Campanha “Criança consciente não vacila com a dengue” é lançada em Goiânia

0
1188
Foto: Divulgação

A tarde desta quarta-feira, 21, foi marcada pelo lançamento da campanha ‘Criança consciente não vacila com a dengue’, realizada na Escola Municipal Francisco Matias, no Parque Anhanguera. O evento de abertura foi prestigiado pelo secretário municipal de Educação e Esporte, Marcelo Costa, acompanhado da equipe da Gerência de Projetos Educacionais da Secretaria Municipal de Educação e Esporte (SME).

A campanha é uma ação do projeto Goiânia Vencendo o Aedes, promovido pela Prefeitura de Goiânia, por meio SME, em parceria com a Agência Municipal de Meio Ambiente (AMMA), com o objetivo de orientar e conscientizar os alunos quanto à prevenção e combate ao mosquito Aedes aegypti, assim como as doenças transmitidas por ele.

As crianças fizeram apresentações culturais de música sobre a temática ‘dengue’. A paródia “Dengue eu não quero”, da música “Mamãe eu quero”, foi criada pela professora Lidiane Franco Borges e divertiu a criançada, além de ensinar os conceitos sobre o assunto. “Trabalhamos música, leitura, escrita e eles aprenderam tudo sobre a dengue, como evitar a doença com os cuidados em casa e na escola também”, ressaltou a professora.

A aluna Kamylle Vitória Cortez, 7 anos, já está com tudo na ponta da língua: “Não pode deixar lixo para não acumular água parada, para não nascer mais mosquito. Eu já falei para minha mãe que tem cuidar bem de tudo isso para não dar doença na gente”, comentou.

A Joyce Elise Mendes é mãe da aluna Fernanda Mendes Portes, 4 anos. Ela contou que a filha estuda na escola há um ano e desde sempre a dengue foi um tema abordado com as crianças: “É muito importante, faz parte da educação. Apesar da pouca idade, ela já aprendeu muitos cuidados. Em casa, temos tela nas janelas para não entrar mosquito e ela já sabe da importância disso”.

O secretário Marcelo Costa conversou com as crianças e professores sobre a campanha e ressaltou que a união de todos é fundamental para o combate ao mosquito. “A escola não é a nossa casa, mas devemos cuidar dela como se fosse. Vamos todos cuidar muito bem e, assim, teremos uma cidade com menos casos de doenças. Parabéns pelas ações e vamos em frente!”, ressaltou o gestor.

Foto: Divulgação

A diretora da escola, Aleida Gonçalves de Oliveira, acredita no poder transformador da Educação. “É só por ela que podemos mudar qualquer situação, seja ela social, cultural, de saúde. Ela é o ponto de partida para reverter o caos que se instalou por conta da proliferação deste mosquito. Então vamos nos unir e plantar a boa semente nas crianças para colher bons frutos no futuro”, pontuou a diretora.

Nesta quinta-feira, 22, ações serão realizadas às 10h, no Centro Promocional Todos os Santos I, no Bairro Capuava; às 14h no Cmei Minervina Maria da Silva, no Recanto das Minas Gerais; e às 15h30 no Cmei Morada do Sol. Apresentações culturais, passeatas, palestras, exposição de trabalhos, rodas de conversa e grito de guerra são atividades previstas para os dois dias de lançamento, além do cronograma elaborado por cada unidade educacional para sequência do projeto durante todo o ano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here