do Goiás na Frente. Algumas outras intervenções são mais complexas, pois envolvem encabeçamento de pontes e investimentos maiores no que diz respeito à canalização de água. Parte será feita pelo governo do Estado, e os prefeitos estão encaminhado suas demandas para a Defesa Civil nacional com os projetos que visam a intervenção de médio e longo prazo.  Vale ressaltar que as forças de Segurança do Estado estão de prontidão absoluta para prestar assistência. Temos o compromisso de estar sempre presente auxiliando os municípios nas suas demandas”, reiterou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here